Autor Tópico: Não estou a conseguir vender a minha moto  (Lida 553 vezes)

Outubro 31, 2019, 09:37:44, 09:37
Lida 553 vezes

pjota

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 8
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: majesty
  • Localidade: Lisboa
Caríssimos, venho ao vosso contacto para pedir opinião relativamente a este assunto.

Já há uns 2 meses que coloquei anúncio no OLX e tive poucos contactos (8, mais especificamente) e todos para baixar o preço, e nem sequer um único quis ver a moto. Haverá alguma crise no mercado das scooters com mais de 125 cc?  :pensador:

Cuidei da moto o melhor que soube, não peço a lua por ela, mas também não me apetece vendê-la ao desbarato. Pelas alegrias que me deu ela não merece.  :D

Já não há quem valorize uma moto bem tratada? Só os números interessam?

Provavelmente, com o aproximar da época das chuvas, esta não será a melhor altura para vender mas, à medida que o tempo passa a mota desvaloriza ainda mais.

Não sei bem o que fazer. O que me aconselham?

Cumprimentos

Outubro 31, 2019, 09:45:26, 09:45
Responder #1

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2493
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
1. Publicitar a mota em mais sites da especialidade.
2. Publicitar a mota em redes sociais.
3. Se for para comprar outra mota, porque não pedir uma cotação no stand.
4. Verificar o preço de outros modelos iguais que estejam à venda e tentar compreender se existe alguma discrepância no preço de venda da maxi (por vezes a razões emotivas que nos "predem" ao veículo poderão influenciar de forma inconsciente o preço que pedimos pela máquina).

Boa sorte com a venda.

Outubro 31, 2019, 09:50:05, 09:50
Responder #2

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3550
Já não há quem valorize uma moto bem tratada? Só os números interessam?

Se "bem tratada" significa pedires quase quanto ela custará nova... poderás ter sempre alguma dificuldade.
A não ser que se trate de uma MT.
 :D


Outubro 31, 2019, 10:24:55, 10:24
Responder #3

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2493
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Já não há quem valorize uma moto bem tratada? Só os números interessam?

Se "bem tratada" significa pedires quase quanto ela custará nova... poderás ter sempre alguma dificuldade.
A não ser que se trate de uma MT.
 :D

Tens razão. É surpreendente o custo de MT's em segunda mão. Neste verão passado, num stand oficial conseguia por uma MT-07 nova quase o mesmo preço de algumas que andavam no standvirtual como "usadas com poucos kms".

Outubro 31, 2019, 10:29:14, 10:29
Responder #4

pjota

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 8
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: majesty
  • Localidade: Lisboa
Já não há quem valorize uma moto bem tratada? Só os números interessam?

Se "bem tratada" significa pedires quase quanto ela custará nova... poderás ter sempre alguma dificuldade.
A não ser que se trate de uma MT.
 :D

Não é o caso. Também não está assim tãããão bem tratada  :lolol:

Outubro 31, 2019, 10:42:44, 10:42
Responder #5

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2878
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
Persistência e não desesperes...

Do outro lado os realmente interessados estão à espera que vás baixando o preço...

E se tens um valor mínimo de venda que aches justo, jamais baixes dele mais do que o valor do custo de mudança propriedade ou custo do cheque bancário que poderás ter questão de "oferecer" para facilitar o negócio.

Verifica se tens fotos cativantes e que comprovem o bom estado geral da moto.
(tenta melhorar o teu departamento de marketing e publicidade)

Investe em publicitar no standvirtual - durante dois dias vai aparecer destacado com diferença entre eles de uns 10 a 15 dias... depois é ter sorte que calhe num dia solarengo...
(automaticamente ficará disponível no standvirtual e olx)

Boa sorte.

nota: vários anúncios espalhados em todo o lado podem dar ideia de "desespero", se não funcionar no standvirtual/olx experimenta depois custojusto ou outra plataforma (há pessoas que usam apenas uma plataforma...)
« Última modificação: Outubro 31, 2019, 10:46:40, 10:46 por 2low »


"É tudo uma cambada de pobretana [peço desculpa se ofendi alguém mas estava só a expressar a minha opinião]"
Obrigado Svitre pela ideia. :P

Outubro 31, 2019, 14:12:24, 14:12
Responder #6

pjmartinho

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 859
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: ST1100
  • Localidade: Por aí...
Várias coisas concorrem para a dificuldade em vender a mota e, sem nenunha ordem especial, diria:
  • Altura do ano em que se está a vender.
    Final do verão, outono ou inicio do inverno são alturas ingratas para vender pois as pessoas preferam andar no conforto do carro. Elas vendem-se, mas só se o preço for apelativo.
    Na primavera é a melhor altura, pois o verão avizinha-se e nessa altura há mais pessoas a procurar motas.
  • Não estar devidamente anunciada.
    Há sites gratuitos e outros a pagar. Mais vale gastar dinheiro em vários anuncios do que estar indefinidamente à espera que "caia" do céu um comprador. Por isso, em quantos mais sites se anunciar, melhor.
  • Estar na disposição de baixar o preço.
    Os portugas têm umas gotas de sangue marroquino, e querem sempre regatear o preço para ficarem com a ideia de que fizeram um "granda negócio", mesmo que o preço pedido seja um preço razoável e realista, e no fim das contas conseguem tirar 30 ou 50€ ao preço.
  • As fotografias que estão colocadas no anúncio não "promovem" a mota.
    Convém tirar boas fotografias em ângulos fora do "normal" para tornar a mota apelativa e também fotografar pormenores de coisas que habitualmente se estragam e que na mota em causa estão em bom estado.
  • Poderá ser um modelo que tenha pouca procura por várias razões... fiabilidade, custos de manutenção elevados, porque já existem 2 ou 3 novas versões desse modelo, etc.
    Isto não é nada que possamos controlar, e temos de conviver com a situação.

Por aquilo que foi dito no post inicial,
Já há uns 2 meses que coloquei anúncio no OLX e tive poucos contactos (8, mais especificamente) e todos para baixar o preço, e nem sequer um único quis ver a moto. Haverá alguma crise no mercado das scooters com mais de 125 cc?  :pensador:

Cuidei da moto o melhor que soube, não peço a lua por ela, mas também não me apetece vendê-la ao desbarato. Pelas alegrias que me deu ela não merece:D

diria que:
  • A mota está cara, quando comparada com outras em idêntico estado de consevação, quilometragem e idade.
    Poucos contactos significa isso mesmo, sobretudo quando ninguém quer ver a mota e só pedem para baixar o preço.
    Se fossem ver a mota é porque as fotografias e o preço pedido "aguçaram o apetite" ao comprador... e depois chega-se à fase do regateio de preço... perdão... negociação do valor.
  • "As alegrias que deu"... só as deu ao proprietário e isso é um valor sentimental que ninguém que a compre está na disposição de pagar.
    É necessário subtrair esse "valor sentimental" ao preço pedido.
Há uma grande diferença entre o que é "querer vender a mota" e "ter a mota à venda".

Posso dar um exemplo do "ter a mota à venda"... em 2016 comprei uma T-Max 500 de 2ª geração. Nessa altura o preço destas scooters andava pelos 5.000/6.500€ e estava à venda, em Évora, uma scooter dessas que o proprietário pedia mais de 7.000€ por ela. Ao dia de hoje (mais de 3 anos passados), essa scooter continua à venda mas agora o preço é mais baixo, pede 6.500€, quando se encontram scooters dessas à venda abaixo dos 5.500€.

Outubro 31, 2019, 14:15:33, 14:15
Responder #7

TMaxer

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2641
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Por fim ha outro problema que pode causar dificuldade na venda


O modelo pode ser pouco apetecivel para o mercado, ou ter alguma caracteristica que o torne pouco interessante como por exemplo elevado numero de kms
Ducati Multistrada 1200S

Outubro 31, 2019, 14:54:53, 14:54
Responder #8

pjota

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 8
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: majesty
  • Localidade: Lisboa
Eu não posso pôr aqui um link para o anúncio, pois não? Sempre as vossas ajudas seriam mais concretas...

Outubro 31, 2019, 18:23:42, 18:23
Responder #9

Nuno YB

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 674
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: BT1100 Bulldog
  • Localidade: Evora
Acho que não haverá problema em meteres o link. Se viesses de "estalo" meter o link, a administração poderia considerar que estavas apenas a tentar fazer negocio.

Uma vez que o topico já leva uma certa quantidade de respostas e "pediste" para meter o link, de modo a que o pessoal veja ao certo do que se trata, penso não haver problemas.

Outubro 31, 2019, 18:34:19, 18:34
Responder #10

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 14263
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
Se já recebeste alguns "interessados" até ao momento...posso dizer-te que com o avançar do ano e até provavelmente Março/Abril o interesse ainda vai ser menor.

Existem alturas do ano mais favoráveis. Os meses que se aproximam claramente que não o são!

Sinceramente não acho que seja propriamente uma "crise no mercado das scooters com mais de 125 cc", como temes.

Mas apesar de não fazer uma leitura de "crise", não deixo de estar seguro que há bem menos gente à procura de uma maxiscooter nessa cilindrada, por comparação ao que aconteceria se colocasses uma 125cc à venda.

Sugiro o mesmo que já foi indicado mais acima, caso pretendas adquirir outra...

Tenta ver nuns quantos concessionários o valor que te dariam por ela (como retoma).
Pode ser melhor do que estares indefinidamente à espera de receber aquilo que pedes por ela.  :)
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Outubro 31, 2019, 18:57:37, 18:57
Responder #11

ThatsMe

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 409
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Benelli
  • Modelo Motociclo: TRK 502
  • Localidade: Porto
Queres partilhar os detalhes da mota? Quantos km, de que ano é e por que valor estás a vender?

Novembro 04, 2019, 10:02:07, 10:02
Responder #12

pjota

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 8
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: majesty
  • Localidade: Lisboa
Queres partilhar os detalhes da mota? Quantos km, de que ano é e por que valor estás a vender?

Respondendo ao pedido deixo aqui o link https://www.olx.pt/anuncio/majesty-400-abs-de-2009-com-38-000-km-IDDWPZo.html para o anúncio.

Todas as sugestões de melhoria serão bem vindas.

Obrigado

Novembro 04, 2019, 10:32:25, 10:32
Responder #13

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2878
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
Queres partilhar os detalhes da mota? Quantos km, de que ano é e por que valor estás a vender?

Respondendo ao pedido deixo aqui o link https://www.olx.pt/anuncio/majesty-400-abs-de-2009-com-38-000-km-IDDWPZo.html para o anúncio.

Todas as sugestões de melhoria serão bem vindas.

Obrigado

Há aqui um contra-senso "como o meu dono, apesar de me estimar e de me mimar, tem pouco tempo para mim..." e se não tem tempo para a moto como terá tempo de a mimar e estimar?! Troca isso pelo motivo pelo qual a vais vender... subida de cilindrada, mudança tipo/estilo moto, substituição por moto nova?

Um moto estimada e cuidada é uma moto que além de andar (e dar prazer ao condutor) também é mantida e cuidada (revisões).
Põe lá umas fotos de alguns passeios que tenhas feito com ela - fotos apenas à moto com a envolvente/local (de dia, com sol/brilhos...)
Da garagem bastará uma e tirada na posição normal de estacionada... (bastará isso para dar a entender que "dorme na garagem")

A oferta da alteração de registo assim escarrapachada parece que te queres ver livre dela (algum problema escondido?!) ... diria que apenas informaria verbalmente só após primeiros contactos e entrando no parâmetro do "valor negociável" e para facilitar o negócio.

Sobre o tipo de "palavreado" e da forma como está escrito pode ser subjectivo e conforme quem leia...
Por exemplo, eu enquanto provável interessado comprador não gosto de ler essas coisas (sou uma moto...bla bla bla...) mas se estiver apenas a navegar pela net, até tem a sua piada...
Objectividade do anuncio de venda de uma "coisa" que afinal até é como uma pessoa?! "já basta aturar a mulher os os filhos...agora a moto também?!"  8) :pensador:

Provavelmente poderá haver pessoas que possam pensar de outra forma... mas isso é normal, somos todos diferentes...

Para concluir que um proprietário que goste de cuidar, não ligando a despesas, para a vender... colocaria no standvirtual...  ::P:
« Última modificação: Novembro 04, 2019, 10:33:41, 10:33 por 2low »


"É tudo uma cambada de pobretana [peço desculpa se ofendi alguém mas estava só a expressar a minha opinião]"
Obrigado Svitre pela ideia. :P

Novembro 04, 2019, 12:32:22, 12:32
Responder #14

pjmartinho

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 859
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: ST1100
  • Localidade: Por aí...
Numa pesquisa rápida encontrei estas Majesty 400 à venda (ordenei por "idade"):

Ano           Kms           Preço
2011        26000          3000
2010        39000          3200
2009      38500          3000 <- A tua mota
2008        19000          3500
2007        29000          3150
2007        75000          2250
2007        41000          2500
2006        50000          1950
2005        35000          2650
2004        70000          1700

Pelos mesmos 3000€ podes comprar uma mota 2 anos mais nova e com menos quilometros.

Não sei quando esta mota tem de trocar a correia (que não é coisa barata). Assumindo que muda a correia de 20 em 20 mil Km, está quase na altura de a mudar pelo que o potêncial comprador vai querer um desconto grandinho pois dentro em breve vai ter uma despesa grande. Se a correia já tiver sido mudada, deve ser indicado isso pois, quem comprar a mota sabe que nos proximos 20.000 Kms não vai ter de se preocupar com isso.

A pergunta que faço é "Se fosses tu que estivesses para comprar uma mota destas, em face desta tabela, qual comprarias?"

Como disse o 2low, as fotografias são importantes. Compara as tuas fotografias com estas e pensa qual delas te chama mais à atenção:
- 1º Exemplo
- 2º Exemplo
« Última modificação: Novembro 04, 2019, 12:49:52, 12:49 por pjmartinho »

Novembro 04, 2019, 16:01:11, 16:01
Responder #15

Raminhos

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 240
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: Africa Twin 2019
  • Localidade: Lisboa
Fotografias numa garagem escura não ajudam certamente.

Novembro 04, 2019, 16:01:37, 16:01
Responder #16

Nuno YB

  • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

  • Offline
  • ***

  • 674
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: BT1100 Bulldog
  • Localidade: Evora
O texto "alegre" até me cativa, mas forneces informação em demasia. Para "puxar" um potencial comprador, ele terá que ter vontade de ver a moto, se dizes tudo o que tens para dizer no anuncio, arrefeces a curiosidade do comprador. Está lá tudo, podes ter a sorte de apanhar alguem que fique logo fisgado, mas perdes a visita de mais interessados. E, com mais interessados, mais chances de fazer um melhor negocio. A informação da correia, por exemplo, deve ser dada apenas depois do 1º contacto.

As fotos tambem podiam ser mais apelativas, os olhos tambem comem. E "espalha" o anuncio, mete no maior numero possivel de plataformas ( sites de vendas redes sociais ou foruns que o permitam ).

Novembro 04, 2019, 16:07:41, 16:07
Responder #17

pjota

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 8
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: majesty
  • Localidade: Lisboa
Muito agradeço todos os contributos, que irei ter em consideração na reformulação do anúncio.

Obrigado

Novembro 04, 2019, 17:16:37, 17:16
Responder #18

Moto2cool

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3699
O texto está engraçado, eu não falava dos pontos fracos, como a idade, mas dos fortes, bom estado, manutenções, pneus novos, etc.
As fotos não são felizes, quando se colocam poucas e com pouca luz perguntamo-nos o que se quer esconder.
Olx será a pior plataforma para vender um bem valioso, procura plataformas específicos de carros /motas.
E se quiseres um bom preço tens que ter paciência, se quiseres vender depressa tens que assumir vender mais barato
Spritmonitor.de" border="0 Suzuki VStrom 650
"Viver a vida não é esperar que a tempestade passe, é aprender a andar à chuva"

Novembro 08, 2019, 05:28:25, 05:28
Responder #19

MotardFeio

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 8
  • Marca Motociclo: CBR
  • Modelo Motociclo: XX
  • Localidade: Margem Sul
Pega na xcooter e leva-a até um sítio panorâmico giro.
Aí tiras então fotos com bom sol "ou boa luz".
Sombra, Saúde e Pau nas nalgas...

Que deus não pode dar tudo!!!

Novembro 08, 2019, 07:46:28, 07:46
Responder #20

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 14263
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
É o melhor a fazer...

Boas fotos facilitam uma venda, mas o tecto não é menos importante.

Porém e como tinha dito, infelizmente para ti a altura de venda não é agora a mais favorável e pode ser desmotivante ao serem recebidos menos contactos.

Isto no início do Verão é sempre muito mais viável na venda de uma moto/scooter.
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Novembro 08, 2019, 09:43:38, 09:43
Responder #21

pjota

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 8
  • Marca Motociclo: Yamaha
  • Modelo Motociclo: majesty
  • Localidade: Lisboa
Agora que deixei caducar o seguro, vai ser mais difícil ir tirar fotos a lugares catitas.  :fotografar:

Num dia de sol à porta da garagem e já vai com sorte.  :stuck_out_tongue_winking_eye:

Entretanto tive um contacto a propor um valor que me satisfaz. Propus-me conversar mas ainda não obtive resposta.  :read.calm:

Vamos lá a ver se corre bem.  :cool:

Novembro 08, 2019, 10:51:03, 10:51
Responder #22

xiripiti

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 149
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: X-ADV
  • Localidade: Vila Nova de Famalicão
Compreendo bem a situação.

Tenho uma X-MAX 125cc para vender ... :pensador: :pensador: :pensador:

De uma forma resumida, comprei uma mota nova em Março e como stand me dava pouco pela X-MAX, e eu achava que ela teria mercado  :napodeser: :napodeser: :napodeser: resolvi ficar com ela e tentar vender posteriormente.
Sim, digo posteriormente porque, felizmente porque não precisava do valor para a compra da nova e como estavamos em Março, disse para mim mesmo quando vier o bom tempo coloco-a à venda.
Assim foi, não me recordo bem quando, mas apenas a coloquei à venda quando os raios de sol e o calorzinho começou a surgir, diria aí por Maio.

Ou seja, coloquei a mota à venda na altura supostamente "ideal", as fotos não são TOP mas diria que não são más mas...

O certo é que, ao contrário do que dizes, tive alguns contactos mas... nenhum deles chegou a vias de facto  :-\ :-\ :-\

Nos ultimos tempos, desde meados de Setembro, ajustei o preço para aquilo que realmente aceito para vender a mota, isto porque também tive muitas propostas descabidas, disto ninguem se livra

O certo é que 6 meses depois, com mais de 10000 visualizações, mais de 40 contactos... continuo com a mota.

Claramente, não acho sequer que esteja a pedir muito, dentro do valor que vejo no mercado mas... ela cá por casa continua  >:(
Como resumo a mota é de 2011, tem 25.000kms todas as revisões na marca a tempo, tem pneus com muito piso e uma bateria nova... sim por todo este tempo que esteve parada