Autor Tópico: A Honda para adultos  (Lida 7138 vezes)

Julho 22, 2016, 21:22:19, 21:22
Lida 7138 vezes

pedroareias

  • Visitante
A Honda para adultos tem nome: CB1300.

Podemos continuar a brincar com legos ("brum-brum" "pi-pi") ou então enfrentar a realidade.

Basta olhar para a pintura (provavelmente material PPG de top) para perceber a diferença...




Julho 22, 2016, 22:42:53, 22:42
Responder #1

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Pelo que sei, sempre tiveste uma "paixoneta" por este modelo da marca.

No Japão existe um enorme culto em torno desta máquina e que actualmente só será superado pelo Pokémon Go.  ::P:

"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Julho 22, 2016, 23:41:03, 23:41
Responder #2

João_Santos

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1908
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: CB500X
  • Localidade: Coimbra - Viseu
Esta deixa água na boca a qualquer um. Olhar para aquele motor até arrepia.

João  :scooter: :scooter:

Julho 25, 2016, 14:51:53, 14:51
Responder #3

Sal

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 653
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Grupo Motard - Amigos do Caneco
Minha mae...
Coisa mai linda  :love0001:

Julho 25, 2016, 14:58:33, 14:58
Responder #4

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2098
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Não me importava mesmo nada de ter uma dessas.  :stuck_out_tongue_winking_eye:

Julho 25, 2016, 15:19:56, 15:19
Responder #5

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
A avaliar pelo bom feedback dado, é pena não se vender por cá (Europa).

Mas talvez por encomenda junto da marca e com a dose certa de inc€ntivo... ;)
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Julho 25, 2016, 20:57:06, 20:57
Responder #6

mneves

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2465
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Sim é de deixar qualquer um de cabelos no ar,e aquele vermelho para mim , adoro
membro numero 16

Julho 27, 2016, 11:00:30, 11:00
Responder #7

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2098
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Já são muito poucas as máquinas deste pedigree que ainda se podem ver nas estradas.

O custo de aquisição deve ser tido em conta numa perspetiva de durabilidade e posse de um modelo icónico. Algo para se ficar "agarrado" por boas dezenas de anos.

Linda.

Outubro 19, 2017, 13:08:56, 13:08
Responder #8

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
O pedroareias talvez venha a ficar entusiasmado ao tomar conhecimento disto...  :D
Mais ainda ficaria se acaso se soubesse que viria para a Europa, o que sinceramente duvido.

Mas no pressuposto que tal aconteceria, era capaz de ser assunto sobre o qual ele adormecia, podendo mesmo vir a ter alguma "polução nocturna" ao pensar nesta imagem que segue mais abaixo.  :)


No Salão de Tóquio aguarda-se a apresentação da nova CB1300SB 2018.



É um render de uma publicação Japonesa, mas que pode estar extremamente próximo da real.


"The media site also reports that Honda may launch the 25th anniversary model of the 2018 Honda CB1300 SB in late October. The Japanese brand will showcase the 2018 Honda CB400 SF and the Honda CB1300 SB at the 2017 Tokyo Motor Show held from October 25 to November 5. Expect more details about the two motorcycles at the show."

https://indianautosblog.com/2017/10/2018-honda-cb400-sf-honda-cb1300-sb-rendered-led-lights-285621
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Outubro 19, 2017, 13:50:56, 13:50
Responder #9

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1519
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: VFR800 X
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
Bela máquina !  :nice: Gosto mais da versão com a óptica em redondo ! :ok:

Outubro 22, 2017, 10:53:28, 10:53
Responder #10

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
É questão de gosto, Luís.

Pessoalmente a carenada acho-a mais interessante.  :)

Relembro no entanto que a imagem acima é um rendering onde mexeram pouco mais do que os piscas em LED. Não se sabe como será em 2018, mas neste modelo a subtileza é palavra de ordem e é isso que a torna tão atactiva. No Japão é modelo de "adoração".
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Outubro 22, 2017, 11:14:38, 11:14
Responder #11

pedroareias

  • Visitante
Emissão nocturna? Mas estamos a brincar ou quê?

Neste caso é uma emissão diurna. Já vi várias com matrícula espanhola e é a única Honda que realmente me atrai.

É um bocadinho como uma Harley de top: ou se percebe a diferença nos materiais e acabamentos ou não se percebe e vai comprar-se rapidamente uma VFR800 (...) para poder gozar com as NC750X dos companheiros.

HBeiras: vê lá se gozas com esta como andas a gozar com as NC750. Só o barulho do motor desmancha-te o Tupperware todo  :lolol: :lolol: :lolol:.



É questão de gosto, Luís.

Pessoalmente a carenada acho-a mais interessante.  :)

Relembro no entanto que a imagem acima é um rendering onde mexeram pouco mais do que os piscas em LED. Não se sabe como será em 2018, mas neste modelo a subtileza é palavra de ordem e é isso que a torna tão atactiva. No Japão é modelo de "adoração".
« Última modificação: Outubro 22, 2017, 14:50:18, 14:50 por pedroareias »

Outubro 22, 2017, 12:15:26, 12:15
Responder #12

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Emissão nocturna? Mas estamos a brincar ou quê?

(...)

As minhas desculpas se me excedi, mas na verdade pretendia até expressar um pouco de humor em volta do teu conhecido gosto pelo modelo.

Na verdade e relendo, saiu-me mal...
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Outubro 22, 2017, 12:25:31, 12:25
Responder #13

pedroareias

  • Visitante
Sapiens21: estou a ver que não leste o post.

A existir é uma emissão diurna.

Será que o Mr. Moustache consegue vender uma destas por encomenda?

Outubro 22, 2017, 12:45:40, 12:45
Responder #14

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
 :nice: :nice:

Sobre o Mr. Moustache, acho que ele basicamente só colocaria a questão da praxe em cima da mesa: "Qual é a cor...?"

Esta CB1300 é de facto uma moto muito elegante. Percebo a tua atracção pela máquina (...e tudo o mais que te ocorra de forma diurna). :stuck_out_tongue_winking_eye:
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Outubro 22, 2017, 15:53:17, 15:53
Responder #15

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3424
É um bocadinho como uma Harley de top: ou se percebe a diferença nos materiais e acabamentos ou não se percebe e vai comprar-se rapidamente uma VFR800 (...) para poder gozar com as NC750X dos companheiros.

Top?
A pintura era equivalente á da Hornet... e a decoração são autocolantes por fora do verniz!
Materiais e acabamentos?
Aquilo são restos  que tinham lá na prateleira!

Se queres algo mais requintado e com equipamento premium é preferível olhares para as XJR que sairam em 2015... mas que entretanto acabaram por também não sobreviver ás emissões.


Outubro 22, 2017, 16:07:04, 16:07
Responder #16

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Algo me diz que poderá surgir daqui alguma linha condutora para o tema da real qualidade da pintura.
Ou não... :)
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Outubro 22, 2017, 17:14:49, 17:14
Responder #17

pedroareias

  • Visitante
DFelix:

O motor e a maioria dos componentes não são partilhados com mais nenhum modelo da Honda.

Os autocolantes estão por baixo do verniz e a pintura é gabada em todos os fóruns (da 1000 e da 1300) como "old school Honda".

De qualquer forma, para não dizeres que ando a ler coisas na internet, já vi uma de 2005 na MotoDiana e a pintura era normalíssima e já vi um modelo mais recente (talvez 2013-2014) e é incrivelmente bem acabada. Na altura (CPM) postei as fotos.

As mais recentes são excepcionais em termos de fit-and-finish.

Outubro 22, 2017, 22:34:17, 22:34
Responder #18

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3424
Ó areias,

O motor é o da anterior "big one" com um bore kit e algumas actualizações... que por sua vez já era adaptação de outro existente.
Jantes e suspensões são duma qualquer geração da 900RR.
Não me apetece estar a pesquisar detalhes.

Tenho uma enorme simpatia pelos grandes inline-four japoneses... seja estas CB, XJR, GSX,  ZRX....
Vejo-as como o seguimento de algo que começou na década de 70 com a CB750 Four. E por isso... considero-as como representativas do legado destas marcas. Respect!
Infelizmente, tirando a Yamaha, as restantes são raras de encontrar a circular.

Destas CB1300 mais recentes as unicas vi foram as que estavam expostas numa Expomoto há já uns 4-5 anos atrás..
E achei aquilo... "normalíssimo". 
Dizer que são "excepcionais em termos de fit-and-finish"... é um bocado exagerado!

Metes uma XJR "equivalente" ao lado... e é como comparar m#rda com pasteis de nata!



 
« Última modificação: Outubro 22, 2017, 22:35:19, 22:35 por dfelix »

Outubro 22, 2017, 22:54:50, 22:54
Responder #19

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
(....)Destas CB1300 mais recentes as unicas vi foram as que estavam expostas numa Expomoto há já uns 4-5 anos atrás..
(....)

Com mais recentes só nos poderemos referir aos anos 2014-2017.

A anterior geração, com minimas actualizações ao longo do tempo, julgo que terá sido produzida entre 2005-2013 (um tempo de produção bastante dilatado fruto das actualizações de pormenor).

Já agora e não me querendo imiscuir num assunto que não domino, ainda assim e porque os olhos ainda vão funcionando relativamente bem, não posso deixar de olhar para a CB1300 e ver tudo menos "normal".



« Última modificação: Outubro 22, 2017, 22:59:14, 22:59 por Sapiens21 »
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Outubro 23, 2017, 00:24:15, 00:24
Responder #20

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3424
Com mais recentes só nos poderemos referir aos anos 2014-2017.

Tens razão.
Vi-as na FIL em 2014.
(Faz sentido, pois foi no ano da segunda edição do Art&Moto, em que alguns dos conteúdos estiveram lá expostos a convite da organização.)

Já agora... tirando o motor e braço oscilante, o que é que vês assim de "anormal" no modelo?

DFelix: tu leste o post?

Li.
E tu olhaste para a CB1300 com o mesmo sentido critico com que olhas para outras e as comparas a uma HD CVO?  :D

Não quer dizer que o bloco possa ser uma actualização da X4 e anteriores. Há quantos anos é que existe o bloco da CBR1000RR? É partilhado, neste momento, por mais alguma Honda?

Quem é que falou em CBR1000RR?  :)

Estou a ficar sem paciência para "ralhetes".

Podes mostrar os teus papers sobre motores? Onde é que estão?

Ralhetes?  :D

Mostras um cangalho como se fosse o pináculo do "fit and finish"...
E dei-te o exemplo duma concorrente directa da Yamaha, que nem sendo nada de especial, remete a CB1300 à insignificância.

Não é preciso ser engenheiro mecânico para perceber isso!
Basta olhar para o que está à frente dos olhos!

Eu olho para uma XJR e vejo equipamento premium (ohlins), vejo pinças radiais herdadas da R1, vejo bancos com detalhes e apontamentos costurados, vejo peças maquinadas em cnc (e algumas edições como a racer com apontamentos em carbono), vejo plásticos que se não fores lá com mão nem sequer percebes que são plástico sobretudo devido à qualidade de execução da pintura...

Eu olho para uma CB1300... e vejo algo que não difere da construção que a Honda fazia há 20 anos!
Atenção que não acho isso mau! Pois sempre gostei de motos velhas!
Sobretudo destes tijolos com rodas!

Agora vir um académico me tentar fazer crer que uma CB1300 transpira "fit and finish"... por favor...  :D

« Última modificação: Outubro 23, 2017, 00:56:38, 00:56 por dfelix »

Outubro 23, 2017, 10:02:32, 10:02
Responder #21

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
(....)
o que é que vês assim de "anormal" no modelo?
(....)

Não é preciso muito, na verdade.
Basta abrir o vídeo que postei e ver, tendo a capacidade de nos concentrar nos detalhes e alheando-nos da imagem "old school" do modelo em questão.

O trabalho de maquinação das peças (que estão praticamente todas expostas e não escondidas por tampas plásticas de qualidade duvidosa) é de um nível que não posso comparar áquilo que vejo na maioria das outras motos....a tal normalidade.

A tolerância dos painéis é mínima, o apuro e remate perfeito das peças mostra-se no vídeo de forma evidente, a pintura apresenta um acabamento superficial que só se vê em algumas motos mais caras...

O anormal não precisa de muito para se destacar do que é normal. Basta ser anormal em proporção suficiente...
Mas se numa mera tentativa de aproximação de vontades tomarmos então esta como normal, forçosamente terá de se olhar para a maioria como anormal...o que me parece extravasar mesmo algum tipo de artificialismo de palavras ou entendimento que tenhamos das mesmas.



"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Outubro 23, 2017, 16:56:01, 16:56
Responder #22

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3424
Basta abrir o vídeo que postei e ver, tendo a capacidade de nos concentrar nos detalhes e alheando-nos da imagem "old school" do modelo em questão.

Volto a dizer: Gosto bastante deste segmento de motos!
As naked sempre foram o meu segmento de eleição.
E até sou cliente do mercado mais "old school".

Do pouco que já conheco do CPMoto, até sou provavelmente dos poucos que chegaria a vias de facto com um cangalho deste género.
Sobretudo porque previligio imensos aspectos numa moto além dos consumos, manutenção, etc.

O que realmente me agrada na CB1300 não é só o facto ter imagem "old school". É ter também uma construção "old school".
Está mais perto do que os japoneses fazia há umas décadas atrás.
Uma abordagem diferente do "bonito" mas "plástico" para que têm caminhado.

Até compreendo que a paixão pela Honda (tão evidente no CPMoto) vos ofusque a vista! :D
Só que por vezes o que leio é tão surreal que fico a pensar se estamos a falar das mesmas motos!

Vou fazer um esquema do que me salta á vista quando olho para uma CB1300 destas mais recentes.



O que vejo ali é uma moto com uma construção perfeitamente "normal".
Pode ser substancialmente superior ás chinesas que estão habituados. Mas a anos luz do que se pode considerar "premium".
Segue o mesmo tipo de acabamentos de há 20 anos atrás.
Com tudo o que de bom e mau isso significa.

A CB1300 vale pelo que realmente é!
Um monstro cru, com uma construção tradicional e conservadora.  :nice:

Algo muito diferente do que vocês tentam fantasiar nela.
Encontrar maquinação de peças onde nem há peças maquinadas, ver tolerância mínimas em folgas que cabe um dedo, encontrar apuro e remate perfeito das peças...
Naaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa....

Se não percebes o que me refiro quanto a acabamento e detalhe... eu explico:



Isto é um depósito que independentemente da escolha dos materiais e método de fabrico, não exibe costuras nem rebordos. Tem excelentes detalhes seja na sua formas essencial como nas abordagem adoptadas para encaixar de forma adequada ("fit") no quadro, por exemplo.
A qualidade da pintura é soberba. A versão cinza rato ao vivo e com luz solar directa é fenomenal.



Isto é um banco que demonstra algum cuidado nas escolha de diferentes texturas e com um acabamento costurado. ("finish")
É uma peça que demonstra algum cuidado do ponto de vista de design. Não é apenas um elemento que pretende cumprir a sua função de sentar a peida. E como tal, semelhante no aspecto e materiais a uma extensa lista de outros modelos da mesma marca.

Podia ainda falar da escolha de equipamento premium...
Ou dum suporte de matricula em aluminio que demonstra algum rigor de execução ao invés de adoptar pelo tradicional "bacalhau".

Mas nem quero ir por aí...
Pois provavelmente vão interpretar isso como se estivesse a deitar abaixo a CB1300, quando a realidade acho que ela destaca-se precisament pelo que realmente é!

Para não ser desonesto voltei a usar detalhes da XJR.
Pois é um produto do mesmo segmento, produzida pelo maior rival japonês. 
E que sinceramente também não acho nada de transcendente.


Se querem uma Honda que revela um maior esforço por parte do construtor em oferecer "fit and finish" e equipamento premium?
Desviem a vossa atenção para as novas CB1100SF


(Gosto do pornenor da "exclusividade" das jantes)

Se depois do que apontei lá atrás na CB1300 olharem para esta e não perceberem as diferenças... façam o favor de visitar o optometrista mais próximo.  :D


Outubro 24, 2017, 13:49:47, 13:49
Responder #23

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
(....)
Vou fazer um esquema do que me salta á vista quando olho para uma CB1300 destas mais recentes.
(....)

Já pensaste que uma foto está sujeita a condições de luz e sombreados que podem baralhar por completo aquilo que te "salta à vista"??
E isto sem prejuízo de que estamos a falar de uma análise a certa distância, o que deixa um bocado a desejar...

Julgo que um vídeo aproximado como o que postei é bem mais fidedigno, mas pronto...estás com uma cisma e eu vou deixar-te continuar com ela.


(....)
Se não percebes o que me refiro quanto a acabamento e detalhe... eu explico:
(....)

Se explicaste, confesso que explicaste um bocado mal, pois apesar de adorar esta Yamaha (mesmo muito!), não deixo de lhe encontrar coisas que estranhamente deixaste escapar. E para que não haja confusão, utilizei as tuas próprias imagens. E sabes o que acho?? Estás pura e simplesmente a levar-me ao encontrar de defeitos estúpidos que muito provavelmente não passam de efeitos de luz ou pouco mais. Tal como fizeste na CB.






(....)
É uma peça que demonstra algum cuidado do ponto de vista de design. Não é apenas um elemento que pretende cumprir a sua função de sentar a peida. E como tal, semelhante no aspecto e materiais a uma extensa lista de outros modelos da mesma marca.
(....)

Aquilo que o meu amigo senta o que tem, a mim não me diz respeito.

O que te posso dizer é que não me importava de sentar o que tenho neste banco...sem me incomodar que lhe faltem "furinhos" ou costuras todas "pipis".




NOTA: Tens mesmo de ir ao almoço pá!!  :)
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Outubro 24, 2017, 14:22:42, 14:22
Responder #24

pedroareias

  • Visitante
CB1100?

Em todos os 'fóruns' das CB a 1100 tem sido alvo de crítica por não estar à altura dos pergaminhos da CB1300 em termos de qualidade.

Ferrugem, problemas de tinta a descascar, etc, etc... nem vale a pena escarafunchar.

Não é por acaso que no Japão os preços são bem diferentes:
http://www.honda.co.jp/motor-lineup/


PS: já agora, sabes qual é a solução para esses cordões de soldadura desastrosos na XJR? Poliéster pistolável. Ficam lisos como um rabinho de bebé com 3 ou 4 mm de poliéster em cima  :)
« Última modificação: Outubro 24, 2017, 14:47:10, 14:47 por pedroareias »

Outubro 24, 2017, 15:28:31, 15:28
Responder #25

pedroareias

  • Visitante
Esqueci-me: sobre os "fãs" da Honda.

Eu odeio quase todos os modelos Honda excepto a CB1300, a VFR1200 e a CrossTourer.

Quantas vezes critiquei e fui repreendido? Dezenas. Aliás estive quase a ser banido do CPM quando critiquei a NC de 2015. Há muitas testemunhas.

Continuo a achar a maioria dos modelos da Yamaha e Kawasaki (principalmente a partir aí de 2014) muito superiores em qualidade.

Outubro 24, 2017, 15:34:10, 15:34
Responder #26

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3424
Já pensaste que uma foto está sujeita a condições de luz e sombreados que podem baralhar por completo aquilo que te "salta à vista"??

Então a culpa é do barulho das luzes?   :D

A aresta em torno do depósito tem a ver com a forma está concebido.
Aquilo é união entre duas chapas prensadas. É a forma tradicional de fazer as coisas com tudo o que isso de bom e mau implica.
Na sua essencia não é muito diferente desta Hornet está aqui á minha frente!



Não me aborrece nada aquela aresta.
Pois gosto deste tipo de construção tradicional.
Não vou é defender que isto seja tenha um "fit and finish" épico... quando não é!

As novas CB1100RS por exemplo seguem já uma abordagem diferente...
Pois todos sabemos que as marcas oferecem aquilo que o mercado procura.  ;)

Quanto à XJR, fui bastante explicito que não acho a construção nada de transcendente.
Tal como indiquei que tentei não ser desonesto e mantive-me dentro da oferta nipónica.

Posso te enumerar um conjunto de coisas na XJR que considero ainda mais chocantes que as que indicas!  :D
Ainda assim, continuo a olhar para ela e vejo um produto substancialmente mais refinado em todos os aspectos.

O que te posso dizer é que não me importava de sentar o que tenho neste banco...sem me incomodar que lhe faltem "furinhos" ou costuras todas "pipis".

Sabias que é perfeitamente possível se gostar duma coisa e ainda assim ter sentido critico, certo?

btw... até esta PCX que está aqui à minha frente tem costuras meio "pipis"!  :D



Em todos os 'fóruns' das CB a 1100 tem sido alvo de crítica por não estar à altura dos pergaminhos da CB1300 em termos de qualidade.

Escrevi CB1100RS, pá!
A moto foi completamente reformulada para este 2017!  :)

Até lhe enfiaram suspensões e travões decentes!
E uma pintura que parece uma Moto Guzzi!
(há um tópico sobre ela aqui)
« Última modificação: Abril 05, 2018, 17:04:06, 17:04 por Limpinho »

Outubro 24, 2017, 15:52:44, 15:52
Responder #27

pedroareias

  • Visitante
Amigo DFelix:

Numa moto comercial esses detalhes menos bons no depósito são inevitáveis. Com um trabalho caseiro, cf.
ou
pode-se fazer um depósito irrepreensível.

Penso que o futuro será esse, ou seja "home-made" e feito para durar. 5 finas camadas: epoxy, poliéster, aparelho 2k, tinta top e um verniz "glamour".

Não vais ao almoço? Já pensaste em pintar a tua Ducati ou BMW (já não me recordo) com material topo-de-gama?


Outubro 24, 2017, 16:58:25, 16:58
Responder #28

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Dfelix, andas com um problema nos dedos desde há uns tempos para cá, que só o que fazes é mostrá-los.

Se acaso tens o síndrome de Münchhausen, fica descansado que fico com pena de ti... :)

Mas não sendo esse o caso, deixa que te diga que correres à rua para mostrar o dedo junto a uma qualquer moto que tenhas "à porta", é um bocado parvo. E repara que até estou a ser bastante simpático na palavra utilizada.


(....)
Quanto à XJR, fui bastante explicito que não acho a construção nada de transcendente.
(...)

Pois disseste, o que não deixa de se revelar um valente contra-senso...quando lá atrás a bajulaste em inúmeros detalhes e até equipamento. Para algo que segundo as tuas palavras não é nada de transcendente, tens uma estranha forma de elevar um produto e olhar para a qualidade de umas em detrimento de outras.

Estarei a ver um "picozinho" de inversão naquilo que apontaste aos outros no que toca à Honda.  :o
Nããã...não posso crer! :D

-------------------------------------------------------------

Repara que te acho um tipo impecável e que gostava mesmo de ter no meu restrito círculo de amigos. Estou mesmo a falar a sério!
Tens trazido para o fórum muita informação e estou a escrever sem farpas nem rancores do que quer que seja.

Espero que entendas e sem stress. :)

Fica bem.  :convivio:
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Outubro 24, 2017, 20:15:26, 20:15
Responder #29

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
O meu amigo quer música...mas eu não lhe a quero dar. :)

Estranhamente sinto algo postivo por ti e que não me leva a entrar nessa cena.

Mas que nada te impeça de continuar esse "processo tribal" em que te iniciaste recentemente. P.f. continua...
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Outubro 24, 2017, 22:22:31, 22:22
Responder #30

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1519
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: VFR800 X
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço


Estranhamente sinto algo postivo por ti e que não me leva a entrar nessa cena.


:???: :???: :???:

Outubro 24, 2017, 23:18:40, 23:18
Responder #31

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1519
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: VFR800 X
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço


Estranhamente sinto algo postivo por ti e que não me leva a entrar nessa cena.



Acredita, e mesmo fora de ironias, o sentimento é reciproco :)



Uiiii....  :o :o .. tou a 'sentir um clima' !  Por favor usem as MP e poupem-nos aos pormenores !  :D :D

Outubro 24, 2017, 23:28:42, 23:28
Responder #32

pedroareias

  • Visitante

Bate tudo certo:
O título 'para adultos'
O dedo convidativo do DFelix
O clima 'cosy' criado por 2 companheiros.

Ah... o innuendo do soft-porn no Cpmoto.



Estranhamente sinto algo postivo por ti e que não me leva a entrar nessa cena.



Acredita, e mesmo fora de ironias, o sentimento é reciproco :)



Uiiii....  :o :o .. tou a 'sentir um clima' !  Por favor usem as MP e poupem-nos aos pormenores !  :D :D

Outubro 24, 2017, 23:56:41, 23:56
Responder #33

Luis Salgueiro

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 1519
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: VFR800 X
  • Localidade: Sobral de Monte Agraço
E ainda não chegámos ao climax meus senhores.. :D

 mas por MP ...pleaseeeeee !  :D

Outubro 25, 2017, 02:29:02, 02:29
Responder #34

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3424
Numa moto comercial esses detalhes menos bons no depósito são inevitáveis.

Que detalhes?
Aquela coisa não identificada no depósito?
Não consigo perceber se é um defeito ou um reflexo.

Quanto aos videos... a sorte é que foste tu a colocar.
Se fosse eu, o sapiens arranjava forma de me provar que aquilo ali é um verniz estalado!  :D




Dfelix, andas com um problema nos dedos desde há uns tempos para cá, que só o que fazes é mostrá-los.

Apenas a apontar o detalhe!!!

Pois disseste, o que não deixa de se revelar um valente contra-senso...quando lá atrás a bajulaste em inúmeros detalhes e até equipamento. Para algo que segundo as tuas palavras não é nada de transcendente, tens uma estranha forma de elevar um produto e olhar para a qualidade de umas em detrimento de outras.

Qualidade dos materiais, qualidade da construção, detalhe e acabamentos são coisas completamente distintas.

Uma peça pode usar materiais de excelente qualidade, mas a dificuldade de execução resultar em algo tosco.
Tal como uma peça pensada para determinado nível de detalhe pode perfeitamente ser produzida em plástico para facilitar a execução e recorrendo a bons acabamentos ter no fim melhor aspecto que a anterior.

Sinto que me estou a repetir, por isso não vou estar aqui a divagar sobre o tema... :)

Ah... o innuendo do soft-porn no Cpmoto.

Vou me lembrar disto sempre que voltar a ler comentários sobre o almoço...

Outubro 25, 2017, 11:02:16, 11:02
Responder #35

HBeiras

  • Visitante
Estão finalmente a sair do armário?

Novembro 28, 2017, 09:56:15, 09:56
Responder #36

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2098
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Este post é dedicado ao companheiro pedroareias.


Janeiro 12, 2018, 10:52:54, 10:52
Responder #37

pedroareias

  • Visitante

Só agora é que vi! Obrigado.

Queria recordar que a pornografia é proibida no CPMoto.  :lolol:

Este post é dedicado ao companheiro pedroareias.



Janeiro 12, 2018, 11:56:21, 11:56
Responder #38

carlos-kb

  • Visitante
A julgar pelo desenho geral da moto, especialmente da traseira, da óptica e da semi-carenagem.... devem ter ido buscar uns desenhos que tinham ficado esquecidos numa qualquer gaveta, desde 1998.
Qualquer semelhança com uma Diversion 900, terá sido mera coincidência?  :confused:

Ahhhh.... é para parecer uma revivalista e por isso lhe espetam com mais uma designação histórica da Honda (Bol D'Or) :pensador:??? É que nem parece ter saído do mesmo "departamento" disto:




Janeiro 12, 2018, 12:12:28, 12:12
Responder #39

pedroareias

  • Visitante
Ilustre Carlos-Kb:

Nesta religião CP-Moto é permitido tudo. Tudo menos pôr em causa o monstro sagrado que é a CB1300.

No Japão tem um culto próprio e foi das últimas Honda com qualidade à antiga.

Se vires uma ao vivo de 2012 ou um ano posterior percebes. O Dfelix também está sempre no gozo porque ainda não viu.

Janeiro 12, 2018, 12:19:14, 12:19
Responder #40

carlos-kb

  • Visitante
Nesta religião CP-Moto é permitido tudo.

Ainda bem que eu não sou religioso!  :D

Tudo menos pôr em causa o monstro sagrado que é a CB1300.

Monstro sagrado??? Sacralizar uma cópia de arestas limadas da Big One, é quase como dizer-se que a IURD é a representante fiel e legítima da doutrina cristã!   :)

Janeiro 12, 2018, 12:45:21, 12:45
Responder #41

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3424


Tudo menos pôr em causa o monstro sagrado que é a CB1300.

..o "mono" sagrado que é a CB1300.

No Japão tem um culto próprio e foi das últimas Honda com qualidade à antiga.

Isso do "qualidade à antiga" pode ser interpretado de muitas formas.

De uma perspectiva optimista está a robustez da construção...
De uma perspectiva pessimita estão inumeros detalhes e acabamentos toscos... alguns do quais enumerei atrás.

O Dfelix também está sempre no gozo porque ainda não viu.

Vi-as na FIL há uns 4-5 anos atrás.
Correndo o risco de me repetir... Gosto da moto! Só não vejo argumentos para a considerar como algo sagrado.
É uma moto cujo valor está mais associado ao legado da marca e à tradição da industria japonesa que propriamente ao produto em si.


Janeiro 12, 2018, 13:05:58, 13:05
Responder #42

pedroareias

  • Visitante
Não vamos entrar nesta discussão outra vez.

Até porque as discussões são fúteis.

Posso dizer-vos o seguinte: um colega meu comprou a nova CB1100RS, vejo-a todos os dias, e apesar de durante o 1º minuto eu ter ficado fascinado, comecei a olhar com "olhos de ver" e não me convence.

Peço desculpa. Entre a CB1100RS e uma CB1300 ou até uma Harley Roadster, eu prefiro estas duas últimas.

Nos fóruns UK das CBs a CB1300 era altamente considerada em termos de durabilidade e qualidade.

Vocês acham que não, pronto. Eu também não sou "maluco" e sei que não é uma CVO, mas gosto e nas Honda para mim foi das melhores.

É assim: uma CrossTourer também tem muita qualidade, mas há cedências. Sobre a VFR1200 que o Carlos tem, francamente ainda não tenho opinião, mas presumo que seja sensacional.

Esta é boa e nos fóruns temáticos todos afirmam isso.

Janeiro 12, 2018, 13:39:13, 13:39
Responder #43

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13332
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
(...)
É assim: uma CrossTourer também tem muita qualidade, mas há cedências. (....)

A grande cedência que lhe teria de fazer para alguma vez adquirr uma....seria fechar os olhos à altura desmedida e esquecer um peso - relevante quando parada - que achei absurdo. Fora isso (e que é muito), gostei da moto e da força do motor.


(.....)
Esta é boa e nos fóruns temáticos todos afirmam isso.

Infelizmente não posso falar da mesma com real conhecimento de causa.  :(
A raridade da mesma em PT (e não só), creio que a consegue tornar ainda mais difícil de encontrar do que uma DN-01...  :D


"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Janeiro 12, 2018, 14:05:15, 14:05
Responder #44

pedroareias

  • Visitante
Antes que pensem que estou a "desdenhar" a CrossTourer por falta de papel ou problemas no cotovelo,
as cedências que vi no Test-Drive que fiz são:

i) Alguns plásticos pretos que desbotam com o tempo.

ii) Utilização de materiais pesados e um peso consequente.

iii) Alguma rigidez na suspensão traseira.

Se adoraria ter uma? Claro! Mas há outras de que gosto mais. Preferia uma Triumph Tiger Sport... [ok é desta que vou ser expulso].

Janeiro 12, 2018, 15:58:41, 15:58
Responder #45

carlos-kb

  • Visitante
Sobre a VFR1200 que o Carlos tem, francamente ainda não tenho opinião, mas presumo que seja sensacional.

Sensacional? Não deixa de ter os seus "quid pro quo".

Curiosamente uma das coisas porque toda a gente mais a critica (muitos apenas por mera suposição, sem nunca terem experimentado alguma) e que também antes de a ter me fazia alguma "comichão", que é o peso elevado (270kgs), acredita que se não fosse sabê-lo pela ficha técnica o anunciar, nunca diria que é uma moto que na realidade tem o peso que declara, tal é a facilidade com que se mexe, curva e manobra, seja em andamento, como parada.

Uma cena que detesto nela... a complexidade daquelas carenagens e a forma como as mesmas fixam, que obrigam a frequentes verificações se tudo está devidamente encaixado. Por outro lado, uma pequena vibração que ocorre mais ou menos pelas 3 mil rpm (que se nota sobretudo em cidade) e que me causa um audível ruído parasita no pára-brisas, sempre por volta deste regime. Com tempo tenho de desmontar aquilo e ver o que se passa (folga? desgaste? defeito? feitio?)

A embraiagem deslizante também é fixe e garante um acréscimo de segurança, mas tem um comportamento estranho, em andamento baixos e baixos regimes, com uns estalos à mistura.

O sistema de encaixe das malas laterais de origem também não é muito funcional, obrigando a alguma minúcia e recurso ambas as mãos, para "acertar" correctamente nos 3 pontos de fixação.

A travagem é de uma mordacidade impressionante. Mas o C-ABS requer habituação e entendimento de "como travar". Tenho a mota há cerca de 5 meses (e quase 4 mil km com ela), e ainda estranho algumas reacções em travagem, especialmente quando se quer uma melhor progressividade. Depois, já reparei que esta mordacidade tem um revés bem negativo... as pastilhas (que ainda por cima são 5 jogos de pastilhas, ao invés dos "tradicionais" 3, e lambem-se enquanto o diabo esfrega um olho).

Condução em cidade é para esquecer. A moto aquece bastante e está sempre a disparar a ventoinha. Mesmo nestes dias de Inverno que têm estado, basta apanhar uma sucessão de semáforos, e lá está ela sempre a "ventilar" o radiador.

Falta-me mexer a sério (e saber como o fazer) nas afinações das suspensões, pois noto que especialmente em mau piso, a mota tende a saltitar muito (já melhorou um pouco no ajuste de pré-carga, que é o mais fácil de realizar). Mas tenho de pesquisar melhor sobre isso, e ver para os meus 75 kgs quais os settings mais adequados.

Na realidade, a maior parte destas questões desaparecem em estrada aberta, habitat natural para esta mota, pois não é preciso travar com tanta intensidade / regularidade, e andam-se sempre em regimes mais elevados.

Janeiro 12, 2018, 16:32:19, 16:32
Responder #46

pjmartinho

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 796
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: ST1100
  • Localidade: Sesimbra
Falta-me mexer a sério (e saber como o fazer) nas afinações das suspensões, pois noto que especialmente em mau piso, a mota tende a saltitar muito (já melhorou um pouco no ajuste de pré-carga, que é o mais fácil de realizar). Mas tenho de pesquisar melhor sobre isso, e ver para os meus 75 kgs quais os settings mais adequados.

Na realidade, a maior parte destas questões desaparecem em estrada aberta, habitat natural para esta mota, pois não é preciso travar com tanta intensidade / regularidade, e andam-se sempre em regimes mais elevados.

Não percebendo nada sobre este modelo específico (VFR1200), fiz uma pesquisa na net sobre o assunto, e as configurações que encontrei parecem-me ser muito dispares para um condutor com peso entre os 75 e os 85Kg :napodeser:

SUGGESTED SUSPENSION SETTINGS    
FRONT    Spring preload-9mm of adjuster showing; rebound damping-6 clicks out from full stiff
REAR    Spring preload-13 clicks in from full soft; rebound damping-0.75 turns out from full stiff


https://www.sportrider.com/sportbikes/2010-honda-vfr1200f-other-half#page-14

enquanto, noutro lado,

Rear PSI 42. Front PSI 36.
Front rebound: 9 clicks out from full stiff (6 is the OEM setting)
Front preload: 3 lines showing (2 is the OEM setting)
Rear rebound: 1 1/2 turns out from full stiff (3/4 is the OEM setting)
Rear preload: 8 clicks from full soft (11 is the OEM setting)


http://vfrworld.com/threads/suspension-settings-dialing-it-in.46762/ embora este ultimo tenha testado diferentes configurações.

Condução em cidade é para esquecer. A moto aquece bastante e está sempre a disparar a ventoinha. Mesmo nestes dias de Inverno que têm estado, basta apanhar uma sucessão de semáforos, e lá está ela sempre a "ventilar" o radiador.

Noto o mesmo na ST1100 embora, nos dias de inverno mais frios, até serve para aquecer as pernas (sobretudo a esquerda, pois sai mais calor pelo lado esquerdo do que pelo lado direito) mas, no verão torna-se incomodativo. Em andamento "normal" (sem para/arranca) a ventoinha não dispara... aliás, o ponteiro da temperatura, nem chega a meio da escala.

Janeiro 14, 2018, 23:36:35, 23:36
Responder #47

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3424
Sensacional? Não deixa de ter os seus "quid pro quo".

Comecei a ler o teu texto entusiasmado convencido que estavas a descrever alguma experiência com a CB1300....  :D

Só quando algumas coisas deixaram de fazer sentido é que me apercebi que estavas a falar da actual melhor moto do universo e arredores!

 :D

Janeiro 15, 2018, 11:18:42, 11:18
Responder #48

carlos-kb

  • Visitante
Sensacional? Não deixa de ter os seus "quid pro quo".

Comecei a ler o teu texto entusiasmado convencido que estavas a descrever alguma experiência com a CB1300....  :D

Félix... Um expert do mais apurado em matéria de quotes, como tu és, e não deste conta que a resposta era precisamente um quote a algo que o Areias escreveu no seu post?

Só quando algumas coisas deixaram de fazer sentido é que me apercebi que estavas a falar da actual melhor moto do universo e arredores!
 :D

Epa... a moto é boazinha... mas também não exageres!
Nem eu (que tenho uma), a tenho em tão boa conta.  :D

Janeiro 15, 2018, 11:31:51, 11:31
Responder #49

pedroareias

  • Visitante
DFelix: quando apareceu em 2010, de facto a VFR1200 era uma das melhores à venda. Não tenho grandes dúvidas.

Havia as Tourer mais pesadas, como a FJR1300 e a GTR1400 (para além da ST1300) e depois as radicais ZZR1400, K1300S e Hayabusa.

A VFR1200 era de facto magnífica e com a opção do DCT, que nenhuma tinha (enfim  a FJR... não era igual).

As vendas foram o que foram por vários motivos.

Outra coisa, DFelix: a Kawasaki z1000Sx, que foi concorrente, está nos lugares cimeiros das vendas na Alemanha, Reino Unido, França, etc...

Portanto não é um segmento morto.
« Última modificação: Janeiro 15, 2018, 12:21:29, 12:21 por pedroareias »