Autor Tópico: Honda Transalp 750 (o regresso em 2022!)  (Lida 956 vezes)

Maio 26, 2021, 11:33:15, 11:33
Lida 956 vezes

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 17591
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Honda Transalp 750 (o regresso em 2022!)







Depois de vários rumores (inclusivamente aqui pelo fórum), parece que sempre se confirma o regresso da Transalp.

Segundo os Japoneses da Young Machine, por norma bem informados, será brevemente desvendada a Honda Transalp 750. Sim...750, sendo a base a da mais recente NC750X lançada há poucos meses. E até já têm nome para este modelo... XL750L Transalp.

Alguns websites começaram esta semana a falar igualmente de uma vertente 900, mas quanto a isso tenho algumas reservas em crer que lancem as duas, separadas por 150cc. Porde ser que me engane.

Ora ao contrário do modelo que lhe servirá de base, esta Transalp será toda ela bem mais orientada (por certo com vários refoços estruturais e equipamento) para um uso realmente eficaz no fora de estrada.

O mais certo é ser apresentada no Salão de Itália - EICMA, com início de vendas logo no início de 2022.
Quase de certeza que será este o 'calendário' da marca para o novo modelo...


NOTA: Atenção que a imagem colocada acima é, por enquanto, apenas especulativa...ainda que até possa vir a estar muito aproximada à realidade.
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Maio 26, 2021, 11:44:40, 11:44
Responder #1

VCS

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 621
    • Offramp
  • Marca Motociclo: Vespa, Lambretta, Honda
  • Modelo Motociclo: GTS 300, Golden Special, RC62
  • Localidade: Lisboa
E seria um quadro NC? Ou diferente ?
Se for o da NC com o mesmo motor, o que a distinguiria da X seria apenas a suspensão e a estética...
Provavelmente iria canibalizar as vendas da X... e algumas vendas à própria AT...
Mas sim, aposto que teria sucesso. E seria uma aposta bem mais lógica do que a de muitos compradores da AT, que escolhem a AT por causa da estética aventureira que não encontram na X. E acabam por não explorar as vantagens/potencialidades de ter uma AT.

Maio 26, 2021, 12:10:44, 12:10
Responder #2

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 17591
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
De momento as informações não serão muitas.
Apenas que regressará finalmente após uns anos de interregno. Julgo que uma década e meia, ou assim....

E que a "base", será a desta mais recente NC. Muito mais que isso não se sabe ou não se tem certezas, por enquanto...
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Maio 26, 2021, 14:53:53, 14:53
Responder #3

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3608
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Uma Transalp com mais de 200 kgs, mais cara que a NC a chegar muito perto da Africa Twin?
Não estou a ver...  :pensador: 

É só para existir mais uma opção?

A Honda aproveita o nome e transforma uma NC, tal como diz o companheiro VCS, como fez com a X-ADV/Integra.

Pessoalmente gostava de ver a Transalp aproximar-se mais de uma CRF do que de uma NC... mas "eles" lá sabem.


Maio 26, 2021, 15:01:48, 15:01
Responder #4

mivla

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 20
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: CB600 F Hornet 99
  • Localidade: Vila do Conde
Isto parece uma tentativa de fazer o mesmo que a Yamaha fez com a Tenere 700, a partir do motor da mt07 fe a tracer 700 e a Tenere 700.

Maio 26, 2021, 15:16:09, 15:16
Responder #5

VCS

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 621
    • Offramp
  • Marca Motociclo: Vespa, Lambretta, Honda
  • Modelo Motociclo: GTS 300, Golden Special, RC62
  • Localidade: Lisboa
Uma Transalp com mais de 200 kgs, mais cara que a NC a chegar muito perto da Africa Twin?
Não estou a ver...  :pensador: 


Se a base for a AT (uma AT mais pequena) em vez da NC, como se tem especulado também, podem puxar mais pelo preço pela colagem à irmã maior e pelas margens gigantes que têm nos acessórios.
Mas provavelmente vai ser bastante mais cara de produzir do que reconverter um chassis/motor NC e dar-lhe um aspecto aventureiro.
Se o fizerem... provavelmente vão diluir a XAdv... Ou então mantêm como modelo bandeira fora da caixa para o cliente executivo urbano que gosta de alguma exclusividade. Não esqueçam que a Xadv vende às paletes em França e Itália, que são mercados muito fortes na Europa.

Maio 26, 2021, 15:50:43, 15:50
Responder #6

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4494
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
E seria um quadro NC? Ou diferente ?
Se for o da NC com o mesmo motor, o que a distinguiria da X seria apenas a suspensão e a estética...
Provavelmente iria canibalizar as vendas da X... e algumas vendas à própria AT...
Mas sim, aposto que teria sucesso. E seria uma aposta bem mais lógica do que a de muitos compradores da AT, que escolhem a AT por causa da estética aventureira que não encontram na X. E acabam por não explorar as vantagens/potencialidades de ter uma AT.

