As relíquias de outros tempos (Motos/scooters com +30 anos) > Fotografias da relíquia que mora lá em casa...

Motorizada Piedense - uma provável recuperação para 2019

(1/3) > >>

2low:
Desde Abril de 2013 que sou proprietário de uma "Motorizada Piedense" (anos 70) que tem por base um determinado modelo da Famel, que conta com o motor Zundapp Turbina 4V e tem ainda 2 reboques, o reboque de carga e o reboque GTi (mais baixo, mais curto e para menos carga).

O aspecto do estado da motorizada é pior nas fotos do que ao vivo, pois o que parece ferrugem, na maior parte das zonas é sujidade acumulada.
O meu sogro tentou salvaguardar que ao longo do tempo os metais ficassem protegidos por camadas de óleos para não ganharem ferrugem.






Cheguei a ver em tempos um anuncio no OLX com uma que me parece ser a mesma base, mas desta vez a original FAMEL.
(a maior ou unica diferença que encontrei foi o velocímetro no farol da frente com formato diferente)




E com a moto na minha posse, deu-me vontade de a recuperar e transformar, uma tentativa de entrada no mundo das "Cafe Racers" mas para pobres (julgava eu que fosse mais barato...)
Fiz na altura uns quantos esquissos, algumas ideias (de pormenores) que entretanto já vi replicadas muito recentemente em modelos da Ducati e da Harley Davidson.
O único esquisso que cheguei a digitalizar foi este, o estudo do deposito e guiador, mas vou tentar procurar o caderninho onde fiz os "bonecos"...


Também encontrei uma forma engraçada de personalizador o resultado final, "a minha marca":


©2013, 2low

Pretendo em 2019 retomar este projecto e que consiga ter o resultado final rapidamente!


JoãoPVCarvalho:
Honestamente e tendo em conta o estado de originalidade em que a mota se encontra... Se fosse minha, recuperava e mantinha-a de origem, já vi coisas dessas a valerem 3 e 4k€.
Como café racer, bem, terás sempre o prazer de a transformar mas vai perder todo o valor comercial para apenas parecer uma café racer.

Encontras no mercado de usadas vários modelos baratos, com vários anos de idade e poucos quilómetros rodados e motorizações bem mais interessantes para converter num projeto café racer com verdadeira alma de racer...

Só a minha opinião.

Sapiens21:
Bem...nota-se que o tempo a atacou bastante nos metais.
Mesmo com os cuidados que terá havido para o evitar.

A recuperação é capaz de envolver muitas horas (e dias) e...claro, algum dinheiro. Felizmente parece estar intacta, apesar da ferrugem disseminada.

Esse símbolo (marca personalizada) está mesmo muito porreiro. Gosto.  :nice:

Moto2cool:
Espero que a recuperes e a possas ceder para exposições, mas recuperar motas tem um custo elevado associado, em dinheiro e em tempo

2low:

--- Citação de: Moto2cool em Dezembro 05, 2018, 21:32:59, 21:32 ---Espero que a recuperes e a possas ceder para exposições, mas recuperar motas tem um custo elevado associado, em dinheiro e em tempo

--- Fim de Citação ---

A 1ª fase vai ser fazer revisão à parte mecânica e colocar a motorizada a funcionar e colocar pneus...
A 2ª fase vai ser a parte mais demorada... pinturas e pormenores

Inicialmente cheguei a pensar em ser eu a fazer o trabalho, em que inclusive já tinha um manual de todos os passos que iria fazer, incluindo esquemas de pintura (mas na altura falava-se que pintura de spray ficava optimo...)
Quem vai fazer a recuperação e transformação da minha motorizada é o meu mecânico.

 :ok: :convivio:

Navegação

[0] Índice de mensagens

[#] Página seguinte

Ir para versão completa