Autor Tópico: Bimota Tesi H2  (Lida 230 vezes)

Novembro 06, 2019, 22:26:55, 22:26
Lida 230 vezes

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 14263
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...

 Bimota Tesi H2






Aqui há umas semanas abordou-se a possibilidade da aquisição da Bimota por parte da Kawasaki, como alguns estão recordados.

A este respeito sabe-se que a Kawasaki Motors Europe NV fundou mesmo a Italian Motorcycle Investment S.p.A., para fabricar e vender motos premium sob a marca Bimota em Rimini, Emília-Romanha, Itália.

Ora o negócio concretizou-se e a Bimota S.A. passou a Bimota S.p.A.

O resultado é algo que as palavras dificilmente conseguem descrever, pelo que deixo abaixo mais algumas imagens daquilo que foi apresentado em Milão - a Bimota Tesi H2 - fruto de uma "espécie de fusão" entre a Kawasaki H2 e a Bimota Tesi 3D.

A potência nesta criação, segundo li, são nuns sites de 200cv e noutros 240cv (não sei em que ficamos) e o preço deve ser tão estratosférico que nem merece menção e conhecimento público. ;)







"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Novembro 06, 2019, 23:58:17, 23:58
Responder #1

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2878
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
Para se compreender o que "é isto" parece-me ser necessário andar um pouco para trás no tempo e perceber o que era a Bimota no seu "auge" e antes de ter "caído no esquecimento", até alguém ter tentado dar nova vida e ter voltado a cair no esquecimento...

A Bimota nunca foi uma típica fabrica de motos tradicionais mas sim um produtor de motos exclusivas recorrendo a algumas soluções nada convencionais, tentando dar o máximo de prazer de condução ao condutor apesar de utilizar motores existentes e de varias marcas...

Mais info: https://motomais.motosport.com.pt/noticias/sport/bimota-fabricante-italiano-de-motos-exclusivas-e-unicas/

Agora... para alguém que nunca soube o que foi a Bimota nem nunca se cruzou com uma... o mais certo seria imaginar colocar várias motos icónicas que foram aparecendo, colocando-as numa liquidificadora e esperar pelo resultado...


Mas voltando ao lado certo da questão...

Apesar de conhecer a marca e ter seguido alguns modelos, nunca tive curiosidade por aprofundar conhecimentos sobre esta marca.
Assim... desconhecia que um dos fundadores era o próprio Massimo Tamburini, que terá desenhado motos fantásticas para a Ducati...
Provavelmente por isso, alguns esquissos sobre uma provavel desportiva electrica da Ducati e que já foi falada aqui https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=2723.msg72898#msg72898 já seria possível ver algumas soluções típicas da Bimota...



Mantendo então o mesmo ADN que sempre caracterizou uma Bimota, tendo por base motores já existentes... será então nada surpreendente o motor ser o derivado da Kawasaki H2 (998cc com 231cv)... Daí a designação Bimota Tesi H2 ?!

Mas que é invulgar e "escanifobetica"... é!

nota: os modelos colocados na liquidificadora acima indicado foram propositados e dentro da mesma linha de pensamento... (se bem que praticamente bastava colocar a BMW K1300R e juntar-lhe umas carenagens junto ao guiador ou volante como alguns gostam de chamar...)

nota2: esqueci-me de mencionar que na liquidificadora foi acrescentado o escape duplo que foi agora retirado na nova Kawasaki Z1000SX...

nota3: talvez ainda fosse interessante colocar lá à mistura a Suzuki TL1000S
« Última modificação: Novembro 07, 2019, 00:13:28, 00:13 por 2low »


"É tudo uma cambada de pobretana [peço desculpa se ofendi alguém mas estava só a expressar a minha opinião]"
Obrigado Svitre pela ideia. :P

Novembro 07, 2019, 00:40:22, 00:40
Responder #2

carlos-kb

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 113
  • Marca Motociclo: Honda
  • Modelo Motociclo: VFR1200 F
  • Localidade: Lisboa
A pergunta que se impõe... a Bimota ainda mexe?   :pensador:

A última Bimota que vi "anunciada" e ao vivo foi também uma Tesi3D... a Race Café.



Depois disso, li algures que (mais uma vez) tinham fechado portas e cessado a (pequena) produção.

Curioso é pela primeira vez uma Tesi abandonar a motorização Ducati. E na realidade.... a mota conseguir ser tão ou mais medonha que a H2.

Entretanto vi a notíca de há pouco que o rumor da alienação da Bimota pela Kawa, está efectivamente concretizada e o relançamento da marca é feito precisamente em Rho... o que explica aquela mudança de motorização.

Edit: Preparem-se que as Bimota KB1 / KB2 / KB3... and so on (curioso acrónimo, hein?  :tornarseanjinho: ), vão começar por aí a saltar!!!  :D
« Última modificação: Novembro 07, 2019, 00:58:35, 00:58 por carlos-kb »

Novembro 07, 2019, 02:08:53, 02:08
Responder #3

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3550
Agora... para alguém que nunca soube o que foi a Bimota nem nunca se cruzou com uma... o mais certo seria imaginar colocar várias motos icónicas que foram aparecendo, colocando-as numa liquidificadora e esperar pelo resultado...

A tua metáfora sugere que a Bimota produzia mantas de retalhos pegando no melhor que outros produziam.
Não é bem assim.
Toda a concepção das motos era bastante original e muito do que produziram distinguia-se por sair fora dos padrões convencionais e até definir tendências.
Só ao nível da motorização é que dependiam sobretudo de fornecedores externos.
E porque uma das premissas passava por utilizar o "melhor" que existia no momento.

Há razões óbvias no que diz respeito a números assim com uma certa excentricidade na sobrealimentação para que tenha como por base a H2. Mas se considerarmos que o resultado será motos de 250kg há aqui algo de estranho.
Mas... para decorar garagens de coleccionadores isto será irrelevante.

Novembro 07, 2019, 15:09:38, 15:09
Responder #4

VCS

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 253
    • Offramp
  • Marca Motociclo: Vespa, Lambretta, Piaggio
  • Modelo Motociclo: GTS 300, Golden Special, X8
  • Localidade: Lisboa
Curioso é pela primeira vez uma Tesi abandonar a motorização Ducati. E na realidade.... a mota conseguir ser tão ou mais medonha que a H2.


Tenho ideia de uma primeira Tesi com motor Honda no fim dos anos 80... no tempo em que a única revista de motos que havia era a MotoJornal... mas confesso que não fui pesquisar, posso estar enganado.
Também podia ser uma HB qualquer e agora estar a confundir...
« Última modificação: Novembro 07, 2019, 15:11:40, 15:11 por VCS »

Novembro 07, 2019, 23:29:02, 23:29
Responder #5

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3550
Tenho ideia de uma primeira Tesi com motor Honda no fim dos anos 80...
(...)
Também podia ser uma HB qualquer e agora estar a confundir...

A Tesi penso que sempre foram Ducati, daí o 1D, 2D, 3D... assim como as sucessoras Vyrus.
A existir com Honda a lógica seria usarem o H ao invés do D. E não me ocorre nada do género.
As HB é que sempre foram Honda.. como as YB com Yamaha, DB com Ducati, KB com Kawasaki, SB com Suzuki...

Mas lá está, esta Tesi a seguir a lógica do passado seria uma Tesi 4K ou algo do género.
 :D

Novembro 08, 2019, 01:18:11, 01:18
Responder #6

2low

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2878
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Triumph
  • Modelo Motociclo: Sprint ST 1050 ABS (2006)
  • Localidade: Almada
Tenho ideia de uma primeira Tesi com motor Honda no fim dos anos 80...
(...)
Também podia ser uma HB qualquer e agora estar a confundir...

A Tesi penso que sempre foram Ducati, daí o 1D, 2D, 3D... assim como as sucessoras Vyrus.
A existir com Honda a lógica seria usarem o H ao invés do D. E não me ocorre nada do género.
As HB é que sempre foram Honda.. como as YB com Yamaha, DB com Ducati, KB com Kawasaki, SB com Suzuki...

Mas lá está, esta Tesi a seguir a lógica do passado seria uma Tesi 4K ou algo do género.
 :D

Pensas bem: https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Bimota_motorcycles

E a mais feia deve ter sido a DB3 Mantra:
(se bem que a traseira faz lembrar algumas cagivas)






O aspecto é tão engraçado que...




Mas com a nova HD, eu sabia que já tinha visto algo igualmente parecido em alguns pormenores e na mesma horrorosa...
(lá estão os arquitectos a verem coisas que mais ninguém vê...)


« Última modificação: Novembro 08, 2019, 01:43:31, 01:43 por 2low »


"É tudo uma cambada de pobretana [peço desculpa se ofendi alguém mas estava só a expressar a minha opinião]"
Obrigado Svitre pela ideia. :P

Novembro 08, 2019, 07:42:44, 07:42
Responder #7

Sapiens21

  • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

  • Offline
  • *****

  • 14263
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
A respeito do que se falava mais acima, deixo um link com a história da Bimota até há uns anos atrás...


É abordada a questão do uso de motor Honda, mais propriamente o 750 Four;
Também o facto de chegarem a ter um motor de produção própria V-Due, com 500cc...mas que teve produção que se saldou em apenas algumas centenas de unidades;
Fala da sua suspensão fora do normal e que marcou presença nos anos 80', substituindo os garfos telescópios por uma solução inteiramente diferente, ainda que comercialmente só tenha saído uns anos depiis;
São abordadas as dificuldades pelas quais passou esta marca, etc...

LINK:  https://www.motonline.com.br/noticia/um-pouco-de-historia-bimota/
"Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

Dalai Lama

Novembro 08, 2019, 11:36:13, 11:36
Responder #8

VCS

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 253
    • Offramp
  • Marca Motociclo: Vespa, Lambretta, Piaggio
  • Modelo Motociclo: GTS 300, Golden Special, X8
  • Localidade: Lisboa
Tenho ideia de uma primeira Tesi com motor Honda no fim dos anos 80...
(...)
Também podia ser uma HB qualquer e agora estar a confundir...

A Tesi penso que sempre foram Ducati, daí o 1D, 2D, 3D... assim como as sucessoras Vyrus.
A existir com Honda a lógica seria usarem o H ao invés do D. E não me ocorre nada do género.
As HB é que sempre foram Honda.. como as YB com Yamaha, DB com Ducati, KB com Kawasaki, SB com Suzuki...

Mas lá está, esta Tesi a seguir a lógica do passado seria uma Tesi 4K ou algo do género.
 :D

Não querendo teimar, parece-me que a gaveta da minha memória onde tinha isto arquivado tinha alguma razão de ser. O texto não é totalmente esclarecedor, mas se quiserem "escavar" um pouco mais talvez cheguemos a conclusões definitivas:
"(...) Beginning with the V4 Hondas (VFR 400 and 750), the Tesi project was moved on the Yamaha 5-valve engine and finally industrialising in the Ducati 851/904 engine five years later. Although the project was still futuristic, Bimota had wasted too much time and the Tesi failed its expectations becoming a collectible bike instead of a cash cow.(...)"


Se esta fonte está certa ou não, não sei garantir.
Mas lembro-me da tal revista Motojornal que quase juraria ser uma Tesi HB, que me parecia ser uma moto vinda do sec. XXII  :D.
Incrível como estas memórias ficam.

Edit: a fonte onde vi esta citação:
https://www.bennetts.co.uk/bikesocial/news-and-views/news/2017/september/bimota-the-rise-the-fall-and-their-10-most-significant-bikes
« Última modificação: Novembro 08, 2019, 11:38:26, 11:38 por VCS »

Novembro 08, 2019, 12:08:47, 12:08
Responder #9

VCS

  • Motociclista: 2 estrelas ❇❇

  • Offline
  • **

  • 253
    • Offramp
  • Marca Motociclo: Vespa, Lambretta, Piaggio
  • Modelo Motociclo: GTS 300, Golden Special, X8
  • Localidade: Lisboa

"(...) The first running Tesi prototype appeared soon after Marconi joined Bimota full-time in 1983 and was the focus of much attention when it was unveiled at the Milan Show that year. Powered by a VF400 Honda V4 engine, the Tesi 1 was a street bike that covered several thousand kilometres on the roads around Rimini as a rolling testbed, before ending up as a static exhibit in the factory lobby, when it was superseded by the Tesi 2.

This also employed a V4 Honda motor, but one of an entirely different nature – a full-race 750cc Honda factory race engine purchased directly from HRC for endurance racing in the TT F1 class, in which the radical Bimota made its debut at the Austrian round of the World Endurance championship in June 1985 in the hands of development riders Davide Tardozzi and Maurizio Rossi. The inevitable teething troubles manifested themselves before Rossi’s spectacular get-off that finally sidelined the bike. It next appeared in September’s Italian Endurance title round at Misano, when it went much better… until a valve dropped in the Honda engine.(...)

Podem ver o resto da história neste artigo da Classic Racer:
https://www.classicracer.com/bimota-tesi-yb/

 ;)

Novembro 09, 2019, 07:06:08, 07:06
Responder #10

dfelix

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 3550
Faz todo o sentido que o protótipo tivesse surgido com outras motorizações.
Até porque o projecto é anterior à passagem do autor pela Bimota... e a própria marca nunca teve pudor com essas escolhas.
 :nice:

O artigo é curioso, e tem piada o facto de terem chegado a usar o desmodue 400cc também!  :D

Novembro 09, 2019, 16:26:32, 16:26
Responder #11

TMaxer

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2641
  • Sexo
    Masculino

    Masculino

O stand da Bimota estava mesmo pegado ao da Kawazaki mas era radicamente diferente deste.




A mesma coisa acontecia na HD com a Livewire. Todo o stand da HD era escuro e o corner da LW era em paredes brancas retro-iluminadas como o da Bimoto




Esta Bimota esta espectacular... tirando o escape...  :zangadoplus: :zangadoplus: :toma: :toma:



















« Última modificação: Novembro 09, 2019, 16:53:18, 16:53 por TMaxer »
Ducati Multistrada 1200S

Novembro 11, 2019, 12:25:08, 12:25
Responder #12

JViegas

  • Motociclista: 4 estrelas ❇❇❇❇

  • Offline
  • ****

  • 2493
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Esta é uma mota que eu levaria muito tempo a apreciar. Tem tanto para "aprender" que prende o olhar seja em que angulo for. Concordo com o escape... blhraaaggg  :confused: