Autor Tópico: Honda cb125r  (Lida 557 vezes)

Junho 24, 2019, 11:16:46, 11:16
Lida 557 vezes

Amaro cb125r

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 4
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Coimbra
Bom dia a todos (as)!
Sou novo no fórum. Vou comprar a minha primeira moto e após várias pesquisas estou bastante inclinado para uma Honda cb125r. Algum defeito a apontar a esta moto? Acham 9 preço exagerado? É principalmente para andar na cidade, casa trabalho, nas calmas, mas acham que dá para dar uns "giros" com a namorada atrás?
Obrigado desde já

Junho 24, 2019, 12:07:39, 12:07
Responder #1

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2516
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Olá Amaro e bem vindo a este espaço.

Relativamente à tua pergunta, a CB125R surgiu à pouco tempo no mercado com aquele "imaginário" da Honda Neo'Sport Café, existirão poucas ou nenhumas informações, de proprietários, sobre a máquina, ou que pelo menos a partilhem.
No entanto atendendo a outros exemplos: a manutenção e consumos serão algo muito baixo, desde de cumpridos os limites da máquina e os tempos de revisões.

Para as voltas na cidade e mais além (porque a mota vai até onde queremos) serve perfeitamente.

O conforto para o pendura é que poderá estar comprometido.
Este tipo de motas: naked, está algo limitado quanto ao espaço para pendura:ou por ser demasiado pequeno ou demasiado inclinado (no caso das motas desportivas).

Se numa viagem citadina, para passearem, ir ao cinema, comer qualquer coisa num restaurante à beira mar, ir a qualquer lugar não muito longe, poderá ser fácil de aguentar os dois e sem calmas, evitando vias rápidas, poderão ter uma boa experiência.

A questão será quando ganharem "calo" nestas andanças e irão querer mais, ou ir mais longe, em que o conforto e a limitação do motor poderão condicionar de certa forma o vosso conforto.

De resto, e na minha opinião (que gosto muito do modelo visualmente) não hesitaria em escolher este modelo. No entanto, é sempre bom, irem os dois, sentarem-se, ver como se sentem em cima do modelo. E se possível conduzir: experimentar primeiro a solo e depois com a pendura, para ver se a mota será a ideal para o que vocês querem/precisam.


Junho 24, 2019, 12:42:49, 12:42
Responder #2

Amaro cb125r

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 4
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Coimbra
Muito obrigado pelas dicas ;)
A mota é essencialmente para mim, para o dia-a-dia, mas claro, para uma deslocação de 20/30 km, pela Nacional nas calmas, so dar um passeio de acho que viável para duas pessoas.

Vou comprar esta mota por ser esteticamente muito bonita e pela fiabilidade que acredito ter o motor sendo uma HONDA.

Não tenho bem ideia quanto paga isto de IUC... Faz alguma ideia de quanto possa ser?

Junho 24, 2019, 12:46:11, 12:46
Responder #3

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 14263
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Para deslocações, como tu própria indicas....nas calmas e para fazer cerca de 20Kms em Nacional, para quem não pretende sair das 125cc é uma boa opção.

Quanto à questão do IUC, estás isento...

Aliás, até se tivesses uma com até 250cc aconteceria o mesmo.

Depois oportunamente apresenta-a por cá.  :nice:
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Junho 24, 2019, 12:55:25, 12:55
Responder #4

Moto2cool

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3717
Sinceramente acho o preço exagerado mas a mota é muito bonita :)

Já agora a Honda não é necessariamente a marca mais fiável, mas concordo que as japonesas são, por exemplo já debatemos isso aqui :
https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=2045.msg23565#msg23565
« Última modificação: Junho 24, 2019, 12:59:28, 12:59 por Moto2cool »
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Junho 24, 2019, 13:07:56, 13:07
Responder #5

Nuno YB

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 682
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: BT1100 Bulldog
  • Localidade: Evora
Para o uso que queres dar á moto, é perfeitamente capaz. A meu ver, o único problema será se ganhas o gosto e depois queres dar-lhe outro uso.

Como já disseram, qualquer moto vai a qualquer lugar, umas mais depressa e mais á vontade, outras menos. Mas uma 125, especialmente essa CB125R, não oferece grande conforto ao passageiro em trajectos mais longos. Se apanhas o "bichinho" dos passeios mais longos, cedo te vais aperceber disso.

A maior parte dos motociclistas iniciantes compram uma moto mais "pequena", apenas para as voltinhas do quotidiano ( não acho que façam bem ou mal, cada um sabe de si, da sua maneira de ser, da sua maneira de conduzir e de estar na estrada ). Depois... bem, depois apanham a febre a aquela motinha que serve perfeitamente para o quotidiano começa a ficar "curta" para ir até á praia, á terrinha dos avós, ao encontro dos amigos motociclistas, a uma ou outra concentração, etc.

Junho 24, 2019, 13:09:24, 13:09
Responder #6

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 14263
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
É um preço que, mesmo assim, a leva a ser proposta por algumas centenas de €'s abaixo de outras motos 125cc...

KTM Duke 125: 4.948,49€

Yamaha MT-125: 4 995,00€

Honda CB125R: 4.390,00€


A estes preços acrescem despesas....

Mas, sem ir para as marcas de Taiwan, provavelmente a Suzuki GSX-S125A ainda será a mais em conta.
Porém...caramba...aquela zona frontal deixa-me um pouco Je ne sais quoi:-X

LINK de tópico do modelo: https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=3201.0#top
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Junho 24, 2019, 13:43:09, 13:43
Responder #7

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2516
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Não é a Kawasaki (só para complicar as escolhas do companheiro Amaro) que está numa campanha qualquer com a naked 125 deles?

Dá uma vista de olhos por lá.

 :smiley:

Quanto à fiabilidade, a mesma é transversal à maioria das marcas existentes no mercado e que já cá andam há uns bons anos... e também é preciso ter sorte com o representante oficial, porque problemas todas trazem, não estão isentas, a questão é a forma como o representante resolve o "problema".


Junho 24, 2019, 13:49:52, 13:49
Responder #8

AdminD

  • Administrator
  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *****

  • 16
Bem-vindo companheiro, convido-te a fazeres a tua apresentação no separador de apresentação de novos membros.
Boas curvas e vai participando nos topicos  :cool:

Junho 24, 2019, 17:32:24, 17:32
Responder #9

tiagofo20

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 305
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: CB125F
  • Localidade: Guimarães
Amaro, se não é indiscrição, que idade tens?

Como já comentaram acima, como 125 é uma excelente mota, mas se lhe tomas o gosto e quiseres subir de cilindrada, eu pessoalmente compraria algo mais em conta para já.

Se tiveres idade para tirar a categoria A poderias comprar algo com um pouco mais algum músculo, tipo CB300R.

Também deves considerar até que ponto a tua namorada vai alinhar nas viagens de mota. Como mencionaram, esse modelo pode não ser a melhor opção a nível do conforto do pendura (nem do motociclista).

Enviado do meu Redmi 4X através do Tapatalk


Junho 24, 2019, 20:01:03, 20:01
Responder #10

Amaro cb125r

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 4
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Coimbra
Tenho 29. Mas a intenção não é mesmo tirar a carta A. A ideia é um meio de transporte alternativo ao carro que ela vai passar a usar mais. Assim invisto (tendo em conta que será paga a prestações) numa mota que, com o que poupo em combustível pago metade da prestação à vontade.

Não vou andar propriamente em passeio e concentrações, por enquanto pelo menos, até porque a disponibilidade não é assim tanta.

Não quero mesmo mais potência a curto médio, prazo! De mais tarde quiser, não me importo de ficar com a minha primeira 125, uma Honda cb125r, que há-de ter daqui a alguns anos bastante valor tendo sido bem estimada.

Obrigado a todos mais uma vez pela partilha de opiniões

Junho 24, 2019, 22:32:52, 22:32
Responder #11

Moto2cool

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3717
Tudo muito bem ponderado  :smiley: felicidades com ela
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Junho 25, 2019, 10:23:19, 10:23
Responder #12

danteMdie

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 69
  • Localidade: Porto
Já vi que tens uma opinião bem formada, mas mesmo assim vou deixar aqui o meu input, até porque há uns meses encontrava-me numa posição semelhante à tua.

Tal como tu, tenho 29 anos, queria um meio de transporte para fazer viagens curtas e aproveitar a nacional e eventualmente fazer alguns passeios mais calmos com algum pessoal da família que também tem motas. Note-se que até março deste ano o único veículo de duas rodas que tinha conduzido era uma bicicleta.

Ao contrário de ti, a minha "paixão" sempre foram motas do estilo de pista portanto fui para uma yamaha R125 (essencialmente é uma mini versão de pista) com os 11kw. Preferi comprar usada neste caso.

Passados 2 meses, os 11kw não são de todo suficientes. Subitamente já não chega andar a 50kmh em nacional e fazer ultrapassagens em auto-estrada é um pesadelo... Com a potência (ou falta dela) de uma 125cc, tens de olhar várias vezes (ênfase no várias...) até conseguires a garantia de fazer uma ultrapassagem com segurança, porque a partir dos 90kmh o desempenho já não é o melhor e em subidas é mesmo complicado...

Para a nacional continuo a conseguir divertir-me e aproveitar a viagem. Nem que queira acelerar um bocado tenho sempre alguma margem de manobra, mas as ultrapassagens são sempre complicadas devido à baixa potência. Em curva e contra curva, com uma 125cc é difícil arriscar uma ultrapassagem sabendo que vamos ter um S a seguir. Felizmente acho que tens a opção de ABS que ajuda imenso.

Cada caso é um caso, mas se tivesse tirado a carta e começado com uma 300cc (ou mesmo uma 500cc) tinha conseguido um meio de transporte mais económico do que o meu carro e ao mesmo tempo não sentiria grande falta de potência. Agora já ando a ver qual é a 600cc que vou comprar quando capitalizar a minha bolsa : p

Seja como for, uma mota é uma experiência. Mesmo com uma 125cc vais conseguir aproveitar os trajectos de uma forma completamente diferente.

PS - o IUC já não se paga até 300cc ao contrário de há uns tempos em que era até 250cc.

Junho 25, 2019, 15:56:32, 15:56
Responder #13

NFRod

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 100
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Também posso partilhar a minha experiência. Comprei uma 125cc em Novembro com 26 anos por ter carta B e percebi que é curto para mim. Estou a concluir a carta para depois comprar uma 650cc.

Se não tivesse comprado uma 125cc se calhar nunca ia despertar esse gosto por isso não digo que esteja arrependido. Diria só que me arrependo mesmo de ter comprado nova.

Se é economica? É, faz 1.8L/100km que é muito bom. Mas quando vou na A16 ou na IC19 que são estradas que faço com alguma regularidade não tenho força suficiente na mota para fazer ultrapassagens. Não tanto pela velocidade porque consigo 110/120. É preciso é ir embalado e se alguém for mais descansado (com todo o direito) e eu quiser ultrapassar já é difícil e se tiveres de abrandar então mais difícil se torna.

Uma das motas que pensei comprar foi a CB125R também. Mota muito gira mas depois pensei que se calhar era melhor gastar um pouco menos. Diria que para o segmento é uma mota cara, mas que comparando com as outras 125cc japonesas nem por isso.

E bom... Se tens carta de carro e tiveres um carro que ande +/- então aí é que vais sentir e muito a diferença e vais sentir que te falta qualquer coisa. É equilibrar.

Minha sugestão é comprares uma em 2ª mão mais baratucha e veres se gostas. Depois se gostares e achares que é suficiente avanças para a mota que gostavas mesmo de ter. Se gostares demasiado e não achares suficiente, tiras a carta e avanças para as gémeas CB300R, CB650R...

Junho 25, 2019, 18:26:41, 18:26
Responder #14

Amaro cb125r

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 4
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Coimbra
Malta, desde já muito obrigado por todas as opiniões. Já vale a pena comprar mota pela simpatia do fórum 😂

Acredito que possa vir a ganhar o "vizinho" e queira vir a ter mais CC... No entanto para começar continuo a achar ser o suficiente. A mota é lindíssima (para o meu visto. Acho que é uma naked com um toque retro! Aquele farol é qualquer coisa), é uma HONDA, vai ser paga em 42 meses o que financeiramente para mim é bastante viável.
Ao final desse tempo, com a mota bem estimada tenho capital activo, posso perfeitamente tirar a carta A e subir a cc se realmente despertar essa necessidade ;)

Quanto ao facto de ser 125cc, para o dia-a-dia de Coimbra é mais que suficiente, não faço auto-estrada no dia-a-dia e qualquer deslocação em passeio será para ir à Figueira (pela Nacional), à Serra da Lousã... Por aí...

Junho 26, 2019, 10:21:04, 10:21
Responder #15

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2516
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Se gostas da máquina...
Se consideras ser suficiente...
Se te é possível suportar a despesa da mesma...
...então força nisso...
Kms em cima dela...

Estima-a, faz-lhe uma rodagem tal como é recomendado no manual do proprietário, cumpre com o plano de revisões/manutenções e terás mota para uma vida inteira ou até que te dê na cabeça e vás tirar a carta A.

Vá... queremos ver fotos da menina e um diário de bordo.

Junho 27, 2019, 19:53:55, 19:53
Responder #16

Nuno YB

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 682
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: BT1100 Bulldog
  • Localidade: Evora
Já vi que gostas mesmo do estilo da CB e, para já, apenas te vais concentrar no quotidiano,

Acho que fazes bem, tomar experiencia e mais tarde passares para outra, se te agradar. Até porque, e como já disseram, podes ir subindo degraus nos cc, que a 125 é quase igual á 1000 ( esteticamente, claro ).

Junho 27, 2019, 20:25:35, 20:25
Responder #17

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 14263
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Boa sorte com a aquisição e depois quando a receberes, lembra-te aqui dos membros que foram postando e deixa por cá umas fotos.

Ah...e vai com calma, pelo menos de início. Segurança acima de tudo.  :)
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Junho 28, 2019, 02:06:09, 02:06
Responder #18

ThatsMe

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 420
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Benelli
  • Modelo Motociclo: TRK 502
  • Localidade: Porto
E guarda pelo menos 500€ para capacete, casaco, luvas e botas!

Junho 28, 2019, 10:00:34, 10:00
Responder #19

elpinto

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 48
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: Tracer 700
  • Localidade: Maia
Não ignores um testdrive. Se tiveres possibilidade faz o test drive, a moto é linda mas pode não ser ideal na posição de condução ou não te dar aquele feeling de ser o que procuras.

E depois é o que o @ThatsMe disse, não ignores (nem tentes poupar muito) tb no gasto em material de segurança.