Pela estética do "boneco" que acompanha o tópico original deverá ser mesmo uma NC das novas (2021), com jantes de raios e de maior dimensão, talvez "garfo/forquilha" com maior curso, uns plásticos diferentes, umas protecções a conferir robustez...
Mas o "boneco" pode bem ser montagem... é melhor esperar por confirmação oficial!

Sapiens, para mais de 900cc a Honda já tem a Africa Twin, não faria sentido haver uma Transalp 900 nem 1000 (anterior motor que não cumpria Euro5) nem mesmo 1100...
Em todo o caso fala-se ou já se falou de uma Africa Twin de menor cilindrada, 250cc?! Ou foi a especulação que acabou por se transformar na actual e nova CRF250Rally?


"Coragem é saber o que não temer.", Platão
"Se uma scooter é um aspirador, quantos sacos gasta aos 100?", Alguém

Maio 26, 2021, 20:50:03, 20:50
Responder #7

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 17591
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
(....)
Sapiens, para mais de 900cc a Honda já tem a Africa Twin, não faria sentido haver uma Transalp 900 nem 1000 (anterior motor que não cumpria Euro5) nem mesmo 1100...
(....)

Exacto.
Foi o que disse incialmente.
Não vejo que pudesse fazer sentido existir uma variante 750 e outra 900, apesar do que dizem algumas publicações esta semana.
Não creio que isso suceda...ou pelo menos não creio na coexistência de ambas num mesmo mercado.

Quanto ao design do modelo que se vê acima, é por enquanto especulativo.
Não se sabe como vai ser.
« Última modificação: Maio 27, 2021, 15:49:35, 15:49 por Sapiens21 »
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Maio 27, 2021, 15:19:15, 15:19
Responder #8

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3608
  • Sexo
    Masculino

    Masculino


Segundo a Rubberdust, designers industriais e influencers, esta poderá ser a tão aguardada CRF 850 L, a versão de menor cilindrada da actual Africa Twin CRF 1100 L. Com o desaparecimento da Honda Transalp e a extensão do registo da marca realizado pela Honda, tudo leva a crer que a mesma venha a prolongar a existência da icónica marca Transalp agora associada à hipotética Africa Twin de menor cilindrada.


Fonte:
https://pt.motorcyclesports.net/article/noticias-de-motos/segundo-a-rubberdust-a-nova-honda-crf-850-l-esta-para-breve

Maio 27, 2021, 17:23:11, 17:23
Responder #9

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4509
Se o objectivo é concorrer com a Ténéré e com a 790 Adventure... a expectativa seria um downsize da CRF1100L como a da imagem que o JViegas.

Mas como já é habitual a montanha partir um rato... não me admiraria que o resultado fosse uma NCX com specs aventureiras.

Ate porque acredito que exista mercado para isso.

Maio 29, 2021, 15:41:57, 15:41
Responder #10

Cross

  • Global Moderator
  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 913
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: VFR800X (Crossrunner)
A justificação do modelo só mesmo pela concorrência e por isso só mesmo uma AT entres os 700 e os 800 mais leve com os mesmos bloco rotativos da AT porque carisma já tem de outros tempos assim como a transalp. Faz todo o sentido aproveitar a hype.

A NC e variantes continua no seu próprio mundo e não tem concorrência directa a esse nível.


Sent from my SM-G780F using Tapatalk

Bom Senso e Senso Comum nunca fez mal a ninguém!

Maio 31, 2021, 09:06:02, 09:06
Responder #11

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3608
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Se for uma "aproximação" à T7 do que a uma NC reparem que o motor terá que ser novo. Não digo na totalidade mas será que o motor da Africa Twin pode ser "reduzido"? Ou pode o motor da NC ser diferente na sua rotatividade?

Qual será o caminho da Honda, caso se comprove este modelo, vai seguir?

Existe um outro motor que pode ser aproveitado pela Honda sem ser o da NC para produzir uma versão mais "baixa" de uma Africa Twin, "respeitando" a filosofia Transalp?

Não será a Transalp "mais uma para o monte" de aventureiras? Como fica posicionada entre a CB500X/NC750X e a Africa Twin? É só mais uma?
Sabemos que a nova NC se tornou "mais" utilitária com a sua atualização de 2021. Fugindo ao termo aventura em todo o terreno porque para isso temos a CB500X ou a CRF300, mais realistas e a Africa Twin para quem prefere outra qualidade.




Maio 31, 2021, 09:55:29, 09:55
Responder #12

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4494
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
Se for uma "aproximação" à T7 do que a uma NC reparem que o motor terá que ser novo. Não digo na totalidade mas será que o motor da Africa Twin pode ser "reduzido"? Ou pode o motor da NC ser diferente na sua rotatividade?

Qual será o caminho da Honda, caso se comprove este modelo, vai seguir?

Existe um outro motor que pode ser aproveitado pela Honda sem ser o da NC para produzir uma versão mais "baixa" de uma Africa Twin, "respeitando" a filosofia Transalp?

Não será a Transalp "mais uma para o monte" de aventureiras? Como fica posicionada entre a CB500X/NC750X e a Africa Twin? É só mais uma?
Sabemos que a nova NC se tornou "mais" utilitária com a sua atualização de 2021. Fugindo ao termo aventura em todo o terreno porque para isso temos a CB500X ou a CRF300, mais realistas e a Africa Twin para quem prefere outra qualidade.

Viegas... lembraste de aqui colocarem um tópico sobre a hipotética nova NC800/850 ?
https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=7321.msg91161#msg91161

Quem sabe se o actual motor da NC750 não sofrerá uma ligeira "ampliação" ?!
 8)


"Coragem é saber o que não temer.", Platão
"Se uma scooter é um aspirador, quantos sacos gasta aos 100?", Alguém

Maio 31, 2021, 11:13:00, 11:13
Responder #13

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3608
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Já não me lembrava dessa "discussão".
Como é que vocês se lembram.  :smiley:

Independentemente de ser um "downgrade" do motor da AT ou um "upgrade" do motor da NC, parece-me que iremos ter novidades ao nível de mais uma mota de "aventura".

Mas o que trará de novo?
Apenas o renascimento de um nome?
Algo mais barato do que uma Africa Twin e mais caro do que uma NC mas com aspirações de "fora-de-estrada"?

Vamos ver.  :pensador:


Maio 31, 2021, 13:26:59, 13:26
Responder #14

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4509
A NC e variantes continua no seu próprio mundo e não tem concorrência directa a esse nível.

Mas não será de estranhar uma NCX com ar aventureiro de forma a instituir a hype nesse próprio mundo.

Na realidade foi o que a Honda já vez no passado com as Crosstourer e Crossrunner.
Adaptaram plataformas existentes ao que estava a ganhar popularidade.
Não tinham cão... decidiram caçar com gato.


Não será a Transalp "mais uma para o monte" de aventureiras?

Certamente que sim.
Os construtores fabricam aquilo que o mercado procura.

Certamente que a Honda está a par do que será a receita que permita maior encaixe financeiro recorrendo aos ingredientes que tem.

Se uma NC750X ou mesmo uma CB500X mais aventureira.
Se alguma destas duas mais "esticada", não ignorando que já terá que ser euro 5 e eventualmente possa surgir uma nova motorização resultante disso.
Se uma CRF***L encolhida.


Maio 31, 2021, 14:20:31, 14:20
Responder #15

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4494
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
A NC e variantes continua no seu próprio mundo e não tem concorrência directa a esse nível.

Mas não será de estranhar uma NCX com ar aventureiro de forma a instituir a hype nesse próprio mundo.

Na realidade foi o que a Honda já vez no passado com as Crosstourer e Crossrunner.
Adaptaram plataformas existentes ao que estava a ganhar popularidade.
Não tinham cão... decidiram caçar com gato.


Não será a Transalp "mais uma para o monte" de aventureiras?

Certamente que sim.
Os construtores fabricam aquilo que o mercado procura.

Certamente que a Honda está a par do que será a receita que permita maior encaixe financeiro recorrendo aos ingredientes que tem.

Se uma NC750X ou mesmo uma CB500X mais aventureira.
Se alguma destas duas mais "esticada", não ignorando que já terá que ser euro 5 e eventualmente possa surgir uma nova motorização resultante disso.
Se uma CRF***L encolhida.

E porque não uma mera versão "adventure" da NC750X? ("adventure" pode se transformar em Transalp, tipo NC750X Transalp ou NC750 Transalp X...)
Juntando depois uma protecção de cárter, suspensão frente com maior curso, cores exclusivas do modelo, protectores metálicos a toda a volta da moto como acontece com a CFmoto 650MT...
E assim nem precisam sequer de mexer no motor... [tal como a Yamaha faz com as linhas MT07/MT09]
Acho que não é muito distante do que a Honda faz normalmente... ou estou equivocado?
 
« Última modificação: Maio 31, 2021, 14:23:55, 14:23 por 2low »


"Coragem é saber o que não temer.", Platão
"Se uma scooter é um aspirador, quantos sacos gasta aos 100?", Alguém

Junho 04, 2021, 09:31:17, 09:31
Responder #16

MotardFeio

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 600
  • Marca Motociclo: CBR
  • Modelo Motociclo: XX
  • Localidade: Margem Sul
O motor da NC não serve para isso, falta rotação e muito mais alma.

Uma Transalp, apesar de pachorrenta, era mais enérgica que as NC de agora.

Mas se calhar era o que mais vendia, dada a quantidade enorme de novos condutores de motos que têm aparecido desde a lei das 125cc se efectivar.

Para mim, o motor das NC (em todas as suas variantes), é insonso, bom para andar a poupar gasolina e pouco mais.
Sombra, Saúde e "não vamos ferir susceptibilidadezinhas"...
Que deus não pode dar tudo!!!

A tua liberdade acaba onde começa a minha

Junho 04, 2021, 10:53:40, 10:53
Responder #17

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4494
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
O motor da NC não serve para isso, falta rotação e muito mais alma.

Uma Transalp, apesar de pachorrenta, era mais enérgica que as NC de agora.

Mas se calhar era o que mais vendia, dada a quantidade enorme de novos condutores de motos que têm aparecido desde a lei das 125cc se efectivar.

Para mim, o motor das NC (em todas as suas variantes), é insonso, bom para andar a poupar gasolina e pouco mais.

O motor não é assim tão mau... Tu é que gostas de outras coisas! (eu também)  :D :convivio:

É um bom compromisso (tal como toda a gama NC) e deve servir perfeitamente para quem procure precisamente aquilo que proporciona (condução dia-a-dia e razoável para passeios) MAS não é apenas uma mera conquistadora de consumos, pois para os mais lentos ou os que não pretendem aventurar-se em velocidades acima de 160/170kmh, bate-se muito bem com motos de cilindrada superior nesses andamentos mais contidos - em estradas nacionais e obviamente que é esquecer autoestrada.
Também não se pode esperar que um motor "diesel" (se fosse turbo diesel é que era  :lolol: ) de ~700/750cc 2 cilindros, consiga ter um andamento semelhante a motos de 4 cilindros tipicamente desportivas, pois isso é bem distinto!!!

Pessoalmente prefiro algo mais espevitado e encontrei na ER6F a melhor alternativa apesar de saber que a GSXF650 e CBF600 e XJ6Diversion até pudessem dar mais um pouco na velocidade máxima, não eram tão rápidas em acelerações e recuperações, não eram tão leves, não eram tão baixas....
A NC na época, esteticamente achava-a uma moto com um pouco de gordura.


« Última modificação: Junho 04, 2021, 11:06:41, 11:06 por 2low »


"Coragem é saber o que não temer.", Platão
"Se uma scooter é um aspirador, quantos sacos gasta aos 100?", Alguém

Junho 04, 2021, 11:29:03, 11:29
Responder #18

ThatsMe

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 964
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Kawasaki
  • Modelo Motociclo: Versys 1000 SE GT
  • Localidade: Porto
A questão nem é a potência/binário que a NC tem, a minha opinião é que o problema é mesmo o tipo de motor e as baixas RPM que atinge.

Por exemplo, acho uma CB500x bem mais divertida e "despachada" que uma NC750x, mesmo tendo menos potência e binário.
A NC é uma mota tipicamente direcionada a ex-scooteristas ou a quem não vê a mota como diversão, mas sim como meio de transporte racional (apesar que 8300€ + extras nada tem de racional, se o objetivo é só ir de A a B).

Não vejo o motor da NC a ter muito sucesso noutros segmentos que não nas utilitárias/citadinas.

Junho 04, 2021, 14:26:03, 14:26
Responder #19

Cross

  • Global Moderator
  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 913
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: VFR800X (Crossrunner)
Só faz mesmo sentido no bloco da AT actual reduzir o volume do mesmo para uma transalpina nova ou ATina mais pequena.
A NC tem o seu próprio espaço especialmente pelo DCT. Não existe concorrência directa a não ser aqueles que olha para as motos pela cilindrada apenas.
Como uma Pcx, ou uma eléctrica nos arranques, uma NC DCT papa muitas outra em especial onde falta o kit de unhas... o que na cidade dá muito jeito mesmo os mais puristas que lhes custa a reconhecer o benefício mas ele está lá.
Se com uma big brother se faz isto imaginem com uma mais maneirinha....

Grande Toni
Venha ela...


Sent from my SM-G780F using Tapatalk
Bom Senso e Senso Comum nunca fez mal a ninguém!

Junho 04, 2021, 15:56:52, 15:56
Responder #20

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4494
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
Realmente...


A KLR só vai aparecendo para meter nojo!  :lolol: :D :lolol:


"Coragem é saber o que não temer.", Platão
"Se uma scooter é um aspirador, quantos sacos gasta aos 100?", Alguém

Junho 06, 2021, 23:34:33, 23:34
Responder #21

VCS

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 621
    • Offramp
  • Marca Motociclo: Vespa, Lambretta, Honda
  • Modelo Motociclo: GTS 300, Golden Special, RC62
  • Localidade: Lisboa
A questão nem é a potência/binário que a NC tem, a minha opinião é que o problema é mesmo o tipo de motor e as baixas RPM que atinge.

Por exemplo, acho uma CB500x bem mais divertida e "despachada" que uma NC750x, mesmo tendo menos potência e binário.
A NC é uma mota tipicamente direcionada a ex-scooteristas ou a quem não vê a mota como diversão, mas sim como meio de transporte racional (apesar que 8300€ + extras nada tem de racional, se o objetivo é só ir de A a B).

Não vejo o motor da NC a ter muito sucesso noutros segmentos que não nas utilitárias/citadinas.

Sao opinioes. ;)
O que posso dizer é que a descer a N2 até ao Barranco do Velho ontem no lés a lés passei umas 15 motos em andamento com o tal motor que nao é divertido e que é feito para scooteristas que tiraram a carta há 6 meses. Nessas 15 estavam várias GS...
Fui passado por uma moto apenas, uma KTM, e foi a subir...
Nada mau para um motor amorfo, e um velho com as costas empenadas...
Aquele motor é bem bom para estradas como aquela e bem divertido.
Se me disserem que é uma seca em AE, subscrevo. Agora, conduzam-no bem e experimentem, sem preconceitos. É um motor muito, muito bom. Para quase tudo, nao é só consumos.
Em 1993 eu tinha uma CB550 Four. Era porreira. Nao dava mais gozo numa estrada como aquela do que a minha Integra.
 ;)

Junho 07, 2021, 08:29:04, 08:29
Responder #22

MotardFeio

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 600
  • Marca Motociclo: CBR
  • Modelo Motociclo: XX
  • Localidade: Margem Sul
Está certo, são opiniões!

Eu já fui passado por fora numa curva no Bombarral por um gajo com uma NC, eu tinha uma CBR 1100 XX.

Ele ia a fundo, e a moto varejava por todos os lados, eu naturalmente tirei punho pois não queria que o gajo se espetasse só para mostrar aos amigos que passava por uma CBR, numa curva, no Bombarral.

"Não é a seta, é o Índio"  - isto está completamente certo.

Para o meu gosto, o carácter de um motor que é "metade" de um 1,4 de um Honda Jazz (a base técnica é essa, para quem não sabe, daí ter um red-line que surge tão cedo) não me apraz.
Outros gostam - nada contra!

Mas prefiro um V2 1100cc arrefecido a ar de 90 cv numa Hypermotard com Öhlins e Brembo montados, do que uma NC espevitada com 90 cv.

São gostos!

Mas a minha é mesmo a melhor de todas. Não é assim com todos os que têm o que gostam?

Há espaço para tudo e todos, e os gajos das GS levam as malas cheias de ar do Tibete (muitos deles) e só a tiram da garagem quando não chove e é para fazer o Lés a Lés e pouco mais que isso.
Isso para mim não dava. Preferia ter uma NC e poder andar nela todos os dias!

Abc e boas curvas!!
Sombra, Saúde e "não vamos ferir susceptibilidadezinhas"...
Que deus não pode dar tudo!!!

A tua liberdade acaba onde começa a minha

Junho 07, 2021, 10:29:23, 10:29
Responder #23

ThatsMe

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 964
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Kawasaki
  • Modelo Motociclo: Versys 1000 SE GT
  • Localidade: Porto

Sao opinioes. ;)
O que posso dizer é que a descer a N2 até ao Barranco do Velho ontem no lés a lés passei umas 15 motos em andamento com o tal motor que nao é divertido e que é feito para scooteristas que tiraram a carta há 6 meses. Nessas 15 estavam várias GS...
Fui passado por uma moto apenas, uma KTM, e foi a subir...
Nada mau para um motor amorfo, e um velho com as costas empenadas...
Aquele motor é bem bom para estradas como aquela e bem divertido.
Se me disserem que é uma seca em AE, subscrevo. Agora, conduzam-no bem e experimentem, sem preconceitos. É um motor muito, muito bom. Para quase tudo, nao é só consumos.
Em 1993 eu tinha uma CB550 Four. Era porreira. Nao dava mais gozo numa estrada como aquela do que a minha Integra.
 ;)
Atenção que eu nunca disse que o motor da NC era insuficiente para o que quer que seja, ou que lhe falta potência/binário.

Durante ano e meio fui proprietário de uma máquina com 500cc (menos 250cc que a NC), 47cv (menos 10cv que a NC) e 215kg (mesmo peso que a NC), na qual atravessei o país várias vezes a dois e nunca em situação alguma (exceptuando AE acima dos 120km/h) senti falta do que quer que seja.

