Autor Tópico: Quando tu não tens experiência e vais tirar a carta ...  (Lida 568 vezes)

Agosto 03, 2019, 06:33:43, 06:33
Lida 568 vezes

MaryM

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 22
  • Sexo
    Feminino

    Feminino
  • Texto Pessoal
    Paixão sem possíveis explicações
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Braga
Olá, foi o tópico das `pernas curtas` que numa pesquisa descobri o vosso fórum.
Eu sou a Madalena, e desde miúda que tenho uma paixão inexplicável pelas duas rodas nomeadamente pelas de estrada...
No entanto, ao longo da minha vida suspirei e sonhei em não deixar esta vida sem viver o sonho de conduzir uma algures no caminho desta vida.
Este ano, quando fiz os meus belos 41 a pessoa com quem partilho a minha vida inscreveu-me para tirar a carta A só que na altura da inscrição a responsável da escola conhecia a minha paixão mas também a minha inexperiência e nada disse sobre isso.
Quando esta semana, na quarta feira entro na sala de código a instrutora que lá se encontrava perguntou qual a carta que iria tirar e quando disse ela teve este diálogo comigo...
- Tem a certeza que quer tirar essa carta??? respondi que sim.
-Tem experiência em andar de moto? Não, mas quando tirei a de ligeiros também não tinha e ensinaram-me.
-É que houve já muito boa gente a arrepender-se... e respondi que para saber isso tenho de vivenciar a situação.

Ainda por cima estou numa fase de mudanças na minha vida e ando mais ...sensível...mas mal eu imaginava que no dia a seguir vinha outra contrariedade...

Dia seguinte lá vou eu, entro na sala de código e a mesma instrutora me questiona se tinham falado comigo à entrada ...fiquei logo  :pensador: :pensador: disse que não, ela levanta-se e diz assim : Olhe esta menina é que é a Madalena! e pensei alto isto é grave já estou referenciada... :zangadoregras:  e fui convidada a sair da sala de código para ir à receção...
Deparo-me com uma senhora de uma idade avançada e apesar de ser muito prudente como a idade assim já o comprova ela fez algo que me envergonhou pessoalmente e me destabilizou...

Primeiro quis que eu fizesse alguns testes para ver como estava...ok
Depois levou-me à garagem e me apresentou as 3 motos , 125, 400 e 600...e meteu-me a sentir a mota mais pesada e não nego que fiquei surpresa com o peso da mesma...logo ali assustou-me.
Pus-me em cima da mesma e logo ali me senti insegura...conscientemente percebi que não teria destreza para subir e descer da mesma , porque ainda não disse mas tenho somente 1,57 cms sou uma branquinha baixinha...sou muito determinada mas o que aqui fizeram foi como quase se faz aos cavalos, foi quebrar-me apesar de dizerem que só me querem avisar.
Depois coloquei-me na 400 e ok já me senti mais segura. Lá me decidi a alterar a tipologia da carta...
Mas agora durante a noite, nem consigo dormir e só me apetece chorar porque o que eu sinto é que me querem dificultar...como posso fazer testes se nunca soube nada da moto em termos mecânicos? Como me podem avaliar logo se nunca ninguém me apresentou a mota e não a trato como tu?
Como é que vou fazer para subir aquela rampa da saída da garagem? e se durante a condução eu caio numa determinada subida e com a vergonha que vou sentir sou gozada?

O que procuro aqui é motivação! Eu gostava que alguém que sentisse nas veias o que estou a sentir neste momento e que me compreendesse e fosse um bom/boa samaritano/a e resida perto até se disponibilizasse a ser o meu /minha Mentor/mentora... sabem a vida é muito curta para haver quem nos corte as pernas dos nossos sonhos.
Já sou pequena em estatura...infelizmente para algumas situações mas com medos e receios que nos passam ninguém consegue caminhar sequer.

O que eu encontrarei aqui não sei, mas espero ter coisas positivas ...pelo menos pela paixão que une a quem aqui rola sobre rodas..  :stuck_out_tongue_winking_eye: :stuck_out_tongue_winking_eye:
« Última modificação: Agosto 03, 2019, 11:38:52, 11:38 por MaryM »

Agosto 03, 2019, 07:28:12, 07:28
Responder #1

Lourenço

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 293
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: SH125
  • Localidade: Lisboa
Olá. Independentemente de alguma preocupação com o cliente, legítima mas difícil de crer, se fiquei com o "retrato" fiel do tratamento eu ponderava duas atitudes:
1- Perguntava logo ali onde era a escola mais próxima.
2- Crescia dos meus 1,57 m de brancura baixinha para um tamanho tal que os punha a todos em sentido e a desejar que tudo corresse pelo melhor. Quando encartada e com a minha mota passaria na escola sem demora para convidar a senhora de idade avançada para… uma voltinha.

Não te preocupes; Existem muitas alternativas e bastaria observar no trânsito alguns/mas motards com tamanha desenvoltura e competência super concentradas em estaturas inferiores á tua.
Há motos/scooters para todas as estaturas, depende dos objetivos de cada um. Eu tenho 1,73 (também não sou grande coisa) e só por uma questão prática não pondero motas com banco a 0,94, não seria impossível mas pouco judicioso para a minha utilização predominantemente citadina. Por outro lado há motos/scooters que me "ficam apertadas".

Se tens carta B, porque não dar umas voltinhas numa scooter/moto 125, maneirinha, talvez com plataforma direita, com banco a menos de 0,80 e talvez acompanhada no inicio por um/a bom/a pedagogo/a?

Edito para isto:
Não desistas e quando conseguires o mais provável é teres ganho em varias frentes.  ;)
« Última modificação: Agosto 03, 2019, 07:34:19, 07:34 por Lourenço »
Boa estrada e sejam felizes.
Mais uma mota menos um carro.

Agosto 03, 2019, 07:50:31, 07:50
Responder #2

Moto2cool

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3474
Acredito que tivessem boas intenções na escola, aliás por defeito acredito que as pessoas fazem as coisas com boas intenções até prova em contrário, mas a abordagem foi desastrosa.
Existem motas ou scooters para quase todas as situações, por isso certamente encontrarás a mota certa para ti até teres mais confiança.
O que não percebi é porque tendo essa idade e carta B estás a tirar a carta A1.
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Agosto 03, 2019, 10:43:15, 10:43
Responder #3

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13278
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Fiz a minha intervenção no outro tópico sem me aperceber que aqui terias aberto tópico com a mesma informação.

Aproveito para dizer, para além daquilo que escrevi, que me bastou ter lido isto...

"(....)uma paixão inexplicável pelas duas rodas nomeadamente pelas de estrada.(....)"

...para saber que vais conseguir mesmo aquilo que pretendes, independentemente de eventuais dificuldades com que te depares.

É notória a determinação, apesar da forma como sentes ter sido recebida na Escola de Condução, num aconselhamento que não tomaste como o mais correcto.

E sobre a tua altura, devo dizer que é possível acrescentares uns centímetros sem problemas de maior.
Sim...é mesmo possível. ;)

Em tempos abri este tópico que muito provavelmente te vai captar a atenção e interesse:

LINK: https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=3670.msg45186#top
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Agosto 03, 2019, 10:49:33, 10:49
Responder #4

Nuno YB

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 488
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: BT1100 Bulldog
  • Localidade: Evora
Quando se põe a vista em cima de certas motos podemos ficar assustados. Eu fico, quando me meto ao lado de algumas. Ou pela largura, ou pela altura, ou pelo aspecto maciço. Em 99% dos casos, é um engano. A moto parada, e desde que se assente uma parte dos pés no chão, equilibra-se bem, independentemente do peso maior ou menor. Em movimento, só se nota o peso em certas manobras mais lentas.

Existe tanta oferta neste campo, que até os mais baixinhos arranjam algo para se sentirem confortaveis. E com isto não quero dizer que sejam motos baixas, já vi baixinhos em motas bastante altas. Acredito que nem todos terão o mesmo á vontade, mas isso já depende de cada um e não há nada como ir tentando várias.

Em primeiro lugar, tira a carta. Aconselhava a tirares a categoria que te permita conduzir qualquer uma. Depois... epá, se não tiveres alguem conhecido que te ajude na escolha, dá por aqui um saltinho e pede ajuda, que a malta gosta de ajudar.

Agosto 03, 2019, 11:42:26, 11:42
Responder #5

MaryM

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 22
  • Sexo
    Feminino

    Feminino
  • Texto Pessoal
    Paixão sem possíveis explicações
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Braga
Acredito que tivessem boas intenções na escola, aliás por defeito acredito que as pessoas fazem as coisas com boas intenções até prova em contrário, mas a abordagem foi desastrosa.
Existem motas ou scooters para quase todas as situações, por isso certamente encontrarás a mota certa para ti até teres mais confiança.
O que não percebi é porque tendo essa idade e carta B estás a tirar a carta A1.


Olá! Devia ser do sono e ainda bem que falaste nisso. É realmente a categoria A no entanto como essa categoria representa conduzir a 600 eles querem me convencer a tirar a anterior que corresponderá à 400... e como não tenho ninguém perto de mim que me motive, que tenha a mesma paixão que eu e tenho vergonha de andar lá a cair e já assim me tratam como um ser estranho talvez até aceite a de 400...

Só uma coisa, não quero parecer arrogante mas scooter’s para mim não considero como Mota... não quero ferir susceptibilidades mas...não me dizem mesmo nada... não corre adrenalina nas veias nem o coração acelera...😉
« Última modificação: Agosto 03, 2019, 11:46:57, 11:46 por MaryM »

Agosto 03, 2019, 11:52:58, 11:52
Responder #6

MaryM

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 22
  • Sexo
    Feminino

    Feminino
  • Texto Pessoal
    Paixão sem possíveis explicações
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Braga
Olá. Independentemente de alguma preocupação com o cliente, legítima mas difícil de crer, se fiquei com o "retrato" fiel do tratamento eu ponderava duas atitudes:
1- Perguntava logo ali onde era a escola mais próxima.
2- Crescia dos meus 1,57 m de brancura baixinha para um tamanho tal que os punha a todos em sentido e a desejar que tudo corresse pelo melhor. Quando encartada e com a minha mota passaria na escola sem demora para convidar a senhora de idade avançada para… uma voltinha.

Não te preocupes; Existem muitas alternativas e bastaria observar no trânsito alguns/mas motards com tamanha desenvoltura e competência super concentradas em estaturas inferiores á tua.
Há motos/scooters para todas as estaturas, depende dos objetivos de cada um. Eu tenho 1,73 (também não sou grande coisa) e só por uma questão prática não pondero motas com banco a 0,94, não seria impossível mas pouco judicioso para a minha utilização predominantemente citadina. Por outro lado há motos/scooters que me "ficam apertadas".

Se tens carta B, porque não dar umas voltinhas numa scooter/moto 125, maneirinha, talvez com plataforma direita, com banco a menos de 0,80 e talvez acompanhada no inicio por um/a bom/a pedagogo/a?

Edito para isto:
Não desistas e quando conseguires o mais provável é teres ganho em varias frentes.  ;)


Lourenço deixa-me que te diga que amei a tua resposta 😂😂😉

No ponto 1 já quando foi a B mudei de instrutor não vai haver tipo nenhum que me grite.
No ponto 2 excelente darias um mentor fantástico.
E obrigada por teres editado, de coração

Agosto 03, 2019, 12:24:21, 12:24
Responder #7

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2573
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
Começo por felicitar a tua vinda para o fórum e espero que pelo menos por aqui não tenhas esses mesmíssimos maus sentimentos que tens tido com a escola onde estás a pensar tirar a carta...

A meu ver não existe nenhum problema contigo mas sim na falta de cuidado e mau serviço prestado (arrogância e má educação) pela escola de condução onde te inscreveste - livro de reclamações...
Resolverias a situação facilmente a procurares outra escola de condução em que te sintas bem atendida.

Sobre a tua estatura e o teu sonho de conduzires um motociclo à tua escolha e sem limites de cilindrada pré-definidos pelo tipo de carta que estejas por agora inscrita...há que dizer que, também existem motociclos mais em conta para pessoas baixinhas e o facto de se reduzir no tipo de carta A para A2 poderá limitar ainda mais as escolhas...
Se procurares uma outra escola para tirares sim a carta A, verifica também as motos que possuem - a  escola onde tirei a carta tinha uma "velhinha" Yamaha Virago XV535 que está óptima para pessoas baixinhas...e também tinha mais 3 ou 4 Yamaha XJ6n.

Isto tudo para dizer que o mal não somos nós que somos pequenos mas sim:
-as escolas de condução que por vezes têm motos não muito adequadas a todas as estaturas
-as próprias marcas de motociclos que se esquecem de produzir motociclos para todas as estaturas - ERGONOMIA, algo que por vezes os designers se esquecem...

Como futuro target, julgo ser a moto mais baixa do mercado: Honda CMX500 Rebel
https://www.honda.pt/motorcycles/range/street/cmx500-rebel/overview.html
Quem sabe se for um estilo de moto que aprecies e que até seja adequada ao tipo de carta que agora estás inscrita...?!

Acima de tudo, não desanimes se nas aulas deres umas quedas - é (também) para isso que servem as escolas... e não tenhas vergonha de pedires a moto mais pequena (125cc) nas primeiras aulas para ganhares pratica e depois ao longo das aulas ires subindo de cilindrada...
[eu andei com 125cc, 535cc e 600cc conforme o instrutor pretendia dar mais pratica aos meus companheiros, eu fiquei sempre com a que sobrava uma vez que já tinha 1 ano de 125cc e muitas aventuras para contar...]
E faz o exame apenas quando te sentires totalmente apta de no mínimo  fazeres os 8's, nem que para isso tenhas aulas extra...

Força nisso! Queremos é acompanhar esse teu progresso e que rapidamente estampes aqui o "carimbo de admissão"!
[e se for na mesma escola, é no final "esfregares na fronha da tal arrogante"...]
 :cool: :convivio:

EDITADO:
Esqueci-me de mencionar que no meu caso, eu tinha uma ideia pré-concebida tipo papão sobre as motos de cilindrada superior a 125cc e que seriam todas enormes e pesadas.
Como tive oportunidade de me sentar numa Suzuki SFV650 Gladius (moto leve, compacta e excelente para pessoas baixas), verifiquei logo que essa minha ideia pré-concebida era errada e acredita, nem um mês depois passou e estava a inscrever-me para tirar a carta A...
https://www.motorcyclenews.com/bike-reviews/suzuki/gladius-650/2009/
« Última modificação: Agosto 03, 2019, 12:40:44, 12:40 por 2low »

Agosto 03, 2019, 13:22:15, 13:22
Responder #8

MaryM

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 22
  • Sexo
    Feminino

    Feminino
  • Texto Pessoal
    Paixão sem possíveis explicações
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Braga
Começo por felicitar a tua vinda para o fórum e espero que pelo menos por aqui não tenhas esses mesmíssimos maus sentimentos que tens tido com a escola onde estás a pensar tirar a carta...

A meu ver não existe nenhum problema contigo mas sim na falta de cuidado e mau serviço prestado (arrogância e má educação) pela escola de condução onde te inscreveste - livro de reclamações...
Resolverias a situação facilmente a procurares outra escola de condução em que te sintas bem atendida.

Sobre a tua estatura e o teu sonho de conduzires um motociclo à tua escolha e sem limites de cilindrada pré-definidos pelo tipo de carta que estejas por agora inscrita...há que dizer que, também existem motociclos mais em conta para pessoas baixinhas e o facto de se reduzir no tipo de carta A para A2 poderá limitar ainda mais as escolhas...
Se procurares uma outra escola para tirares sim a carta A, verifica também as motos que possuem - a  escola onde tirei a carta tinha uma "velhinha" Yamaha Virago XV535 que está óptima para pessoas baixinhas...e também tinha mais 3 ou 4 Yamaha XJ6n.

Isto tudo para dizer que o mal não somos nós que somos pequenos mas sim:
-as escolas de condução que por vezes têm motos não muito adequadas a todas as estaturas
-as próprias marcas de motociclos que se esquecem de produzir motociclos para todas as estaturas - ERGONOMIA, algo que por vezes os designers se esquecem...

Como futuro target, julgo ser a moto mais baixa do mercado: Honda CMX500 Rebel
https://www.honda.pt/motorcycles/range/street/cmx500-rebel/overview.html
Quem sabe se for um estilo de moto que aprecies e que até seja adequada ao tipo de carta que agora estás inscrita...?!

Acima de tudo, não desanimes se nas aulas deres umas quedas - é (também) para isso que servem as escolas... e não tenhas vergonha de pedires a moto mais pequena (125cc) nas primeiras aulas para ganhares pratica e depois ao longo das aulas ires subindo de cilindrada...
[eu andei com 125cc, 535cc e 600cc conforme o instrutor pretendia dar mais pratica aos meus companheiros, eu fiquei sempre com a que sobrava uma vez que já tinha 1 ano de 125cc e muitas aventuras para contar...]
E faz o exame apenas quando te sentires totalmente apta de no mínimo  fazeres os 8's, nem que para isso tenhas aulas extra...

Força nisso! Queremos é acompanhar esse teu progresso e que rapidamente estampes aqui o "carimbo de admissão"!
[e se for na mesma escola, é no final "esfregares na fronha da tal arrogante"...]
 :cool: :convivio:

EDITADO:
Esqueci-me de mencionar que no meu caso, eu tinha uma ideia pré-concebida tipo papão sobre as motos de cilindrada superior a 125cc e que seriam todas enormes e pesadas.
Como tive oportunidade de me sentar numa Suzuki SFV650 Gladius (moto leve, compacta e excelente para pessoas baixas), verifiquei logo que essa minha ideia pré-concebida era errada e acredita, nem um mês depois passou e estava a inscrever-me para tirar a carta A...
https://www.motorcyclenews.com/bike-reviews/suzuki/gladius-650/2009/

2low eu depois vou tentar perceber quais são exatamente os modelos. Mas esquece amigo aquela 600 tem um peso medonho!!

Desistir não é palavra que costume constar do meu dicionário de vida. A ver vamos como corre eh eh eh é claro que sim. Ao invés de escrever o diário de um banana escrevo o diário da novata 😂😂

Agosto 03, 2019, 15:18:02, 15:18
Responder #9

jmartins13

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 924
  • Marca Motociclo: Harley Springer Softail
  • Localidade: WORLDWIDE
Muda de escola.
Motos há muitas, concerteza irás encontrar uma que te vás encaixar bem fisicamente.
 :cool:

Agosto 03, 2019, 15:22:03, 15:22
Responder #10

pjmartinho

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 791
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: ST1100
  • Localidade: Sesimbra
Citação de: MaryM
Depois levou-me à garagem e me apresentou as 3 motos , 125, 400 e 600...e meteu-me a sentir a mota mais pesada e não nego que fiquei surpresa com o peso da mesma...logo ali assustou-me.
Pus-me em cima da mesma e logo ali me senti insegura...conscientemente percebi que não teria destreza para subir e descer da mesma , porque ainda não disse mas tenho somente 1,57 cms sou uma branquinha baixinha...sou muito determinada mas o que aqui fizeram foi como quase se faz aos cavalos, foi quebrar-me apesar de dizerem que só me querem avisar.
Depois coloquei-me na 400 e ok já me senti mais segura. Lá me decidi a alterar a tipologia da carta...

Se na escola de condução fizerem as coisas bem feitas, primeiro começam as aulas na 125cc para se ir aprendendo as coisas básicas e, à medida que se vai estando mais à vontade na mota, passa-se para as outras "mais potentes" e "pesadas".

Citação de: MaryM
Olá! Devia ser do sono e ainda bem que falaste nisso. É realmente a categoria A no entanto como essa categoria representa conduzir a 600 eles querem me convencer a tirar a anterior que corresponderá à 400... e como não tenho ninguém perto de mim que me motive, que tenha a mesma paixão que eu e tenho vergonha de andar lá a cair e já assim me tratam como um ser estranho talvez até aceite a de 400...

Primeiro vem a carta para a 400cc... depois quando se toma o gosto, volta-se à escola para voltar a tirar a carta para motas maiores... eles têm de fazer o negócio deles  >:(

Citação de: MaryM
Só uma coisa, não quero parecer arrogante mas scooter’s para mim não considero como Mota... não quero ferir susceptibilidades mas...não me dizem mesmo nada... não corre adrenalina nas veias nem o coração acelera...😉

Mas são uma boa escola de aprendizagem.

Agosto 04, 2019, 00:10:32, 00:10
Responder #11

FilipeC

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 36
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: Xmax 125
  • Localidade: Oeiras
Maria, vai fazer uma aula na escola da Honda em Palmela. Vale cada centimo.

Agosto 04, 2019, 01:46:25, 01:46
Responder #12

MaryM

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 22
  • Sexo
    Feminino

    Feminino
  • Texto Pessoal
    Paixão sem possíveis explicações
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Braga
Citação de: MaryM
Depois levou-me à garagem e me apresentou as 3 motos , 125, 400 e 600...e meteu-me a sentir a mota mais pesada e não nego que fiquei surpresa com o peso da mesma...logo ali assustou-me.
Pus-me em cima da mesma e logo ali me senti insegura...conscientemente percebi que não teria destreza para subir e descer da mesma , porque ainda não disse mas tenho somente 1,57 cms sou uma branquinha baixinha...sou muito determinada mas o que aqui fizeram foi como quase se faz aos cavalos, foi quebrar-me apesar de dizerem que só me querem avisar.
Depois coloquei-me na 400 e ok já me senti mais segura. Lá me decidi a alterar a tipologia da carta...

Se na escola de condução fizerem as coisas bem feitas, primeiro começam as aulas na 125cc para se ir aprendendo as coisas básicas e, à medida que se vai estando mais à vontade na mota, passa-se para as outras "mais potentes" e "pesadas".

Citação de: MaryM
Olá! Devia ser do sono e ainda bem que falaste nisso. É realmente a categoria A no entanto como essa categoria representa conduzir a 600 eles querem me convencer a tirar a anterior que corresponderá à 400... e como não tenho ninguém perto de mim que me motive, que tenha a mesma paixão que eu e tenho vergonha de andar lá a cair e já assim me tratam como um ser estranho talvez até aceite a de 400...

Primeiro vem a carta para a 400cc... depois quando se toma o gosto, volta-se à escola para voltar a tirar a carta para motas maiores... eles têm de fazer o negócio deles  >:(

Citação de: MaryM
Só uma coisa, não quero parecer arrogante mas scooter’s para mim não considero como Mota... não quero ferir susceptibilidades mas...não me dizem mesmo nada... não corre adrenalina nas veias nem o coração acelera...😉

Mas são uma boa escola de aprendizagem.

Obrigada PJMartinho

Agosto 04, 2019, 01:47:25, 01:47
Responder #13

MaryM

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 22
  • Sexo
    Feminino

    Feminino
  • Texto Pessoal
    Paixão sem possíveis explicações
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Braga
Maria, vai fazer uma aula na escola da Honda em Palmela. Vale cada centimo.

Filipe estamos a falar de que valores?
Eles fazem formação com moto deles ou teríamos de levar uma ?

Agosto 04, 2019, 03:22:06, 03:22
Responder #14

FilipeC

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 36
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: Xmax 125
  • Localidade: Oeiras
Eles têm várias motos mas se já tens uma podes e deves levá-la para a explorares bem. Já fiz o curso à uns anos. Creio que ficou por volta dos 120 euros. Liga para lá e pergunta.  Vais aprender muito

Agosto 04, 2019, 03:35:56, 03:35
Responder #15

MaryM

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 22
  • Sexo
    Feminino

    Feminino
  • Texto Pessoal
    Paixão sem possíveis explicações
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Braga
Ok. Mas primeiro tiro a carta depois vou lá para aperfeiçoar.
Parece melhor assim. Sabes que ainda não tenho carta e neste segmento de passos será melhor 😅 mais prudente.
Tens contactos de lá Filipe? Sempre posso pedir informações e até depois partilho com os restantes companheiros/as do grupo. Que dizes? E desde já agradeço a tua partilha. 🙏🏼

