GERAL > Quadro dedicado à mecânica no geral

Linha direta TNT 125

(1/1)

Sampaio17:
Viva.
Tenho uma benelli tnt 125, e ando com a panca de lhe meter uma linha direta, ou simplesmente eliminar o silencioso.
Sim, sei que é uma 125 e que andar com a mota aos berros não faz muito sentido, mas achei mesmo graça ao barulho que elas fazem de linha direta.
Já tirei várias opiniões, e é tudo um pouco disperso.
Se colocar a linha direta, sou obrigado a reprogramar a mota?
Em termos de potência, vai haver alguma alteração notória (para bem ou para mal)?
Pode trazer um desgaste precoce ao motor?

mneves:
Boas
Resumindo, por experiência própria, pelo que ja vi e testei,fazes isso e só fica pior.
Vai perder performance, vais arranjar problemas com as autoridades, só aqui ha chega.
A mota é tão fixe de fábrica para quê inventar?
Repara na do aneves,não há nenhuma tnt  portuguesa tao bem estimada, com aquela idade e a fazer o que ela faz,puxa melhor que outra qualquer com ponteiras ou escapes, ninguém consegue os consumos que ele faz,e acima de tudo não deu ,nem dá problemas.

Sampaio17:
É a opinião que me tem dado até agora.
Vi que tiraste o catalisador à tnt do aneves, faz alguma diferença em termos de barulho/rendimento? Achas que vale a pena?
Já agora, que tinta usaste no escape? Cheguei a pintar um escape com tinta de 600º e queimou toda.

NSilva:
As tintas para escapes, salvo erro, têm de ser do tipo "tinta para lareira" para aguentar as altas temperaturas.

MotardFeio:
Tinta para 800ºC já aguenta em princípio.

Navegação

[0] Índice de mensagens

Ir para versão completa