Autor Tópico: Kawasaki Versys 650 2022  (Lida 874 vezes)

Novembro 23, 2021, 14:39:48, 14:39
Lida 874 vezes

LeoLopes

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 403
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: Forza 300 , 2017
  • Localidade: Lagoa- Algarve

Novembro 23, 2021, 20:38:28, 20:38
Responder #1

snap

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 97
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: CBF1000
  • Localidade: Paredes
Baby 1000.

Podiam colocar um motor também entre a 650 e a 1000cc.

Novembro 23, 2021, 21:55:59, 21:55
Responder #2

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4917
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
Baby 1000.

Podiam colocar um motor também entre a 650 e a 1000cc.

Julgo que no final do próximo ano estaremos nós por aqui a falar do upgrade a esta moto para o novo motor bicilindrico de 700cc e algo a rondar os 80cv...
 8)

Mas sobre estas que agora foram apresentadas...

- 3 cores disponíveis: preto, preto e verde, preto e apontamentos de vermelho e cinza acastanhado
- carenagem superior redesenhada
- novo TFT de 10,9cm largura associado a conectividade por bluetooth e app Rideology (Segundo o thatsme é uma trampa de software...)
- depósito 21Lt num motor relativamente económico prevê-se uma excelente autonomia (>350km)
- Controlo Tracção com 2 posições (sport+normal) e desligado
- disponivel em modelo "capado" para 35Kw A2

« Última modificação: Novembro 23, 2021, 22:03:48, 22:03 por 2low »


Grão a Grão, Comemos Feijão!

Novembro 23, 2021, 21:57:27, 21:57
Responder #3

snap

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 97
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: CBF1000
  • Localidade: Paredes
Pensei em algo em torno do 95/100cv e subiam a 1000cc para uns 150/160cv.
Acho que era de mestre.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Novembro 23, 2021, 22:05:59, 22:05
Responder #4

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4917
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
Pensei em algo em torno do 95/100cv e subiam a 1000cc para uns 150/160cv.
Acho que era de mestre.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Se metessem a versys 1000 com 150/160cv não vendiam a ninja 1000  :D

A Versys700 com 80/85cv deveria ser uma proposta bem interessante e algo ao género da Triumph Tiger Sport 660 (80cv) se bem que não é propriamente idêntico o comportamento de um 2 cilindros com um 3 cilindros...


Grão a Grão, Comemos Feijão!

Novembro 24, 2021, 00:09:44, 00:09
Responder #5

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1752
  • Marca Motociclo: KAWASAKI
  • Modelo Motociclo: Versys 650
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
Eu tenho vindo a mudar a minha visão acerca da 'cavalagem' dos motores e uma coisa é apreciar a 'bojarda' que esses motores proporcionam/ experienciam e outra coisa é tê-los /usá-los 'na nossa vida' .

Digo isto porque no último fim-de-semana (com a minha atual Versys 650) fiz uma passeata de quase 400 kms (ida e volta ) acompanhado por amigos que tinham uma GS 1250 , uma Crosstourer (1200) e um outro que tinha uma GS 850 Rally.

Na prática (á excepção de um 'pico' aqui ou ali de umas dezenas de metros ) ninguém descolou de ninguém, e não porque estivéssemos numa de 'simpatia'  em não deixar ninguém para trás, mas essencialmente porque nas várias tipologias do trajecto (que foi um 'mix' completo , até deu para um soft off-road ) o motor da Versys (pela lógica o que seria 'o elo mais fraco' ) 'chegou sempre para as encomendas' ... sem chegar ao 'red line' (rotações, conforto, segurança , ...)  .
Na auto-estrada alguns 'fugiram' um pouco porque iam a 190 e eu a 170 , mas logo pouco á frente todos se reagrupavam 'com naturalidade' .

A Kawasaki Versys 650 tem sido uma boa surpresa , o ronco do escape de origem é muito fixe , tem resposta rápida em baixas e médias rotações, é confortável de viajar (também para o/a pendura ) , boa autonomia , curva bem/boa manobrabilidade,  motor fiável, enfim... um bom 'produto' para quem gosta de usar mota em variados cenários ... e só pode ter uma !

Agora podem dizer-me ' mas a Versys 1000 tem isso tudo e ainda mais motor/'cavalagem' para 'explorar' ! ' . Ok !  mas também tem mais peso para manobrar em situações de 'marcha lenta' ou 'à mão' , e isso é algo que 'nos dias que correm' me pode trazer mais 'problemas' do que 'satisfação' .
« Última modificação: Novembro 24, 2021, 00:10:50, 00:10 por Luis Salgueiro »

Novembro 24, 2021, 00:36:37, 00:36
Responder #6

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4917
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
Eu tenho vindo a mudar a minha visão acerca da 'cavalagem' dos motores e uma coisa é apreciar a 'bojarda' que esses motores proporcionam/ experienciam e outra coisa é tê-los /usá-los 'na nossa vida' .

Digo isto porque no último fim-de-semana (com a minha atual Versys 650) fiz uma passeata de quase 400 kms (ida e volta ) acompanhado por amigos que tinham uma GS 1250 , uma Crosstourer (1200) e um outro que tinha uma GS 850 Rally.

Na prática (á excepção de um 'pico' aqui ou ali de umas dezenas de metros ) ninguém descolou de ninguém, e não porque estivéssemos numa de 'simpatia'  em não deixar ninguém para trás, mas essencialmente porque nas várias tipologias do trajecto (que foi um 'mix' completo , até deu para um soft off-road ) o motor da Versys (pela lógica o que seria 'o elo mais fraco' ) 'chegou sempre para as encomendas' ... sem chegar ao 'red line' (rotações, conforto, segurança , ...)  .
Na auto-estrada alguns 'fugiram' um pouco porque iam a 190 e eu a 170 , mas logo pouco á frente todos se reagrupavam 'com naturalidade' .

A Kawasaki Versys 650 tem sido uma boa surpresa , o ronco do escape de origem é muito fixe , tem resposta rápida em baixas e médias rotações, é confortável de viajar (também para o/a pendura ) , boa autonomia , curva bem/boa manobrabilidade,  motor fiável, enfim... um bom 'produto' para quem gosta de usar mota em variados cenários ... e só pode ter uma !

Agora podem dizer-me ' mas a Versys 1000 tem isso tudo e ainda mais motor/'cavalagem' para 'explorar' ! ' . Ok !  mas também tem mais peso para manobrar em situações de 'marcha lenta' ou 'à mão' , e isso é algo que 'nos dias que correm' me pode trazer mais 'problemas' do que 'satisfação' .

Luis,

O teu relato é transcendente à tua idade e tua experiência enquanto motociclista, tanto que o peso de uma moto quando é elevado acaba sempre por ser sentido por todos.
Já o facto de haver modelos com mais ou menos motor, é relativo... se pegares na Triumph Speed Triple 1200 RS com 180cv podes ter a certeza que é muito leve e manobrável apesar de andares quase sempre a direito com ela!  :D
Eu segui um percurso inverso ao teu, saí de uma Kawasaki ER6F para a actual Triumph Sprint ST 1050, não que sentisse que a ER6F fosse inferior às outras motos (em muitos passeios acompanhava VFR1200F, R1200GS, Varadero1000,etc) mas porque sentia que para o andamento que eu tinha, andava sempre nas rotações mais altas da moto...
Actualmente tenho uma condução quase idêntica com a diferença que chego mais rapidamente À velocidade de cruzeiro e para umas velocidades de cruzeiro idênticas acabo por andar em rotações mais baixas e sem estar nos limites da moto, tornando a experiência mais confortavel, menos vibrante e mais económica!
Infelizmente é mais pesada mas acredito que na próxima moto consiga ter uma moto igualmente possante e com motor acima de 1000cc mas bem mais leve, algo que cada vez se vê mais nas motos - redução de peso!
Lá está... cada caso é um caso e parte de cada um ter as suas sensações, desejos e irritações...
No teu caso, acabaste por mudar para a Kawasaki Versys 650 porque não estarias disposto a arriscar mais com os aborrecimentos que tiveste com a BMW, a qual dirias que seria talvez a ultima moto que terias... ou disseste algo parecido na altura...
 ;) :convivio:


Grão a Grão, Comemos Feijão!

Novembro 24, 2021, 08:12:22, 08:12
Responder #7

MotardFeio

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 697
  • Marca Motociclo: CBR
  • Modelo Motociclo: XX
  • Localidade: Margem Sul
REsume-se tudo a ter ou não binário disponível...

Esse é que proporciona uma condução boa para as tiradas mais longas, a potência é realmente para aqueles momentos de no fim de raspar peseiras, sair e cravar punho até ao infinito.

Mas, e são opiniões (esta é a minha), o motor de uma 650 destas é suficiente para o ram ram do dia a dia mas peca muito por defeito numa condução apimentada.

Sombra, Saúde e "não vamos ferir susceptibilidadezinhas"...
Que deus não pode dar tudo!!!

A tua liberdade acaba onde começa a minha

Novembro 24, 2021, 08:55:14, 08:55
Responder #8

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1752
  • Marca Motociclo: KAWASAKI
  • Modelo Motociclo: Versys 650
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
[
No teu caso, acabaste por mudar para a Kawasaki Versys 650 porque não estarias disposto a arriscar mais com os aborrecimentos que tiveste com a BMW, a qual dirias que seria talvez a ultima moto que terias... ou disseste algo parecido na altura...
 ;) :convivio:

É verdade ! A 800 ST estava para ser a mota a ficar residente para esta última década de 'viajar em 2 rodas' . 
É também verdade que a troquei porque não lhe 'perdoei'  o transtorno que me causou no meio de uma viagem 'longe de casa' (pode ser um pouco irracional , mas ... fiquei mesmo f****o !) .
Apesar de serem motas esteticamente  muito diferentes , encontro muitas similitudes entre a 800ST e a Versys 650 , a última ganha no conforto de pilotagem e a primeira na 'não-manutenção-limpeza'  de uma corrente. No resto , a diversão a economia, a maleabilidade/pilotagem , ... são muito idênticas nos 2 modelos .

Novembro 24, 2021, 10:01:47, 10:01
Responder #9

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1752
  • Marca Motociclo: KAWASAKI
  • Modelo Motociclo: Versys 650
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
REsume-se tudo a ter ou não binário disponível...

Esse é que proporciona uma condução boa para as tiradas mais longas, a potência é realmente para aqueles momentos de no fim de raspar peseiras, sair e cravar punho até ao infinito.

Mas, e são opiniões (esta é a minha), o motor de uma 650 destas é suficiente para o ram ram do dia a dia mas peca muito por defeito numa condução apimentada.

Sim, resume-se tudo a isso , sim ! Mas pilotar uma 650 não é o 'ram ram' do dia a dia . Pode ser uma 'pasmaceira' ... ou não !
"What matters It's not the size of the dog in the fight,  but the size of the fight in the dog ! "

Os 650 cc (da Versys ou de outro bom modelo) dão para curtir bué e não é preciso 'espremer até ao tutano' . Dá para lhe adicionares uns 'red hot chilli peppers'  se quiseres, mas também podes querer que ela ande a 'chá de camomila' .
A mota tem um motor 'elástico' .
 Estou a falar da Versys porque este tópico é sobre a Versys , mas a mesma conversa pode ser aplicada a muitos outros modelos de diferentes marcas ( motorizações de 600 a 800 cc)  .
Sou um fã das 'médias cilindradas' , acho que é o formato que mais encaixa num país como Portugal !
Se vivesse num outro país europeu de maior dimensão (com estradas longas e rápidas por todo o lado)  ou se tirasse todos os anos o mês inteiro de férias para fazer 5.000 kms em viagens  ...então ...  :pensador:

p.s. : MotardFeio : Não posso deixar de comentar esta tua tirada " ...  para aqueles momentos de no fim de raspar peseiras, sair e cravar punho até ao infinito  " ! Uauuuuuu !  :festa:  Se tivesse aqui agora uma 'broca' , queimava 'o produto'  enquanto lia este descritivo a imaginar como seria !  8)
« Última modificação: Novembro 24, 2021, 10:03:38, 10:03 por Luis Salgueiro »

Novembro 24, 2021, 10:15:20, 10:15
Responder #10

ThatsMe

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 1096
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Kawasaki
  • Modelo Motociclo: Versys 1000 SE GT
  • Localidade: Porto
A 650 mexe-se bastante bem, e apesar de soar a máquina de costura quando está ao ralenti, em altas rotações é uma muito agradável surpresa.

Um amigo comprou recentemente uma, temos dado umas boas passeatas juntos, à vontade uns 3 ou 4000km desde Agosto com todo o tipo de andamentos: Desde 100km a comer soninhos comigo a fazer médias de 4.5L/100, até passeios mais apressados em que chego com média de 8.3L/100... Em ambas as situações, a 650 cumpre extremamente bem.

Claro que podia ter mais 20cv, claro que podia ter um motor maior e etc... E mesmo com a tendencia de hoje em dia, em que os 120cv da minha são vulgarmente considerados como "insuficientes" ou "mortos" em N reviews nacionais e internacionais, acho que a 650 é um produto muito equilibrado.

Permite um casa - trabalho - casa muito económico, com médias de perto de 4L/100, até passeios mais apimentados em que a única situação em que fica a perder para a irmã maior é quando essa mesma irmã se lembra de puxar uma 2ª e 3ª por maldade, sem razão, e sujeito o condutor a ficar sem carta  :D

Fiquei contente que finalmente deram à 650 os updates que merecia: Full LED, Dashboard moderno e mais uns retoques. A ver se não se reflete demasiado no preço.


« Última modificação: Novembro 24, 2021, 10:18:45, 10:18 por ThatsMe »

Novembro 25, 2021, 07:55:50, 07:55
Responder #11

MotardFeio

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 697
  • Marca Motociclo: CBR
  • Modelo Motociclo: XX
  • Localidade: Margem Sul
REsume-se tudo a ter ou não binário disponível...

Esse é que proporciona uma condução boa para as tiradas mais longas, a potência é realmente para aqueles momentos de no fim de raspar peseiras, sair e cravar punho até ao infinito.

Mas, e são opiniões (esta é a minha), o motor de uma 650 destas é suficiente para o ram ram do dia a dia mas peca muito por defeito numa condução apimentada.

Sim, resume-se tudo a isso , sim ! Mas pilotar uma 650 não é o 'ram ram' do dia a dia . Pode ser uma 'pasmaceira' ... ou não !
"What matters It's not the size of the dog in the fight,  but the size of the fight in the dog ! "

Os 650 cc (da Versys ou de outro bom modelo) dão para curtir bué e não é preciso 'espremer até ao tutano' . Dá para lhe adicionares uns 'red hot chilli peppers'  se quiseres, mas também podes querer que ela ande a 'chá de camomila' .
A mota tem um motor 'elástico' .
 Estou a falar da Versys porque este tópico é sobre a Versys , mas a mesma conversa pode ser aplicada a muitos outros modelos de diferentes marcas ( motorizações de 600 a 800 cc)  .
Sou um fã das 'médias cilindradas' , acho que é o formato que mais encaixa num país como Portugal !
Se vivesse num outro país europeu de maior dimensão (com estradas longas e rápidas por todo o lado)  ou se tirasse todos os anos o mês inteiro de férias para fazer 5.000 kms em viagens  ...então ...  :pensador:

p.s. : MotardFeio : Não posso deixar de comentar esta tua tirada " ...  para aqueles momentos de no fim de raspar peseiras, sair e cravar punho até ao infinito  " ! Uauuuuuu !  :festa:  Se tivesse aqui agora uma 'broca' , queimava 'o produto'  enquanto lia este descritivo a imaginar como seria !  8)

Tens de encarar esse meu comentário final de uma forma imaginativa, coisa que acabaste de fazer!!   :convivio: :convivio:

Não raspo peseiras no chão que não tenho habilidade para tal, por isso estou à vontadinha para falar disso!!!  :lolol: :lolol: :lolol: :lolol:

E sim, 100% de acordo, "Não é a seta, é o índio!"
Tenho um amigo que numa cb750 velhinha (e de origem) envergonha quase toda a gente que eu conheço numa estrada de curvas ,tipo em Góis e arredores...
Sombra, Saúde e "não vamos ferir susceptibilidadezinhas"...
Que deus não pode dar tudo!!!

A tua liberdade acaba onde começa a minha

Novembro 25, 2021, 18:04:30, 18:04
Responder #12

TMXR

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3443
  • Marca Motociclo: KTM
  • Modelo Motociclo: 1290 SAS
  • Localidade: Lisboa
Respeitando a opinião de todos e sobretudo do estimado Luís  :nice:  Eu sinto uma diferença grande entre as motos mencionadas e sobretudo entre as velocidades e sensações que cada uma transmite.

Sem dúvida que a velocidades do dia a dia andam todas o mesmo, mas a disponibilidade como que o fazem e sobretudo o que acontece com meio acelerador e muito diferente. Basta ver que a 120 a tiger 800 vai as 5/ 5500 e as 1200 por volta das 3500.

Tanto que como já tinha dito vou trocar a Tiger 800 por outra 1000 ou 1200. O triple e muito giro mas quando se abre o acelerador, a sensação é que com a pressa deixei uns cavalos em casa. A culpa não é da moto que até se mexe bem, a culpa é minha que estou com o olho calibrado e habituado a mis umas dezenas de cavalos :D

E a aplicação daquela máxima de ser o copo meio cheio ou meio vazio  :tornarseanjinho:
« Última modificação: Novembro 26, 2021, 20:21:39, 20:21 por TMaxer »

Novembro 25, 2021, 22:26:59, 22:26
Responder #13

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1752
  • Marca Motociclo: KAWASAKI
  • Modelo Motociclo: Versys 650
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
Respeitando a opinião de todos e sobretudo do estimado Luís  :nice:  Eu sinto uma diferença grande entre as motos mencionadas e sobretudo entre as velocidades e sensações que cada uma transmite.



TMaxer, concordo com o que dizes , óbviamente ! Longe de mim tentar 'meter pelos dentro' de alguém a ideia de que as velocidades e sensações de uma 1200 c.c. se comparam a uma 650 c.c . . Eu estava a focar-me mais no 'pragmatismo' de ter/investir numa 650 c.c. tendo em conta o uso que maioritariamente quase toda a gente faz de uma moto .


Nem de propósito , acabei mesmo agora de ver um vídeo de um motovloger que acho que é conhecido aqui por estas bandas, que é o 'Mr.Maia' .
 Era um vídeo de uma ida aos Picos da Europa e a certa altura o tal Mr.Maia (que viaja numa KTM 990 Adventure e ia acompanhado por GSs Triple Black e 'coisas do género' ) começa a ver que o alcatrão deixa de ficar lisinho e diz 'bom , a partir daqui o piso parece que vai ficar ao estilo offroad por isso vamos estacionar já aqui as motos.. bla bla bla '.
WTF !  :wtf:
Há 5 anos atrás eu fiz aquela parte do trajecto  numa Honda Crossrunner !! E aqueles gajos com motas Adventure de alta cilindrada e tecnologia ... acharam que era 'too much' !!

Era mais neste sentido que eu fazia aquelas observações . Uma coisa é falar teoricamente do que a mota X ou Y 'tem para dar' , outra coisa é o que na prática 'se tira dela' .  Há malta que menospreza as motas com menos de 100 cv mas que na prática, se tivessem 'um canhão' , também não iriam fazer nada mais do que eu (e muita outra 'boa gente' ) faz de uma 'média cilindrada'. E a maneira como aqui falam até parece que se as tivessem o fariam ..... 'só que não' !

Claro que existem sempre excepções a este modelo de 'wannabees' e pessoalmente também conheço algumas (inclusivé de gente aqui deste fórum) !
Abraço !  :convivio:
« Última modificação: Novembro 25, 2021, 22:36:31, 22:36 por Luis Salgueiro »

Novembro 25, 2021, 22:33:58, 22:33
Responder #14

ThatsMe

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 1096
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Kawasaki
  • Modelo Motociclo: Versys 1000 SE GT
  • Localidade: Porto
Respeitando a opinião de todos e sobretudo do estimado Luís  :nice:  Eu sinto uma diferença grande entre as motos mencionadas e sobretudo entre as velocidades e sensações que cada uma transmite.



TMaxer, concordo com o que dizes , óbviamente ! Longe de mim tentar 'meter pelos dentro' de alguém a ideia de que as velocidades e sensações de uma 1200 c.c. se comparam a uma 650 c.c . . Eu estava a focar-me mais no 'pragmatismo' de ter/investir numa 650 c.c. tendo em conta o uso que maioritariamente quase toda a gente faz de uma moto .


Nem de propósito , acabei mesmo agora de ver um vídeo de um motovloger que acho que é conhecido aqui por estas bandas, que é o 'Mr.Maia' .
 Era um vídeo de uma ida aos Picos da Europa e a certa altura o tal Mr.Maia (que viaja numa KTM 990 Adventure e ia acompanhado por GSs Triple Black e 'coisas do género' ) começa a ver que o alcatrão deixa de ficar lisinho e diz 'bom , a partir daqui o piso parece que vai ficar ao estilo offroad por isso vamos estacionar já aqui as motos.. bla bla bla '.
WTF !  :wtf:
Há 5 anos atrás eu fiz aquela parte do trajecto  numa Honda Crossrunner !! E aqueles gajos com motas Adventure acharam que era 'too much' !!

Era mais neste sentido que eu fazia aquelas observações . Uma coisa é falar teoricamente do que a mota X ou Y 'tem para dar' , outra coisa é o que na prática 'se tira dela' .  Há malta que menospreza as motas com menos de 100 cv mas que na prática, se tivessem 'um canhão' , também não iriam fazer nada mais do que eu (e muita outra 'boa gente' ) faz de uma 'média cilindrada'. E a maneira como aqui falam até parece que se as tivessem o fariam ..... 'só que não' !

Claro que existem sempre excepções a este modelo de 'wannabees' e pessoalmente também conheço algumas (inclusivé de gente aqui deste fórum) !
Abraço !  :convivio:
Não diria melhor.

Novembro 26, 2021, 02:25:26, 02:25
Responder #15

TMXR

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3443
  • Marca Motociclo: KTM
  • Modelo Motociclo: 1290 SAS
  • Localidade: Lisboa

Perfeitamente de acordo Luis...  :nice: :convivio:

Novembro 26, 2021, 09:32:56, 09:32
Responder #16

MotardFeio

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 697
  • Marca Motociclo: CBR
  • Modelo Motociclo: XX
  • Localidade: Margem Sul
Com menos conversa também se combinava uma volta de moto para ver essa Versys seis e meio!!!

Se isto fosse malta perto de Lisboa e arredores, encontrávamo-nos na Rotunda do Centro-Sul em Almada, rumávamos em direcção ao Meco, desviava-se caminho até ao Espichel, ou (uma preferência pessoal) em direcção a Sesimbra para um cafézinho e dois dedos de conversa.
O caminho é bonito e as curvas são apertadinhas.

De regresso, havendo tempo, passava-se ali ao lado do Portinho da Arrábida, em direcção a Azeitão e tá a manhã feita.

Ainda ia tudo almoçar a casa!
Sombra, Saúde e "não vamos ferir susceptibilidadezinhas"...
Que deus não pode dar tudo!!!

A tua liberdade acaba onde começa a minha

Novembro 26, 2021, 14:57:04, 14:57
Responder #17

LeoLopes

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 403
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: Forza 300 , 2017
  • Localidade: Lagoa- Algarve
Boas ....
Eu tive uma Versys 650 de 2016  e vinha de uma muito conhecida por pão sem sal ,Deauville 650... e a onde eu quero chegar é que nem uma nem outra senti falta de potencia para a minha utilização a 2 e carregada .
Na versão anterior o que me irritava e tentei resolver era que ela era zarolha só um medio ...não gosto de ver .Nesta versão 2022 já tem não esse problema de zarolha .
Foi atualizada com mostrador TFT e controlo de tração acho que não foi muito mais ...para mim é uma excelente moto e agora com mais esses ajuste fica perfeita ....
Um produto que já era bom , agora ficou ainda melhor ... agora só falta saber o preço que vem ?   

Novembro 26, 2021, 14:58:51, 14:58
Responder #18

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1752
  • Marca Motociclo: KAWASAKI
  • Modelo Motociclo: Versys 650
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
Com menos conversa também se combinava uma volta de moto para ver essa Versys seis e meio!!!

Se isto fosse malta perto de Lisboa e arredores, encontrávamo-nos na Rotunda do Centro-Sul em Almada, rumávamos em direcção ao Meco, desviava-se caminho até ao Espichel, ou (uma preferência pessoal) em direcção a Sesimbra para um cafézinho e dois dedos de conversa.
O caminho é bonito e as curvas são apertadinhas.

De regresso, havendo tempo, passava-se ali ao lado do Portinho da Arrábida, em direcção a Azeitão e tá a manhã feita.

Ainda ia tudo almoçar a casa!

Bom programa !  :nice:   
Para ver a 'alface' seis e meio não vale a pena o encontro , é uma moto trivial que nem sequer deita fumo pelo escape  :D, agora ... para o convívio e a passeata ... :convivio: !
Cumps.

Novembro 26, 2021, 15:23:37, 15:23
Responder #19

VCS

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 737
    • Offramp
  • Marca Motociclo: Vespa, Lambretta, Honda
  • Modelo Motociclo: GTS 300, Golden Special, RC62
  • Localidade: Lisboa


Nem de propósito , acabei mesmo agora de ver um vídeo de um motovloger que acho que é conhecido aqui por estas bandas, que é o 'Mr.Maia' .
 Era um vídeo de uma ida aos Picos da Europa e a certa altura o tal Mr.Maia (que viaja numa KTM 990 Adventure e ia acompanhado por GSs Triple Black e 'coisas do género' ) começa a ver que o alcatrão deixa de ficar lisinho e diz 'bom , a partir daqui o piso parece que vai ficar ao estilo offroad por isso vamos estacionar já aqui as motos.. bla bla bla '.
WTF !  :wtf:
Há 5 anos atrás eu fiz aquela parte do trajecto  numa Honda Crossrunner !! E aqueles gajos com motas Adventure de alta cilindrada e tecnologia ... acharam que era 'too much' !!

Era mais neste sentido que eu fazia aquelas observações . Uma coisa é falar teoricamente do que a mota X ou Y 'tem para dar' , outra coisa é o que na prática 'se tira dela' .  Há malta que menospreza as motas com menos de 100 cv mas que na prática, se tivessem 'um canhão' , também não iriam fazer nada mais do que eu (e muita outra 'boa gente' ) faz de uma 'média cilindrada'. E a maneira como aqui falam até parece que se as tivessem o fariam ..... 'só que não' !

Claro que existem sempre excepções a este modelo de 'wannabees' e pessoalmente também conheço algumas (inclusivé de gente aqui deste fórum) !
Abraço !  :convivio:

Ahahahah 
Eu estou sempre a dizer isso. Claro que não tem mal nenhum gostar de ter 150cv. Eu também gosto. O que me faz confusão é ver malta que acha impossível divertir-se com 50cv, extrair prazer de uma moto que tem 50cv.
Com todo o respeito, há algo de errado na condução de alguém que precise de mais de 50cv para se divertir numa moto... Aceito que se divirta mais com 150 do que com 50, mas excluir uma moto de média cilindrada porque "nunca tem cavalos suficientes" é um preconceito um pouco triste, andar de moto é bastante mais do que cv, prestações, números. Não aproveitam boa parte da experiência...
Eu fartei-me/farto-me de me divertir com 10cv, percorro todo o Portugal e boa parte de Espanha com 10cv, ponho as minhas "10cv" em muito sítio onde muitas "Adventure XPTO" não se atrevem a entrar (porque os donos não querem, não sabem, ou não podem)... e desconfio sempre da malta que diz que a moto x, y e z é um chasso, porque: "ah e tal, tem 70cv..."  :lolol:

« Última modificação: Novembro 26, 2021, 15:28:17, 15:28 por VCS »

Novembro 26, 2021, 17:49:32, 17:49
Responder #20

Gentleman rider

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 86
  • Localidade: Lisboa
há algo de errado na condução de alguém que precise de mais de 50cv para se divertir numa moto...

Concordo e acrescento

Para quê querer isto:



quando isto:



já dá os 120 km/h na AE e é muito mais poupadinho e fácil de estacionar  :cool:
« Última modificação: Novembro 26, 2021, 17:51:23, 17:51 por Gentleman rider »

Novembro 26, 2021, 18:43:21, 18:43
Responder #21

snap

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 97
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: CBF1000
  • Localidade: Paredes
Eu falei nos 150\160 cv por uma questão de mercado.

A minha moto tem 100cv ou 99cv e ainda está para as curvas e não sinto falta de mais.

Acredito que uma moto para viajar não precisa de ter mais de 100cv, mesmo carregada não há problema.

Novembro 26, 2021, 18:46:41, 18:46
Responder #22

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1752
  • Marca Motociclo: KAWASAKI
  • Modelo Motociclo: Versys 650
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
Gentleman Rider,


Já que foste por aí , então eu alinho nessa e também vou mudar de paradigma , embora ache que este meu exemplo seja mais próximo do que se estava a falar e que era :
maior cavalagem/potência não é sempre sinónimo de maior prazer pessoal no usufruto do veículo . Existem várias variantes a condicionar .
O argumento que deste é o que se chama de falácia (um raciocínio errado com aparência de verdadeiro ) , ou o que em português corrente também se pode chamar de 'misturar alhos com bugalhos ' .

Então é assim... Equiparando as situações : Eu tenho um Fletcher Arrowflight 14 com um motor Suzuki de 55 cv , dentro do mundo dos barcos será uma boa embarcação de recreio de pequeno porte . Há barcos com o mesmo tamanho e com o dobro da cavalagem (ou até o triplo , os de competição ) , mas ... eu aos comandos do 'Sinbad' (nome com que o baptizei) desfruto tanto ou mais com ele  na Ria de Aveiro , como outro alguém que tenha  um desses 'torpedos' XPTO.

Tem a ver com os baixios da ria , etc, etc, , onde um outro barco com maior potência não irá poder andar muito diferente do que eu com o meu . Muito provavelmente se tivesse um desses 'racing boats ' também não teria skills para o 'animal' .Nas rodovias portuguesas e com as motas (ou com os carros ) vai dar mais ou menos ao mesmo.

Como se costuma dizer (na brincadeira) , 'Percebeste, ou queres que te faça um desenho? ' . Como não sei desenhar bem deixo-te aqui uma foto :


 
« Última modificação: Novembro 26, 2021, 18:52:37, 18:52 por Luis Salgueiro »

Novembro 26, 2021, 19:36:51, 19:36
Responder #23

Gentleman rider

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 86
  • Localidade: Lisboa

O argumento que deste é o que se chama de falácia (um raciocínio errado com aparência de verdadeiro ) , ou o que em português corrente também se pode chamar de 'misturar alhos com bugalhos ' .


Falácia?!?  :oops:

Achas que será mais fácil estacionar o Ferrari? Agora que falas nisso de facto o SP2 não tem pilares a obstruir a visibilidade  ;D

Novembro 26, 2021, 19:47:51, 19:47
Responder #24

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1752
  • Marca Motociclo: KAWASAKI
  • Modelo Motociclo: Versys 650
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço

O argumento que deste é o que se chama de falácia (um raciocínio errado com aparência de verdadeiro ) , ou o que em português corrente também se pode chamar de 'misturar alhos com bugalhos ' .


Falácia?!?  :oops:

Achas que será mais fácil estacionar o Ferrari? Agora que falas nisso de facto o SP2 não tem pilares a obstruir a visibilidade  ;D

Um enlatado com estilo !!  8) 8)


Novembro 26, 2021, 20:40:16, 20:40
Responder #25

TMXR

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3443
  • Marca Motociclo: KTM
  • Modelo Motociclo: 1290 SAS
  • Localidade: Lisboa


So para esclarecer a face de alguns comentários que apesar de ser a única opiniao dissonante, aqui que eu afirmei ai a cima foi apenas:



 - que sentia bem a diferença entre uma 1200 e uma 800/650 etc  ;)



Cada um sabe do que gosta e do precisa e da mesma forma e longe de mim discriminar cilindradas, marcas, tipos ou cores de motos.


Podemos argumentar que o 500 é melhor do que o Ferrari para estacionar ou que consome menos, e ai estamos de acordo, mas dizer que as sensacoes transmitidas sao as mesmas é que ja escapa a minha compreensão  :nice: :nice:


Mas isto os foruns sao mesmo assim e deixo a minha picadinha, apenas com fins auto-satiricos: daqui a pouco estamos todos no topico da KTM a dizer que SAS é muito melhor do que GS 1250 porque tem 160 cavalos e a GS 130  :D :D :D :D  :D :D :D

Novembro 26, 2021, 22:00:11, 22:00
Responder #26

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1752
  • Marca Motociclo: KAWASAKI
  • Modelo Motociclo: Versys 650
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
TMaxer,
a conversa está engraçada !  :D Estamos todos a falar do mesmo mas 'cada um com a sua ' !
A propósito da Versys 650 , eu falo dos chamados 'casos reais' /'pragmáticos'  , não exactamente das minhas preferências pessoais , nem de comparações entre 'sensações',  mas sim de 'contextos'  e do 'aproveitamento real' desses contextos  (no meu caso de agora,  com a Versys 650 ) . E tu (e o MotardFeio e o Gentleman Rider ) tem pretendido acentuar que ' uma coisa é uma coisa e outra coisa é uma coisa completamente diferente '  :yeah: (o que eu , e qualquer pessoa de bom senso, concorda sem pestanejar ) .

sabem o que eu vos digo .... esta conversa era bem mais fixe com uns petiscos em cima da mesa regados com uns copos de líquido alcoólico, mas como voltamos a ter regras sanitárias para a restauração lá vou eu provavelmente que ir novamente ao castigo e levar mais uma vacina para o Coronavírus !
See you !


 

Novembro 28, 2021, 16:02:28, 16:02
Responder #27

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1752
  • Marca Motociclo: KAWASAKI
  • Modelo Motociclo: Versys 650
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
Hoje foi dia de 'carregar as baterias' (a da mota e a minha) com uma passeata pelo Oeste !
Paragem na Ericeira para um prego no 'Lebre' (que nunca comeu um nunca diga que já comeu o melhor prego de sempre   :nice:) e depois paragem em Mafra para a sobremesa de um pastel de nata tradicional do 'Fradinho' (quem nunca comeu um nunca diga que os Pastéis de Belém  não têm comparação  :nice:) .
A Versys 650 'carregou' com 2 ocupantes e 'roncou' que nem uma desalmada por onde passava !   :confetti:

« Última modificação: Novembro 28, 2021, 16:15:19, 16:15 por Luis Salgueiro »

Novembro 28, 2021, 16:22:39, 16:22
Responder #28

VCS

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 737
    • Offramp
  • Marca Motociclo: Vespa, Lambretta, Honda
  • Modelo Motociclo: GTS 300, Golden Special, RC62
  • Localidade: Lisboa
Cuidado, já assisti a motos a serem multadas nesse passeio.  :policia:

Novembro 28, 2021, 17:20:41, 17:20
Responder #29

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1752
  • Marca Motociclo: KAWASAKI
  • Modelo Motociclo: Versys 650
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
Cuidado, já assisti a motos a serem multadas nesse passeio.  :policia:

Eu tenho Via Verde, para estes ao domingo é permitido !  :D
« Última modificação: Novembro 28, 2021, 17:46:04, 17:46 por Luis Salgueiro »

Novembro 29, 2021, 08:46:33, 08:46
Responder #30

MotardFeio

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 697
  • Marca Motociclo: CBR
  • Modelo Motociclo: XX
  • Localidade: Margem Sul
Venha de lá essa vacina!!   :convivio:

Gosto mais dos actuais 160cv que tenho do que dos anteriores 170cv que tinha, mas também gosto mais de qualquer uma destas que dos ainda mais anteriores 100cv, com os quais me diverti muito!!!

E ainda me divertia mais no tractor do meu avô, com meros 40 cv!

Há lugar para tudo.  Se eu pudesse ter um brinquedo para ir brincar no mato, era uma 125cc a 2T, mesmo que tivesse dólares para chegar a uma 300 ou a uma 500 - 4T. Na 125 consigo andar a fundo em muito mais sítios que em qq uma das outras, onde em alguns sítios teria de ir a controlar muito bem o punho para não dar cócó...

Nunca comi bifana nesse "Lebre", tens de me mostrar onde fica, eu que vou algumas vezes à Ericeira comer queques de noz e canela.
Sombra, Saúde e "não vamos ferir susceptibilidadezinhas"...
Que deus não pode dar tudo!!!

A tua liberdade acaba onde começa a minha

Novembro 29, 2021, 22:04:53, 22:04
Responder #31

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1752
  • Marca Motociclo: KAWASAKI
  • Modelo Motociclo: Versys 650
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
Venha de lá essa vacina!!   :convivio:

A nova dose  ainda não está disponível mas no meu aniversário os amigos fizeram questão de me oferecerem um bolo que já vai dar para me aguentar até chegar o reforço !




Gosto mais dos actuais 160cv que tenho do que dos anteriores 170cv que tinha, mas também gosto mais de qualquer uma destas que dos ainda mais anteriores 100cv, com os quais me diverti muito!!!

E ainda me divertia mais no tractor do meu avô, com meros 40 cv!

Eu das vezes que mais me diverti a conduzir um veículo até nem tinha cavalos nenhuns e a velocidade máxima era só de 60 kms/h e em descidas ! Belos tempos !


Há lugar para tudo.  Se eu pudesse ter um brinquedo para ir brincar no mato, era uma 125cc a 2T, mesmo que tivesse dólares para chegar a uma 300 ou a uma 500 - 4T. Na 125 consigo andar a fundo em muito mais sítios que em qq uma das outras, onde em alguns sítios teria de ir a controlar muito bem o punho para não dar cócó...

Eu também já começo a ter de controlar o punho para não fazer cócó ! A vista já não é o que era e a percepção da estrada e do trânsito já por vezes me atraiçoa (ainda ontem me ia enfiando na traseira de um carro pois parecia-me que ele ia a rolar a mais velocidade ) . Já vi que se calhar vou ter de voltar a baixar de cilindrada !




Nunca comi bifana nesse "Lebre", tens de me mostrar onde fica, eu que vou algumas vezes à Ericeira comer queques de noz e canela.

Não são bifanas pá , são pregos !


https://taesnus.com/2017/11/18/nao-sabe-onde-comer-o-melhor-prego-no-pao-e-no-lebre/

Queques de noz e canela ??!
Isso é coisa para as velhinhas acompanharem o chá ! 
Mas se és simpatizante do chá é preferível acompanhares com uns cookies !




Novembro 30, 2021, 08:31:14, 08:31
Responder #32

MotardFeio

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 697
  • Marca Motociclo: CBR
  • Modelo Motociclo: XX
  • Localidade: Margem Sul
 :lolol: :lolol: :lolol:

A idade não perdoa e os queques são muito bons!!

É um PREGO!!  Melhor ainda!

Belo trenó! Desses não me importava de um dia conseguir experimentar, deve ser brutal, com os canitos a puxar!!!!
Sombra, Saúde e "não vamos ferir susceptibilidadezinhas"...
Que deus não pode dar tudo!!!

A tua liberdade acaba onde começa a minha

Dezembro 02, 2021, 15:09:10, 15:09
Responder #33

Arih

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 7
  • Marca Motociclo: apeado
  • Modelo Motociclo: apeado
  • Localidade: Porto
Tirei a carta há pouco tempo e estou à procura de mota.
A lista consistia em NC750X, Tracer 7, Tiger Sport 660 e Tenere 700.

Não gostei da Tracer, sem TC, pareceu pouco confortável a dois, proteção aerodinâmica, design, etc

Tiger Sport 660 parece incrível. Via quando esteve no stand do Porto, não deu para experimentar mas já tinha andado numa Trident. 4 problemas: é zarolha, a traseira é feia, parece desconfortável para o passageiro e o preço.

Tenere 700. Altura. Tenho 173cm. Não acho boa ideia como primeira mota.

Sobrou a NC750X. É porreira mas no design não me chama.
Depois surgiu esta renovação da versys! Brilhante, mesmo a tempo. Tem tudo o que quero! Depois vou ver.... 845mm altura. MOTHER F....

Não vou desistir sem experimentar! Vou ver a um stand e fico não em bicos de pé mas os dedos no pé no chão. Pé esticado. Não sei se será bom para primeiríssima moto. Tenho de fazer test drive para ver se realmente vai ser complicado ou não.

Azar do caraças, nenhum stand no norte tem versys para test drive... Dizem que são motas com muita saída, que não têm normalmente (???), etc.

Vou ver se alguem põe uma a test drive quando sair senão vai ser NC750x. Não posso comprar sem experimentar...

Mas seria a mota de sonho para começar neste mundo... Oh well!

Dezembro 02, 2021, 16:44:47, 16:44
Responder #34

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3862
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Arih... existem kits para rebaixar o banco uns milímetros que por vezes fazem toda a diferença. Os bancos de algumas destas motas são estreitos para que quando pares possas deslocar o teu corpo e conseguires colocar o pé (ou parte dele) no chão para parares.

No entanto, todas estas motas "sofrem" do mesmo: altura. No entanto muitos companheiros que são "pequenos" utilizam as suas motas deste estilo normalmente. É uma questão de hábito.

Também confesso que foi uma das coisas que me afastou deste tipo de motas e preferi escolher algo mais "baixo".

Não deixes de experimentar (se possível) a Versys pois tem comportamento diferente da NC.

Dezembro 02, 2021, 16:53:15, 16:53
Responder #35

ThatsMe

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 1096
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Kawasaki
  • Modelo Motociclo: Versys 1000 SE GT
  • Localidade: Porto
Tirei a carta há pouco tempo e estou à procura de mota.
A lista consistia em NC750X, Tracer 7, Tiger Sport 660 e Tenere 700.

Não gostei da Tracer, sem TC, pareceu pouco confortável a dois, proteção aerodinâmica, design, etc

Tiger Sport 660 parece incrível. Via quando esteve no stand do Porto, não deu para experimentar mas já tinha andado numa Trident. 4 problemas: é zarolha, a traseira é feia, parece desconfortável para o passageiro e o preço.

Tenere 700. Altura. Tenho 173cm. Não acho boa ideia como primeira mota.

Sobrou a NC750X. É porreira mas no design não me chama.
Depois surgiu esta renovação da versys! Brilhante, mesmo a tempo. Tem tudo o que quero! Depois vou ver.... 845mm altura. MOTHER F....

Não vou desistir sem experimentar! Vou ver a um stand e fico não em bicos de pé mas os dedos no pé no chão. Pé esticado. Não sei se será bom para primeiríssima moto. Tenho de fazer test drive para ver se realmente vai ser complicado ou não.

Azar do caraças, nenhum stand no norte tem versys para test drive... Dizem que são motas com muita saída, que não têm normalmente (???), etc.

Vou ver se alguem põe uma a test drive quando sair senão vai ser NC750x. Não posso comprar sem experimentar...

Mas seria a mota de sonho para começar neste mundo... Oh well!

A JN Seat Covers é uma empresa especialista em trabalhar bancos de mota.
Fala com eles, seguramente conseguem baixar o banco da Versys e ainda assim manter algum conforto, ou até melhorar face ao original que dizem ser muito fraquinho.

Fui lá há um anito para mexer no da minha, pois queria que ele fosse mais plano para não escorregar e melhorar consideravelmente o conforto... A diferença foi como da noite para o dia, e só paguei 60€.
Não suportava andar mais de 100km seguidos na mota, ficava-me a doer tudo. Agora nem sequer me lembro disso.
« Última modificação: Dezembro 02, 2021, 16:56:11, 16:56 por ThatsMe »

Dezembro 02, 2021, 17:13:41, 17:13
Responder #36

Arih

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 7
  • Marca Motociclo: apeado
  • Modelo Motociclo: apeado
  • Localidade: Porto
Será o comportamento assim tão diferente da NC? Agora fiquei curioso.
Espero que um stand tenha uma para test drive quando sair a 2022, agora quero mesmo experimentar.

Vi isso do JN Seat Covers, muito interessante. Uma boa solução se conseguirem tirar um ou dois cm. Vou falar com eles.
Agora tou on fire! Queria mesmo gostar da versys!

Dezembro 02, 2021, 18:27:02, 18:27
Responder #37

ThatsMe

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 1096
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Kawasaki
  • Modelo Motociclo: Versys 1000 SE GT
  • Localidade: Porto
Será o comportamento assim tão diferente da NC? Agora fiquei curioso.

Nunca conduzi uma NC, mas tenho a certeza que a ciclistica de ambas é consideravelmente diferente.

Basta o facto da Versys ter o depósito no local convencional e o da NC estar mais baixo para fazer uma grande diferença na sensação de peso e força aplicada a curvar.

Depois disso são 67cv vs 58cv, sendo que os 67cv chegam à Versys às 8500RPM enquanto que na NC os 58cv chegam às 6750RPM.
Apesar da Versys ganhar em potência, tem menos 5Nm (64Nm) e tem-nos às 7000RPM enquanto que a NC chega aos 69Nm às 4750RPM.

Apesar de até serem esteticamente parecidas, são motas muito diferentes.

Um amigo meu testou Versys, NC, Tracer e V-Strom e foi buscar a Versys.
Também gostou muito da Tracer, mas a diferença de preço com os extras que queria era muito acentuada.
Perguntei-lhe como comparava a Versys com a NC e ele disse que são incomparáveis, depois de testar a Tracer e a Versys nunca mais pensou na NC.

Mas... Isto vai de cada um, a minha recomendação é que experimentes tudo (se não conseguires experimentar novas, experimenta usadas).

Dezembro 02, 2021, 18:39:44, 18:39
Responder #38

LeoLopes

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 403
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: Forza 300 , 2017
  • Localidade: Lagoa- Algarve
Tirei a carta há pouco tempo e estou à procura de mota.
A lista consistia em NC750X, Tracer 7, Tiger Sport 660 e Tenere 700.

Não gostei da Tracer, sem TC, pareceu pouco confortável a dois, proteção aerodinâmica, design, etc

Tiger Sport 660 parece incrível. Via quando esteve no stand do Porto, não deu para experimentar mas já tinha andado numa Trident. 4 problemas: é zarolha, a traseira é feia, parece desconfortável para o passageiro e o preço.

Tenere 700. Altura. Tenho 173cm. Não acho boa ideia como primeira mota.

Sobrou a NC750X. É porreira mas no design não me chama.
Depois surgiu esta renovação da versys! Brilhante, mesmo a tempo. Tem tudo o que quero! Depois vou ver.... 845mm altura. MOTHER F....

Não vou desistir sem experimentar! Vou ver a um stand e fico não em bicos de pé mas os dedos no pé no chão. Pé esticado. Não sei se será bom para primeiríssima moto. Tenho de fazer test drive para ver se realmente vai ser complicado ou não.

Azar do caraças, nenhum stand no norte tem versys para test drive... Dizem que são motas com muita saída, que não têm normalmente (???), etc.

Vou ver se alguem põe uma a test drive quando sair senão vai ser NC750x. Não posso comprar sem experimentar...

Mas seria a mota de sonho para começar neste mundo... Oh well!


Boas ...

Tenho a mesma altura 1,73 e tive uma versys 650 2016 .
Para me sentir mais confortável com a altura da moto subi as bainhas 2 cms e no amortecedor de traz como tem ajuste por uma roleta deixava um pouco mais macia para quando eu a montar ela baixava um pouco a onde ficava com a palma do pé no chão e com pendura assentava os pés na totalidade 

https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=1577.0




Dezembro 02, 2021, 18:50:41, 18:50
Responder #39

ThatsMe

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 1096
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Kawasaki
  • Modelo Motociclo: Versys 1000 SE GT
  • Localidade: Porto
Boas ...

Tenho a mesma altura 1,73 e tive uma versys 650 2016 .
Para me sentir mais confortável com a altura da moto subi as bainhas 2 cms e no amortecedor de traz como tem ajuste por uma roleta deixava um pouco mais macia para quando eu a montar ela baixava um pouco a onde ficava com a palma do pé no chão e com pendura assentava os pés na totalidade 


Cuidado com isto.
Por mais que reduzir a pre carga da mola possa trazer o efeito pretendido - chegar confortavelmente com os pés ao chão -, não é para isso que ela serve.

A pré carga serve para que a suspensão da mota funcione sempre no range ideal, nunca estando perto nem de bater em baixo nem de bater em cima.
A pré carga deve ser ajustada inicialmente para o peso do condutor (ou condutor e pendura, se esse for o cenário mais comum): Chama-se a isso ajustar o SAG.

Depois do SAG ajustado para o dia-a-dia, devemos garantir que ajustamos a suspensão (se possível, claro) sempre que se mete ou tira carga (seja pendura ou malas).

Por isso é que muitas motas, sendo a Versys 650 exemplo disso, têm a regulação da pré carga à mão de semear. Sobe pendura, rodamos x cliques o ajuste. Sai pendura, rodamos para o outro lado os x cliques:



Motas com suspensões mais caras trazem esse ajuste eletronico, bastando premir um botão.
Motas com suspensões mais low cost têm ajuste através de uma porca, que inviabiliza esta operação "diária".

Tenho a noção de que há muito quem use a pré carga para baixar ou subir motas mas isso está errado.
Prejudica o comportamento da mota, e pode inclusive ser perigoso porque uma mota com traseira mole demais numa curva exigente pode dar de si no mau sentido.
« Última modificação: Dezembro 02, 2021, 18:52:27, 18:52 por ThatsMe »

Dezembro 02, 2021, 19:19:27, 19:19
Responder #40

VCS

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 737
    • Offramp
  • Marca Motociclo: Vespa, Lambretta, Honda
  • Modelo Motociclo: GTS 300, Golden Special, RC62
  • Localidade: Lisboa
Tirei a carta há pouco tempo e estou à procura de mota.
A lista consistia em NC750X, Tracer 7, Tiger Sport 660 e Tenere 700.

Não gostei da Tracer, sem TC, pareceu pouco confortável a dois, proteção aerodinâmica, design, etc

Tiger Sport 660 parece incrível. Via quando esteve no stand do Porto, não deu para experimentar mas já tinha andado numa Trident. 4 problemas: é zarolha, a traseira é feia, parece desconfortável para o passageiro e o preço.

Tenere 700. Altura. Tenho 173cm. Não acho boa ideia como primeira mota.

Sobrou a NC750X. É porreira mas no design não me chama.
Depois surgiu esta renovação da versys! Brilhante, mesmo a tempo. Tem tudo o que quero! Depois vou ver.... 845mm altura. MOTHER F....

Não vou desistir sem experimentar! Vou ver a um stand e fico não em bicos de pé mas os dedos no pé no chão. Pé esticado. Não sei se será bom para primeiríssima moto. Tenho de fazer test drive para ver se realmente vai ser complicado ou não.

Azar do caraças, nenhum stand no norte tem versys para test drive... Dizem que são motas com muita saída, que não têm normalmente (???), etc.

Vou ver se alguem põe uma a test drive quando sair senão vai ser NC750x. Não posso comprar sem experimentar...

Mas seria a mota de sonho para começar neste mundo... Oh well!

Se puderes experimenta as duas.
Sim, a NC é diferente de tudo o resto. Objectivamente não é pior nem melhor, a resposta vai depender de quem tem que escolher e das suas preferências.

Se queres/valorizas um motor rotativo, a NC não é para ti.
Se queres/valorizas uma moto dócil, fácil de explorar, que anda muito bem até aos 170 e valorizas uma postura mais tranquila, experimenta uma NC.




Dezembro 02, 2021, 21:25:44, 21:25
Responder #41

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1752
  • Marca Motociclo: KAWASAKI
  • Modelo Motociclo: Versys 650
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço


Se puderes experimenta as duas.
Sim, a NC é diferente de tudo o resto. Objectivamente não é pior nem melhor, a resposta vai depender de quem tem que escolher e das suas preferências.

Se queres/valorizas um motor rotativo, a NC não é para ti.
Se queres/valorizas uma moto dócil, fácil de explorar, que anda muito bem até aos 170 e valorizas uma postura mais tranquila, experimenta uma NC.

Básicamente é isto que o VCS disse !
A Versys também é 'mansa' e fácil de explorar e também anda muito bem até aos 170 , a diferença maior é que o motor da Versys é mais 'desportivo' , está sempre a 'seduzir-te' para 'soltares a franga' (e tem um ronco muito fixe quando o fazes o que não ajuda nada a 'voltares atrás' no 'mood' ) , enquanto a NC naturalmente te 'refreia os instintos' .
Depois para a escolha entra sempre na equação o 'look' e (para mim) neste aspecto a Versys tem mais 'personalidade' .

O ajuste da suspensão na Versys é algo muito prático de se fazer e bastante útil , e por falar em suspensão ... a da Versys é melhor (mais confortável /'absorvente' ) e permite-te fazer uns estradões com melhor desempenho . 
« Última modificação: Dezembro 02, 2021, 23:48:58, 23:48 por Luis Salgueiro »

Dezembro 03, 2021, 09:59:27, 09:59
Responder #42

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3862
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Aliás a NC tem um "espírito" de mais utilitária ao contrário de que a Versys "aponta" para uma utilização maior.

Ambas têm muito boa qualidade vai daquilo que pretendes de uma mota, tal como bem referiu o companheiro VCS.

Se bem que a 170 a proteção da Versys parece-me ser melhor.  :pensador: Mas pessoalmente não acho que sejam motas para andar sempre a essas velocidades (isto é só um "aparte" meu).

Janeiro 18, 2022, 10:40:25, 10:40
Responder #43

Arih

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 7
  • Marca Motociclo: apeado
  • Modelo Motociclo: apeado
  • Localidade: Porto
Já saiu o preço desta nova versão:

https://www.kawasaki.pt/pt/products/Dual_Purpose/2022/Versys_650/overview?Uid=08F2WFFZXFoJWl0LDVhcXAsOClENWA1bUFFfDA0OX1sKWws

9150€

Mais cara do que uma Tiger Sport 660. Ridículo.
Queria mesmo pôr esta na minha "short list" mas enfim. Não sei se é culpa da Kawasaki ou do importador mas alguém não anda a fazer o trabalho de casa.

Bem, agora é esperar pela Tiger Sport 660 para fazer test drive que é a única que me falta e tomar uma decisão.

Tsk tsk Kawasaki, tsk tsk.

Janeiro 18, 2022, 13:57:52, 13:57
Responder #44

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3862
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Penso que a diferença de 55€ (valores encontrados nos sites dos dois construtores) não será razão para afastares um produto (Versys) que tem imensos anos de mercado e com constantes evoluções.

Mas vai do gosto pessoal de cada um. Não deixes de experimentar ambos os modelos.