Agosto 04, 2019, 08:29:47, 08:29
Responder #16

Moto2cool

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3474
Porque não procuras uma mota categoria A1 para andares e ganhares confiança?
Até pode ser que te encha a medidas e não precises subir na cilindrada, é quiseres subir na mesma já vais com confiança e expedientes.
Por exemplo tens a superlight com um assento de 730, no mercado usados deve andar pelos 2.000€, menos se negociado.
Se gostares tiras a carta A e compras uma HD :)
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Agosto 04, 2019, 09:26:29, 09:26
Responder #17

NFRod

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 44
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Eu tenho 27 anos e primeiro comprei uma 125cc sem qualquer tipo de experiência porque achei que ia ser suficiente e depois fui tirar a carta A. Mas ao mesmo tempo começou um amigo meu que a única experiência que teve foi dar uma volta na minha 125cc. Eu fiz poucas aulas porque achei que não precisava de fazer tudo mas o meu amigo deve ir precisar de mais claro. E não há mal nenhum nisso. A escola está lá para isso. Ele vai ter de começar numa 125cc e depois ir aumentando. Quando estiver preparado vai a exame. Enquanto não estiver continua a aprender. É como tudo. Eles não limitam o número de aulas €€.

Pelo que percebo já está inscrita mas se podesse comprar uma 125cc para ir ganhando alguns hábitos se calhar depois a transição para uma de maior cilindrada é menos complicada. Acho que só precisa de ganhar o jeito quando está parada. A andar não interessa muito. Eu a andar até queria ser mais baixinho.

Daquilo que li quer um tipo de mota específico mas há muitas motas do tipo A que não são altas nem "pesadas". E algumas dá para baixar também. Agora se calhar não vale muito a pena referir isso mas há escolas com motas de categoria A mais simpáticas do que outras.

O Miguel Oliveira tirou numa Duke 790. Pelo menos na publicidade.

Agosto 04, 2019, 09:30:37, 09:30
Responder #18

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13278
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Respondendo à questão que é colocada um pouco mais acima pela autora do tópico, tens aqui o próprio site onde estão os contactos da E.P.H.

https://eph.honda.pt/pt/

Os cursos são de 4 horas e dividem-se entre os Cursos de Iniciação ou Cursos de Aperfeiçoamento.

Em qualquer dos casos poderias usar a tua própria moto ou uma moto disponibilizada pela EPH.
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Agosto 04, 2019, 14:55:24, 14:55
Responder #19

FilipeC

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 36
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: Xmax 125
  • Localidade: Oeiras
Eu acho melhor fazer o curso antes, honestamente. Eu fui lá antes de fazer a carta e posso te dizer (pelo menos no meu caso) que não aprendi grande coisa durante as aulas de condução, em termos práticos.

Agosto 04, 2019, 16:04:18, 16:04
Responder #20

Rodrigues1

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 1441
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: CB500X
  • Localidade: Loures
Bem vinda MaryM   :palmas:

Eu penso que alguns alunos já cairam com a 600 e isso acarreta despesas, daí o tentarem impingir-te a A2 que fica quase ao mesmo preço e poupam a mota para os mais experientes.

Isso só denota fraco profissionalismo e desmotivação para o que pretendes.

Se fosse a ti não desistia e procurava outras escolas que tivessem a velhinha Honda 500 mais leve a baixa.

Não deixes que te tirem o sono, eu tenho 65 anos e tirei a carta A com 61, é verdade que andei numa 125 durante 4 anos mas antes disso já sabia andar nas mais fortes mas claro que com carta ando mais à vontade  ;)

Existem tantas motas com banco baixo tipo Custom para carta A para A2 ficas limitada.


Agosto 04, 2019, 20:52:31, 20:52
Responder #21

Cross

  • Global Moderator
  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 777
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: VFR800X (Crossrunner)
Eu seguiria o concelho de fazer um curso na EPH.
A maioria das escolas de condução são para tirar a carta e não exactamente para aprender a pilotar uma moto ou até um carro já que estamos neste tema. Essa cultura não existe porquê é obrigatório por lei.

Eu sou mais um "treinador de bancada" aqui a dizer isto e aquilo mas o que afinal interessa é como te sentes a pilotar uma moto. Não é fácil escolher porque até para isso é necessário a carta. Por experiência cá em casa, depis de muito bla bla bla, deixei as coisas nas mãos dos profissionais e foi o melhor que eu fiz. Disse à boss cá em casa, que tinha a carta A à quase 16 ou mais anos na altura e não andava de moto à mais de 12, que tal ires dar umas voltas e depois vês....?! assim foi saiu de lá a fazer não 8s mas 16s e a saber o que queria... as expectativas e confiança voltavam. Nada que pague isso como o croncretizar um objectivo.

Boa sorte para as escolhas mas no final acho que já sabes... se não arriscares nada então é que arriscas tudo mesmo!


Sent from my SM-G965F using Tapatalk
« Última modificação: Agosto 04, 2019, 21:20:06, 21:20 por Cross »
Bom Senso e Senso Comum nunca fez mal a ninguém!

Agosto 05, 2019, 10:10:29, 10:10
Responder #22

Quico

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 208
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: CB125F
MaryM não te deixes ir em conversas.

Mas que raio de escola é essa, então não é suposto começares na 125, quando te sentires confortável passares para a 400, e da mesma forma para a 600!? Se um tipo alto e musculado se começar numa KTM 1290 Super Adventure vai ter problemas de certeza.

Não desistas, o que não falta por aí é malta baixinha a andar de mota de forma exímia!  :cool:

Devagar se vai ao longe!

Agosto 05, 2019, 13:23:02, 13:23
Responder #23

tiagofo20

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 254
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: CB125F
  • Localidade: Guimarães
Isto vem de encontro ao que penso, as escolas fazem preços baixos, em especial nas cartas de motas. Para conseguirem lucro dão apenas o necessário para o aluno se poder safar no exame, ou seja, dão menos aulas práticas do que o obrigatório por lei (12 aulas).

Ora, quando lhes aparece alguém que notoriamente apresenta dificuldade em conduzir uma mota e que se calhar calhar vai aprender de forma lenta, olham para essa pessoa como um prejuízo para eles e tentam se livrar dessa pessoa.

A minha recomendação, se queres tirar a categoria A, tendo em conta os teus receios, não procurava pelas escolas mais baratas, mas sim por uma que te deixe mais à vontade. Explica que tens certos receios e que não abdicas das 12 aulas práticas.

Agosto 07, 2019, 11:23:12, 11:23
Responder #24

danteMdie

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 38
  • Localidade: Porto
Bem, antes de mais parabéns por vires trazer este tema aqui à malta. Já deu para perceber que é algo que te deixou incomodada e de facto é compreensível tendo em conta a reacção do staff da escola.

Eu devo ser das pessoas com menos experiência daqui do fórum e portanto podes ver o meu exemplo como alguém que apesar de tudo ainda está a começar (5 meses de condução de 125cc e 2500kms feitos, ainda que sempre em curva e contra curva a abusar um pouco dos limites).

Não tirei a carta na altura mas quis fazer umas aulas de condução. Perguntaram-me se eu tinha alguma experiência de scooter ou de outra 50cc e eu disse que não. A reacção foi logo "epa, 5 aulas é capaz de ser muito pouco... quase ninguém consegue" mas eu mesmo assim optei apenas pelas 5.

Na minha primeira aula (2 horas) lá senti pela primeira vez o peso da mota - uma Keeway Rks 125cc. A mota pesava 125kgs mas parecia uma brutalidade. Comecei finalmente a andar na mota e realmente os primeiros 30 minutos foram estranhos...
 
Mas a realidade é que 30 minutos depois de começar a primeira aula já estava a andar no meio do trânsito no Porto. No final da aula o instrutor já estava a dizer "hey realmente não precisas de mais de 5 aulas".

Portanto, é um facto: os clientes do dia a dia nas escolas de condução muitas das vezes dão motivos para preocupação. Cabe a cada um de nós mostrar que há excepções : p

Não tenhas receio de ir para uma 600cc. Se és apaixonada por motos, não deixes que terceiros te tendem desmotivar e tira a carta A.

Quanto ao ter medo de deixar cair a mota... Eu deixei cair a minha 3 vezes, sendo a 3ª quando a fui mostrar à pessoa que a vai comprar este sábado. Queres mais humilhante que isso ahah?

É super normal cair, o que interessa é que nos levantemos depois ; )

Agosto 07, 2019, 19:20:04, 19:20
Responder #25

MaryM

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 22
  • Sexo
    Feminino

    Feminino
  • Texto Pessoal
    Paixão sem possíveis explicações
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Braga
``Quanto ao ter medo de deixar cair a mota... Eu deixei cair a minha 3 vezes, sendo a 3ª quando a fui mostrar à pessoa que a vai comprar este sábado. Queres mais humilhante que isso ahah?```

Antes de mais obrigada.

Realmente é mesmo humilhante  :stuck_out_tongue_winking_eye:

Bem entretanto, houve algo que não disse . Esta escola tem duas delegacões na mesma cidade. Como havia dito e tento nunca deixar para depois o que se pode resolver o quanto antes...e na segunda feira passada, dirigi-me à delegação onde tinha sido inscrita e não escrevi no livro
reclamações , mas escrevi 4 folhas!!!  :D  a explicar ao mínimo detalhe o que tinha acontecido.
Ligaram-me de tarde a combinar uma reunião, fomos e a instrutora que tinha estado na sala de código tinha-se predisposto a `pedir-me desculpas` que deixe de ser hipócrita e que as meta no c.
A velhota diz que foi mal interpretada ...mas o facto é que eu disse que não voltava mais àquela delegação...ninguém me apanha lá.

Pois muito bem, não tenho muito tempo neste momento para as aulas...mas ficou tudo esclarecido com a promessa de que saio dali Pro com a 600. e a pessoa com quem vou fazer condução já deu para ver que é completamente disponível e muito mais motivadora  :yeah:

Mas desistir nao ia ser opção...e da forma como escrevi disse mesmo que aquilo em nada abonava ao bom nome da escola...parti tudo :toma: :megafeliz:

Agosto 07, 2019, 19:30:46, 19:30
Responder #26

Moto2cool

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3474
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Agosto 07, 2019, 19:37:36, 19:37
Responder #27

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13278
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Se tinhas a situação "entalada" e a achavas como sendo lesiva até para outros que pudessem vir a passar pelo mesmo, então valeu a pena o tempo que dedicaste a explicar tudo quanto te ia na alma.

Pode ser que resulte para muitos outros de futuro, nessa mesma Escola.
Uma só acção no tempo, bem levada a cabo, pode beneficiar muita gente.
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Agosto 07, 2019, 19:50:03, 19:50
Responder #28

MaryM

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 22
  • Sexo
    Feminino

    Feminino
  • Texto Pessoal
    Paixão sem possíveis explicações
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Braga
Eu não sei os vossos nomes então tenho de ver os vossos nick´s mas tenho de agradecer  a todos pelas palavras , informações, opiniões e acima de tudo motivação e companheirismo que aqui recebi. Depois vou dando novas sobre o andamento da coisa e como vou sendo ainda a (Incartada) que aqui ando vou falando sobre a minha visão das coisas como novata em duas rodas.:sportbike:

Sim, é sem dúvida muito importante que seja dado a conhecer o que se passou, porque afeta a confiança da pessoa e isso é imperdoável, porque tudo o que uma pessoa quer é que nos passem segurança.

Temos aqui um companheiro que até falei dele, o ter tirado a A já a passar dos 60? Irmãos isso é mesmo algo motivador e vai no intuito do meu lema de vida, só se vive uma vez...tens de seguir sonhos e objectivos e viver experiências...para sabermos se gostamos de algo, temos de experimentar ..é como tudo na vida.  ;D

Agosto 08, 2019, 10:16:05, 10:16
Responder #29

JEKU

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 36
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: PCX
  • Localidade: Lisboa
Só vi o tópico agora mas  :palmas: :palmas: :palmas: :palmas: :palmas: :palmas:

Desde às reações do pessoal como há tua insistência.


Acredito que é importante desafiarmo-nos constantemente a aprender coisas novas, e andar de moto faz parte desse desafio.

Boa sorte na tua jornada, mantem-nos informados

Agosto 08, 2019, 14:51:17, 14:51
Responder #30

MaryM

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 22
  • Sexo
    Feminino

    Feminino
  • Texto Pessoal
    Paixão sem possíveis explicações
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Braga
Obrigada Jeku.

Será uma longa jornada devido à minha falta de tempo mas Deus no caminho há-de guiar-me à Vitória  :festa:

Agosto 13, 2019, 13:32:07, 13:32
Responder #31

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13278
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Parece-me que esta notícia que hoje tem chegado às redacções dos jornais nacionais, tem a sua pertinência por aqui.

Aliás, tem toda a sua relação com o que por aqui foi avançado.

https://observador.pt/2019/08/13/sistema-de-monitorizacao-de-aulas-de-conducao-pode-ser-manipulado/

https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/esquema-permite-tirar-a-carta-sem-aulas-de-conducao-478156
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Agosto 13, 2019, 13:56:19, 13:56
Responder #32

tiagofo20

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 254
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: CB125F
  • Localidade: Guimarães
Já tinha ouvido falar nesse sistema para monitorizar" as aulas, mas não sabia que já estava a ser utilizado, muito menos sabia que já estava a ser contornado.

A minha dúvida: os alunos teriam obrigatoriamente de concentir isso ou poderiam nem fazer ideia?

Eu tenho consciência que não dei as aulas todas, mas não faço ideia se a minha escola teria um esquema desses.

No fundo a notícia não me choca nada.

Agosto 13, 2019, 14:16:45, 14:16
Responder #33

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 13278
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Presumo que fosse coisa que não indicariam aos formandos.

O link do JN é mais extenso na análise deste tema e indica mesmo que os instrutores registariam vários alunos em simultâneo, como se tivessem estado presentes...sem estarem.

Uma manipulação clara e abusiva...para controlo de custos.  :zangadoregras:


"(....)De acordo com o JN, que cita fontes, os instrutores têm a possibilidade de levar consigo três ou quatro aparelhos num só carro com os dados dos alunos, evitando assim o desgaste nas viaturas e poupanças ao nível do combustível. Ou seja, é possível manipular o sistema de monitorização das aulas de condução ao ponto de vários alunos serem registados como se estivessem presentes nas aulas, embora não tenham estado lá.(....)"
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Agosto 14, 2019, 09:57:26, 09:57
Responder #34

Grandpa

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 87
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: Forza 125
  • Localidade: Sintra
Andar na estrada ou fazer a aula no simulador é a mesma coisa  :lolol:
Por isso vemos cada idiota na estada ......  :enlatado: