As relíquias de outros tempos (Motos/scooters com +30 anos) > Fotografias da relíquia que mora lá em casa...

Norton 500, 1948

(1/3) > >>

miscaro:
A minha mais velha - 71 anos! Quero ainda este ano restaurar esta menina, está a andar, é só colocar gasolina, mas precisa de uns restauros para ficar como originalmente veio ao mundo.   

[url=https://ibb.co/MSDHwf7]



[/url]

Sapiens21:
Fantástica... :tirarchapeu:

Qual a história dessa moto?
Foi adquirida por algum familiar teu e passou para as tuas mãos recentemente?

Já agora, se me dizes que a pintura desse depósito é ainda a original, fico (ainda mais) impressionado.  :nice:

miscaro:

--- Citação de: Sapiens21 em Agosto 26, 2019, 17:54:06, 17:54 ---Fantástica... :tirarchapeu:

Qual a história dessa moto?
Foi adquirida por algum familiar teu e passou para as tuas mãos recentemente?

Já agora, se me dizes que a pintura desse depósito é ainda a original, fico (ainda mais) impressionado.  :nice:

--- Fim de Citação ---

Foi adquirida pelo meu pai prá aí há 30 anos, comprou-a a um particular que não lhe estava a dar o devido valor. O meu pai restaurou-a, nos primeiros anos lembro-me que ainda demos grandes voltas, nunca nos falhou, eu deveria ter uns 10 anos e já ía atrás com ele. Outros tempos. Depois começou a ficar encostada, não como sucata, mas como relíquia, sempre foi um orgulho, sem preço. Com os anos foi ficando, entretanto o meu pai faleceu, e fiquei sem quem tratasse dela. Apenas a ponho a trabalhar uma vez por ano só para ouvir aquele ronco. Sabia o que tinha em casa, estimei sempre muito a mota, nunca pensei sequer em vendê-la, mas nunca liguei muito a motas, era mais carros, até há 3 anos... Ainda não percebi porquê comecei a pesquisar e a ler tudo que tinha a ver com motas, decidi que queria ter uma. Isso aconteceu poucos meses de ter sido operado ao coração - correu bem :) . Um dos objectivos que tinha quando entrei no hospital era sair de lá e comprar uma mota, se tal acontecesse era sinal que tinha corrido bem. Assim foi, comprei a cb500x (por isso é que me diz muito esta mota). A partir daí o bichinho das motas entrou em mim e nunca mais quis sair. Toda esta história para dizer que finalmente, e agora que vejo as motas de outra forma, vou restaurar esta menina, pô-la como deve ser, como era originalmente. Deve precisar de várias afinações e correções, já falei com um senhor de S. Pedro do Sul, conto até ao final do ano levá-la lá. Quero para o ano passear com ela, é um crime estar lá arrumada. Só ainda não o fiz porque entretanto comprei a AT... Mas deste ano não passa.
O depósito foi pintado, a pintura original não é esta.
Desculpa o texto longo, foi só para contextualizar e para perceberes o porquê de a mota estar assim   :) 

JViegas:
Gostei de ler. Obrigado pela partilha da tua experiência.

Existem determinados momentos na nossa vida que relativizamos tudo e começamos a dar valor a outras coisas, certo?

Espero que consigas recuperar a Norton como pretendes. Não esmoreças pois queremos ver essa máquina mais vezes.  :nice:

Sapiens21:
 :nice: :nice:

Fazes bem em mantê-la contigo e dar-lhe "nova vida" com o restauro.

Imagino que um restauro coincidente com uma moto dessas e com a idade que tem, não será nada barato.

Mas caramba...tens aí algo muito especial.  :)

Vai-nos mantendo actualizados sobre todo o processo.  :nice:

Navegação

[0] Índice de mensagens

[#] Página seguinte

Ir para versão completa