Autor Tópico: Yamaha com turbo em desenvolvimento  (Lida 495 vezes)

Abril 11, 2019, 00:19:00, 00:19
Lida 495 vezes

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4115
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada


Com a recente (re)entrada da Suzuki nos motociclos com turbo, a Yamaha também está a desenvolver o seu modelo de idênticas características.
Aparentemente a base é uma naked, talvez a MT-07 pelo formato/proporção - já existem patentes registadas.

Em termos de motor, deverá ser utilizado como base o motor da MT-09 mas com menos 1 cilindro, passando dos 847cc para 565cc, sendo que o "tricilindro" dá assim origem a um "bicilindro paralelo com turbo".

A tendência de todas as marcas é mesmo apostarem neste conceito pois beneficia em parte a cumprir a nova norma Euro5, também com o desenvolvimento e introdução de tecnologias como "Variable Valve Timing" para garantir uma redução das emissões e ainda contar com a vantagem do próprio turbo reduzir e absorver o som produzido pela mecânica (a nova norma Euro5 também "regula" o ruido produzido…)

Fontes:
https://www.bennetts.co.uk/bikesocial/news-and-views/news/2019/april/turbo-yamaha-twin-under-development
https://motorrai.nl/turbomotor-euro-5-emissienorm/
(poderia colocar a revista motorrad mas como eles agora são tão egoistas...)

« Última modificação: Abril 11, 2019, 00:20:12, 00:20 por 2low »


"Coragem é saber o que não temer.", Platão
"Se uma scooter é um aspirador, quantos sacos gasta aos 100?", Alguém

Abril 11, 2019, 08:12:21, 08:12
Responder #1

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 17186
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Poderá ser claramente uma das tendências da próxima década, enquanto os motores de combustão dão "o último suspiro". As apertadas emissões a isso levarão.

No passado existem exemplos de algumas marcas que já tiveram motos com turbo, mas nunca como hoje numa perspectiva igualmente de controlar as emissões a níveis cada vez mais baixos, sem sacrificar as prestações.

As marcas têm de procurar alternativas. Os engenheiros de motores se calhar nunca estiveram tão focados, como no presente, no desempenho do bloco que desenvolvem, tornando-lhes também desafiante o encontrar da melhor maneira de um modelo se tornar agradável de conduzir, sem "perdas" face a uma geração anterior...e com as emissões ali bem estranguladas ao mínimo possível, num certo ponto de equilíbrio.
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Abril 11, 2019, 09:58:14, 09:58
Responder #2

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3228
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Huummmm
Uma MT ou Tracer com turbo... motor CP2 ou o CP3.

Uiiii  :smiley:

Abril 20, 2019, 18:05:07, 18:05
Responder #3

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 17186
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
É algo que se ouve/lê desde há algum tempito de diversas marcas (falo de um passado recente), mas nos últimos anos só mesmo a Kawasaki avançou com algo, parece-me.

No passado havia mais recurso a Turbos...e nalguns casos faziam questão de o mostrar de forma muito clara.

"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Abril 20, 2019, 19:24:38, 19:24
Responder #4

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4115
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
O Kit Turbo disponível oficialmente pela Yamaha para se instalar ou substituir o existente num daqueles "kart cross" (YXZ1000R) da própria marca, tem um preço ~8150€.
https://www.yamaha-motor.eu/pt/pt/products/accessories/accessories-overview/gytr-turbo-kit--sport-shift-model-/b57-e46f0-v0-00/
O preço, neste caso, torna-se quase proibitivo mas pode significar que tanto a Yamaha como qualquer outra marca têm capacidade de desenvolver e vender Kits para qualquer moto - obviamente que têm de perder tempo a ajustar e afinar a cada modelo… É pena que não o façam…

Entretanto… apareceu recentemente uma Niken com turbo… o desenvolvimento chegou mesmo a um modelo mas de forma "não oficial"...
https://motomais.motosport.com.pt/destaque-homepage/yamaha-niken-turbo-uma-preparacao-brutal-dos-australianos-trooper-lus-garage/

Apesar de só agora andar tudo "sobressaltado" com esta noticia, a Yamaha patenteou algumas normas relacionadas com a utilização de turbo, precisamente já em Junho de 2017.
Contudo... com as exigências ambientais traduzidas em normas que aí vêm... obviamente que quase de certeza que a Yamaha lançará também o seu modelo ou mesmo vários modelos com turbo, tal como a Suzuki já fez recentemente... aparentemente o turbo têm grande importância na redução de emissões e associando a redução de cilindrada, teoricamente haverá menor consumo combustível e de produção de gases nocivos.
Não é de estranhar esta "logica" uma vez que aconteceu precisamente isto nos veículos ligeiros, se bem que... com vários desenvolvimentos, as marcas, também chegaram à conclusão que para terem realmente ganhos em termos de redução de emissões sem perderem desempenho e performances dos motores, há limites quanto até onde podem reduzir na cilindrada...




"Coragem é saber o que não temer.", Platão
"Se uma scooter é um aspirador, quantos sacos gasta aos 100?", Alguém

Abril 21, 2019, 02:19:44, 02:19
Responder #5

Scooterado

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 128
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Tmax 530 será que vem aí uma Tmax600 ?
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: TMax 530
  • Localidade: Parchal-Lagoa-Algarve
Hehe,........... Vai Vir ( Ahh "Granda" Futre.... ) aí uma Tmax Turbo :pensador: :cool:
Estou a ver que, qualquer dia destes também algumas motos/scooters irão ser banidas dos centros das cidades.
1 abraço
Scooterado  :scooter:

Abril 21, 2019, 09:33:12, 09:33
Responder #6

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 17186
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Só se acaso acontecer aquilo que já ocorre em Londres e onde a área vai ser alargada dentro de poucos anos (ultra-low emission zone).

Não excluo que Portugal não venha a implementar esse tipo de medida no futuro (da mesma forma), mas até lá é capaz de levar tempo...e não ser uma área tão grande como a prevista em Londres. Aliás, para ser usada essa área, têm de por lá pagar um custo diário de £12.50.  :o

"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Abril 21, 2019, 10:01:11, 10:01
Responder #7

SJP

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 130
  • Marca Motociclo: yamaha
  • Modelo Motociclo: Tmax
  • Localidade: Oeste
Vejo com alguma preocupação este caminho. Nos carros é uma desilusão. Motores de três  cilindros, com cilindradas muito baixas, totalmente dependentes do turbo para terem uma performance aceitavel.

Claro que para andarem tem que se puxar pelo turbo e aí adeus baixos consumos.

Já  experimentei e não  gostei. Tenho um carro com turbo mas, com quatro cilindros, 1.6cc e a gasóleo.

Relembro o que alguém me disse, durante os anos 80, quando apareceram os primeiros turbos. Não  existe nada que substitua  a cilindrada.

Experimentem um 6, 8 ou 12 cilindros e comparem com umitor com turbo.

Janeiro 12, 2021, 12:34:05, 12:34
Responder #8

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 4115
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
Quase 2 anos depois surgem novos rumores que a Yamaha continua a desenvolver uma motorização com turbo, desta vez com confirmação que deverá ser mesmo com o motor da MT09 (usando a base da moto MT10), fazendo com que reduza significativamente os gases nocivos (euro5/6) e por outro lado levando a que esse motor acabe por ganhar uma potencia de 180cv...  :o :tirarchapeu: :yeah:

"Tudo isso é alcançado com uma redução de 30% nas emissões de CO2 em comparação com motores igualmente potentes e normalmente aspirados, enquanto as emissões de NOx e de hidrocarbonetos são menos de 50% do máximo permitido pelos últimos regulamentos de emissões Euro 5."  :tirarchapeu:

O mais recente prototipo em que a Yamaha tem "estudado este tipo de motorização" é precisamente uma MT10 mas com motor da MT09, o 3 cilindros que recentemente também acabou por subir um pouco de cilindrada...

As informações não confirmam contudo que esteja previsto mesmo mesmo uma MT09 turbinada mas confirma que a Yamaha continua a estudar este tipo de motorização e que quase certo que terá modelos futuros com estas características...

nota: recentes patentes apenas demonstram utilização de um 3 cilindros e de corpo cilindro/piston de dimensões superiores ao normal



"Coragem é saber o que não temer.", Platão
"Se uma scooter é um aspirador, quantos sacos gasta aos 100?", Alguém