Dei vários passeios com um colega que tinha acabado de comprar uma R1250GS e, tendo eu muito mais experiência que ele em duas rodas, a minha TRK nas estradas sinuosas dava-lhe uma coça que não era bom. No entanto isso não quer dizer que a TRK seja mais capaz que uma GS, de todo.

Que te tenhas divertido com a NC ninguém desmente, não tenho qualquer dúvida que lhe deste/dás bom uso e a grande verdade é que a melhor mota é aquela da qual estamos aos comandos. As piores motas são sempre aquelas que estão ou na garagem ou no concessionário.

No entanto mantenho a minha opinião, que a NC é uma mota relativamente pouco divertida, pura e simplesmente porque há motas até com menores especificações capazes de fazer exatamente o mesmo, com motor mais rotativo, e a consumir só um bocadito mais.

Faz agora talvez duas semanas que um bom amigo me telefonou a pedir conselhos sobre a mota que iria comprar.
Tinha um plafond de 10.000€ para mota nova do segmento "trail".

A ideia dele estava na NC750x 2021 ou na Tracer 7. Configurei com ele as 2 motas ao gosto dele (ficavam ambas a preços muito semelhantes), e juntei à sopa ainda a Versys 650, V-Strom 650 e CF-Moto 650. Os únicos conselhos que lhe dei foram: "Olha bem para as specs (potência, binário, peso e afins), e testa todas antes de fechar negócio!!!"

Para começar, test-ride à Versys, V-Strom e CF-Moto são 100% impossíveis. Dito pelo importador, dito por todos os concessionários da zona norte. Assim sendo, saltam da equação.
Ficaram as iniciais, NC e Tracer. Conseguiu testar primeiro a NC e apaixonou-se. Puxa muito bem e é muito confortável, disse ele. Esteve quase quase para fechar negócio por creio que 10300€ (sem DCT) equipada a gosto dele. Não fechou negócio porque fiz questão que testasse a Tracer, na minha cabeça não faz sentido fechar um negócio sem testar a concorrência.

Pois bem, foi ao Moto Fundador e deram-lhe uma Tracer por umas 2 horitas. Ligou-me mal entregou a mota a dizer, e cito: "Obrigado... Ia morrer burro se tivesse fechado negócio com a NC, não têm absolutamente nada a ver."

Pelo mesmo valor, mais 300€ que a NC creio, vai buscar dentro em breve a Tracer equipada a gosto, e que no test-drive lhe deu sensações às quais a NC nem sequer chegou perto.

Uma vez mais, não digo que a NC é má mota, e muito menos que o motor é incapaz/insuficiente. Simplesmente digo que, se não estiveres à procura de economia de combustível, há opções melhores na combinação do emocional e racional. Caso estejas à procura apenas da economia de combustível, também considero um erro pura e simplesmente porque há no expositor ao lado a CB500x que consome pouco mais e que, pela poupança no valor de compra, se consegue uns valentes € para gasolina.

Como dizes, e bem, são opiniões e todos temos direito a ter as nossas. Importante é todos estarmos de bem com as nossas escolhas.
Tudo isto aqui são discussões saudáveis típicas de um forum, é para isto que o fórum serve e ainda bem.

Junho 07, 2021, 11:18:30, 11:18
Responder #24

VCS

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 621
    • Offramp
  • Marca Motociclo: Vespa, Lambretta, Honda
  • Modelo Motociclo: GTS 300, Golden Special, RC62
  • Localidade: Lisboa
Meus caros,

A conversa está agradável e acreditem que eu entendo os vossos pontos de vista.  ;)

Eu nunca achei que a minha moto é a melhor do mundo (bem, achava, quando tinha 16 anos  :lolol:), e muito menos acho que a NC seja hoje a melhor moto do mundo. Nem a Integra.  Aliás, sou o primeiro a encontrar-lhe vários defeitos, alguns deles bem irritantes e desnecessários.
Muito menos estou preocupado em evangelizar alguém a comprar uma NC, seja ela qual for. Apesar de gostar muito da Honda (por ser um construtor diferente de todos os outros e que faz as coisas à sua maneira), não me pagam para isso.

O que é muito recorrente é encontrar referências a que a NC não é uma moto para entusiastas. Ou que é uma moto exclusiva para quem é inexperiente. O que é uma moto só para quem pensa em economia.
Estas ideias, com todo o respeito, estão erradas.
Eu explico: a NC não foi feita a pensar em entusiastas, o foco do projecto não eram os motociclistas experientes.
Ora, isso é muito diferente de se dizer que não é uma moto capaz de agradar a quem goste muito de andar de moto, a quem sonhe com motos, ou a quem tenha noções do que é motor. Ou que é uma moto para recêm encartados ou para quem "não sabe" andar de moto (não estou a dizer que vocês disseram isso, estou a dizer que é frequente ler-se/ouvir-se isso).

É só isso que eu acho um bocado redutor, e representa uma ideia preconceituosa sobre a moto/conceito.

Eu sou o fã número 1 da RC166, provavelmente não haverá muitos que saibam o que aquele motor é e a importância histórica que tem. Não pode haver nada mais diferente do motor de uma NC. E também gosto muito do motor da NC (não, não é um contra senso). São ambos, à sua maneira, maravilhas da engenharia. E gosto da NC não só pela economia (que é um motor económico) ou pela facilidade (que é um motor fácil). É porque é um motor genial, ao casar de um modo inédito características práticas em doses que nenhum outro construtor conseguiu juntar: economia, practicidade, durabilidade, intervalos de manutenção, gozo a conduzir em estradas sinuosas (nas calmas e até depressa!), facilidade em cidade, etc...

Em resumo, nada me move contra quem não gosta do motor, é perfeitamente legítimo.
O que é cansativo é ler/ouvir tanta gente (mais uma vez não digo que sejam vocês) a reproduzir o que lêem nas revistas ou nas conversas de café/foruns, na maior parte dos casos sem nunca terem experimentado a sério as motos. E quando dihgo experimentar não é uma "volta ao quarteirão", 20 ou 30kms de estrada. Andem nelas 1000, 2000kms em todo o tipo de estradas. Depois sim, critiquem à vontade, e digam que preferem outro tipo de motor. Eu também adoro vários outros tipos de motores. Todos têm o seu espaço. V2, 3L, 4L, V4, 6L, etc...

Até motos/motores muito pouco refinados podem dar verdadeiro gozo ao motociclista, não cataloguemos nem julguemos o gozo que uma moto/motor pode proporcionar a outro motoclista, mais ou menos experiente do que cada um de vós.

;)
« Última modificação: Junho 07, 2021, 11:31:07, 11:31 por VCS »

Junho 08, 2021, 07:41:26, 07:41
Responder #25

MotardFeio

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 600
  • Marca Motociclo: CBR
  • Modelo Motociclo: XX
  • Localidade: Margem Sul
Gostei desta troca de opiniões. Obrigado.
Não é fácil hoje em dia tal acontecer sem algum interveniente entrar em excessos, ou a "pés juntos".
Sempre com respeito mas com a paixão de cada um.
Assim dá gosto falar (escrever) de motos.

Fica a faltar uma voltinha de moto ao vivo e a cores!

Venha de lá essa NC!   :yeah:
Sombra, Saúde e "não vamos ferir susceptibilidadezinhas"...
Que deus não pode dar tudo!!!

A tua liberdade acaba onde começa a minha

Junho 08, 2021, 07:43:03, 07:43
Responder #26

MotardFeio

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 600
  • Marca Motociclo: CBR
  • Modelo Motociclo: XX
  • Localidade: Margem Sul
E voltando ao Tópico, venha lá a Transalp, mas com um V2 robusto (fiável, económico, etc "à prova de bala) ao estilo de uma V-Strom, mas com uma estética de Africa Twin, a mais Dakariana de todas no seu aspecto.
Sombra, Saúde e "não vamos ferir susceptibilidadezinhas"...
Que deus não pode dar tudo!!!

A tua liberdade acaba onde começa a minha

Junho 08, 2021, 09:17:21, 09:17
Responder #27

NFRod

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 298
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Começo a aproximar-me dos 30 anos e a perceber os encantos ou vantagens de uma mota deste género :read.calm:

Junho 08, 2021, 13:13:27, 13:13
Responder #28

VCS

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 621
    • Offramp
  • Marca Motociclo: Vespa, Lambretta, Honda
  • Modelo Motociclo: GTS 300, Golden Special, RC62
  • Localidade: Lisboa
Gostei desta troca de opiniões. Obrigado.
Não é fácil hoje em dia tal acontecer sem algum interveniente entrar em excessos, ou a "pés juntos".
Sempre com respeito mas com a paixão de cada um.
Assim dá gosto falar (escrever) de motos.

Fica a faltar uma voltinha de moto ao vivo e a cores!

Venha de lá essa NC!   :yeah:

 :palmas:
 :convivio:

Junho 08, 2021, 15:23:48, 15:23
Responder #29

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 17591
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Sem dúvida.
Dá gosto ler opiniões sem ataques, nem 'bater de pé' só para vincar uma ideia. :nice:
Muito bem.

Quanto ao modelo, de como será, quando sairá, a que preço será proposto ou o bloco que vai trazer, penso que é questão de esperar mais uns 4 mesitos até à EICMA.

E se tiver o bloco da NC, sinceramente não vejo que venha mal ao Mundo.
Já se percebeu que a marca lhe vai 'esticando' a potência em gerações subsequentes.

Tem mais do que cilindrada para subir na potência sem problemas de maior e imprimindo outro carácter (se a marca assim o desejar). Se for preciso, mandando às urtigas' +1 ou 1.5L de média por cada 100kms. :)
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Junho 08, 2021, 19:50:29, 19:50
Responder #30

Seravat72

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 138
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: NC 750X DCT
  • Localidade: Albarraque
Meus caros,

Concordo com os pontos de vista mas retenho uma frase que julgo resume tudo:
" Cada um ama o que tem se não pode (não sabe ou não quer) ter mais"
Estive neste LAL e foi a minha primeira vez, correu maravilhosamente bem e fui eu, o meu filho, a NC e a carga... e não nos cortamos a nada... e quando digo nada, é nada mesmo. Ouvi membros da organização a dizerem "Olha este maluco veio por aqui com pendura" quando percorri os trilhos de terra batida, quando fui até perto do atravessamento do riacho (o 1º) mas achei que não devia sequer tentar atravessar (não sei sequer se alguem passou), no atravessamento das pontes pedonais, enfim fui a todo o lado e sempre com pendura.
Diverti-me á grande em todos os locais e em especial em perceber que a NC ainda curva melhor do que eu pensava... aquelas curvinhas no final da N2 foram deliciosas... até cheirava a borracha queimada.
Realmente em AE não é lá muito agradável mas experimentem o Sport3 em estradas sinuosas e depois venham cá dizer o que disseram da "bichinha"...
Há motos para todos os gostos e feitios (e bolsas) mas podem ter a certeza que a NC não é, de todo, uma mota para "lentos, pachorrentos e sensaborrões", mas como também convém salientar a idade também tem influência e como o meu filho dizia
"Oh Pai aqueles senhores têm que mostrar que têm uma mota grande porque se calhar têm uma pilinha pequenina"... :D

Abraços e boas curvas e que cada um tenha o prazer que quer com a sua mota .

Ah e quanto á Transalp se já me tinha "aberto o apetite" quando eu era "mais novo" pode ser que me mantenha essa vontade de a ter e quem sabe trocar a minha NC. A ver vamos o que o futuro nos trará.
« Última modificação: Junho 08, 2021, 19:52:10, 19:52 por Seravat72 »

Junho 09, 2021, 07:20:35, 07:20
Responder #31

MotardFeio

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 600
  • Marca Motociclo: CBR
  • Modelo Motociclo: XX
  • Localidade: Margem Sul
Em 2017 fiz o Lés a Lés na XX, com 42º às 3h da tarde e 34º às 22h da noite!
Doeu um bocadinho, mais pelo calor.

Mas quando vi duas Espanholas, de fato de cabedal completo de 1 peça, na mesma moto, numa GSX-R 600cc, a fazer o mesmo que todos os outros, pensei para comigo - és um menino!

As Sachs 50cc e as Indians 1800cc também lá andavam.

Interessa é participar e curtir!

Mas apesar de tudo, devem experimentar antes de opinar.
Quem só conhece as 125cc e a seguir uma NC (por exemplo), deve experimentar por exemplo uma Super Duke R 1301cc no modo Sport, uma S1000RR tb em modo SPort, etc e tal - motos mais "extremas" de performance.
Para abrir horizontes!!!! Procurem lá Test-Drives e cultivem-se! Enriquece a discussão de café com os amigos e acima de tudo diverte.
Sombra, Saúde e "não vamos ferir susceptibilidadezinhas"...
Que deus não pode dar tudo!!!

A tua liberdade acaba onde começa a minha

Junho 09, 2021, 13:56:44, 13:56
Responder #32

Rodrigues1

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2105
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Localidade: Loures
Boas

Acabei agora de ler esta frase no https://www.andardemoto.pt/moto-news/48495-uma-nova-honda-africa-twin-ou-sera-que-e-uma-transalp/

Também me parecia que o motor teria de ser diferente...!

Citar
Ao contrário do que se pensava inicialmente, a Honda não estará a pensar usar o bicilíndrico paralelo das NC750 como ponto de partida, mas sim uma unidade motriz totalmente nova, até para ficar homologado dentro das novas normas Euro 5. Os cilindros vão manter a mesma configuração em linha, no entanto serão posicionados muito mais verticalmente em relação ao quadro.

Junho 11, 2021, 11:39:23, 11:39
Responder #33

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3608
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Huuummmm  :pensador:

Estão temos motor novo...  :pensador:

Aguardemos por novidades... que espero ser boas e caras...  :smiley: