Autor Tópico: UM Renegade Vs MITT 125MB  (Lida 349 vezes)

Fevereiro 14, 2021, 10:43:16, 10:43
Lida 349 vezes

dnandes

  • Motociclista: 1 estrela ❇

  • Offline
  • *

  • 17
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Marca Motociclo: Apeado
  • Modelo Motociclo: Apeado
  • Localidade: Vila do Conde
Bom dia rapaziada

Tal como disse na apresentação, estou para arranjar uma 125cc para ver se a moto se vai enquadrar no ritmo de vida que temos aqui em casa nomeadamente no que diz respeito aos pequenos.
Ontem devido ao confinamento, acabei por visitar apenas um stand onde estive a ver as UM Renegade nas versões Commando, Classic e Vegas.
De facto são 3 maquinões e depois de estar sentado em cima delas já me imaginava a fazer as deslocações casa trabalho, trabalho casa numa daquelas meninas, assim como a passear ao fim de semana com a minha senhora até à beira mar ou ate mesmo a passear pelo Gerês.
Em termos de valores ficam assim desta forma.

    • Classic: 3099€



    • Commando: 2899€



    • Vegas: 3090€

    Ao valor final soma-se então 340€ de para registos e documentação.
    De ter em atenção de que são os modelos base, sem qualquer tipo de extras como as malas por exemplo.

    No stand ainda tem a oferta do primeiro capacete e na compra do segundo, fazem a preço de revenda.

    OK! Até aqui tudo muito bem...

    Quero ver se amanhã ou o mais tardar na 3a feira se consigo ir a Famalicão para ir a um stand ver a MITT 125 MB



    Esta menina está a venda por 3150€ mais documentação.
    Em ambos os casos, ou seja, em ambos os stands fazem financiamento e tem disponibilidade imediata no veículo.

    Agora... Agora pergunto.
    De entre estas qual escolheriam?! Dado que, e repito, não será para andar nas loucuras de velocidades, será para uma deslocação casa-trabalho-casa e passeios ao fim de semana com a esposa se o tempo assim permitir e ainda não sabemos se a moto se vai enquadrar no ritmo de vida.
    Se a moto se enquadrar e virmos que será uma mais valia, aí sim, depois tiro a carta e passo para uma moto de cilindrada superior...

    Obrigado desde já e boas curvas!

    Fevereiro 14, 2021, 11:09:00, 11:09
    Responder #1

    Sapiens21

    • Motociclista: 5 estrelas ❇❇❇❇❇

    • Offline
    • *****

    • 17330
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Texto Pessoal
      Queira o bem. Faça o bem. O resto vem...
    A UM Vegas tem um estilo muito bem conseguido, com um preço que diria ser 'ajustado'.  :nice:

    Dentro desses preços e dessas marcas menos implantadas no mercado, uma das que mais gosto (pelo design, atenção) é a Mash Dirt Track 125cc.
    Sei que é diferente do estilo que aqui indicas, mas está muito bem conseguida.  :nice:

    Se é para passear com a tua senhora, nada como lhe proporcionar então o mínimo de condições (conforto, entenda-se), o que a Commando e sobretudo a Classic me parece que permitem dar logo de série.  :nice:
    "Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los.
    Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro."

    Dalai Lama

    Fevereiro 14, 2021, 11:17:21, 11:17
    Responder #2

    dnandes

    • Motociclista: 1 estrela ❇

    • Offline
    • *

    • 17
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Marca Motociclo: Apeado
    • Modelo Motociclo: Apeado
    • Localidade: Vila do Conde
    A UM Vegas tem um estilo muito bem conseguido, com um preço que diria ser 'ajustado'.  :nice:

    Dentro desses preços e dessas marcas menos implantadas no mercado, uma das que mais gosto (pelo design, atenção) é a Mash Dirt Track 125cc.
    Sei que é diferente do estilo que aqui indicas, mas está muito bem conseguida.  :nice:

    Se é para passear com a tua senhora, nada como lhe proporcionar então o mínimo de condições (conforto, entenda-se), o que a Commando e sobretudo a Classic me parece que permitem dar logo de série.  :nice:

    A Vegas tem a vantagem de ter o banco de pendura que pode ser facilmente aplicado e vem já de série. Em termos de conforto no banco a Vegas em relação à Commando é mais almofadado, já vem com sistema de iluminação Led, coisa que na Commando e na Classic os médios por exemplo são em lâmpadas H4 além de outro pormenores o que faz essa diferença de valores.
    Fisicamente a Vegas e a Commando são as que mais nos agradaram, e em termos estético as linhas vermelhas da Vegas dão um toque refinado enquanto que a Commando fica com o estilo “bad ass” tipo WWII.
    Quanto à Mash, a esposa não gosta do estilo café racer, diz que lhe faz lembrar a Zundapp de 1975 do avô. Desse estilo já tínhamos visto a Brixton 125cc e ela torceu logo o nariz... :lolol: :lolol: :lolol:
    « Última modificação: Fevereiro 14, 2021, 11:22:08, 11:22 por dnandes »

    Fevereiro 14, 2021, 11:25:34, 11:25
    Responder #3

    dnandes

    • Motociclista: 1 estrela ❇

    • Offline
    • *

    • 17
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Marca Motociclo: Apeado
    • Modelo Motociclo: Apeado
    • Localidade: Vila do Conde
    Deixo aqui um link com o comparativo das duas

    https://www.motofichas.com/comparativa/um-motorcycles/renegade-vegas/mitt/125-mb-2019

    Eu sendo leigo no que diz respeito a mecânica e no que diz respeito a motos ainda mais... digam-me de vossa justiça!

    Fevereiro 14, 2021, 11:42:07, 11:42
    Responder #4

    pjmartinho

    • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

    • Offline
    • ***

    • 1337
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Marca Motociclo: Honda
    • Modelo Motociclo: ST1100
    • Localidade: Por aí...

    Fevereiro 14, 2021, 12:24:16, 12:24
    Responder #5

    dnandes

    • Motociclista: 1 estrela ❇

    • Offline
    • *

    • 17
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Marca Motociclo: Apeado
    • Modelo Motociclo: Apeado
    • Localidade: Vila do Conde
    Qual a diferença de 1 para 2 cilindros!?
    Menos esforço do motor!?

    (Vê-se mesmo que não percebo nada disto)
    « Última modificação: Fevereiro 14, 2021, 12:55:08, 12:55 por dnandes »

    Fevereiro 14, 2021, 14:48:25, 14:48
    Responder #6

    JoãoPVCarvalho

    • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

    • Online
    • ***

    • 1372
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Texto Pessoal
      Bicho Raro
    • Marca Motociclo: Moto Guzzi
    • Modelo Motociclo: V85TT
    • Localidade: Benavente
    Boas companheiro,

    Eu fui o feliz proprietário de uma UM Renegade Classic e posso garantir que a mota é robusta apesar das limitações características de uma 125cc, mas atenção, a UM deixou de fabricar na Índia e está agora a fabricar salvo erro no Bangladesh. A minha no espaço de um ano fez quase 12.000kms e teve apenas uma avaria que foi prontamente assumida pela garantia, mas implicou 15 dias de espera pela bomba de gasolina que tinha avariado. Um problema desta mota são os pneus. Se em piso seco, tendo em conta a performance da mota até cumprem, em piso molhado devia ser proibido circular com aquilo na via publica de tão maus que são.
    Tirando estes contratempos, a mota proporcionou-me, muitos quilómetros de prazer.

    Deixo aqui um relato da maior viagem que fiz com ela:

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=4176.0



    Contudo tenho de te alertar que o banco do pendura para utilizações mais demoradas não é nada confortável mas, tudo se pode resolver, eu adoptei esta solução e resultou muito bem.

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=3847.0

    A MITT MB é na minha opinião muito mais apelativa. tive a oportunidade de fazer test drive na 125cc e na 400cc. O que te posso dizer é que a 125cc é bem mais leve que a UM, o que logo à partida é uma vantagem, depois o motor bi-cilindrico tem vantagens relativamente ao mono-cilíndrico. Começa logo por produzir menos vibrações, algo que a partir de determinada rotação se nota bastante na UM, a Mitt tem também um Torque mais interessante se bem que pouco difere da UM que em mudanças baixas tem muita força. O problema delas é sempre a falta de rapidez nas recuperações e a limitação na velocidade de ponta.

    Para circular em Nacionais são porreiras desde que não tenhas pressas e estejas disposto a esperar "por vezes muito tempo" até surgir a oportunidade para ultrapassar.
    As subidas longas ou muito íngremes, fazem-se mas não deixam de acarretar alguns riscos, especialmente quando somos ultrapassados por veículos pesados.
    Autoestrada, fiz muita, mesmo muita com a UM, no Odometro encostava nos 120kmh, a sensação era que estava parado.

    Voltando à MITT, só a testei sem pendura e constatei que de facto era um pouco mais rápida que a UM e a ciclístia mais agradável. Ainda que a travagem não fosse tão eficaz, toda a posição de condução era melhor e a abordagem às curvas em baixa velocidade muito mais fácil. Em termos de acabamentos não notei diferenças que possa apontar. Alerto contudo que a falta do encosto traseiro pode fazer muita diferença para o conforto do pendura.

    Em termos de representação e assistência a UM tem mais mas, a CFMoto está a crescer exponencialmente em Portugal, portanto por aí não terás grandes problemas.

    A UM já tem provas dadas com os seus vários modelos, a MITT ainda não teve essa oportunidade.
    A UM tem mais modelos disponíveis e todos na mesma faixa de preços, dá uma vista de olhos também na Sport S que a meu ver é a mais bonita de todas as cruiser 125CC.

    Podes ver aqui o ultimo passeio que fizemos com a Sport S... O Covid não tem deixado fazer mais!

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=7499.0

    Espero ter ajudado.
    Um planeamento cuidado é meio caminho andado.✌
    by JDilemas

    Fevereiro 14, 2021, 18:17:39, 18:17
    Responder #7

    dnandes

    • Motociclista: 1 estrela ❇

    • Offline
    • *

    • 17
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Marca Motociclo: Apeado
    • Modelo Motociclo: Apeado
    • Localidade: Vila do Conde
    Boas companheiro,

    Eu fui o feliz proprietário de uma UM Renegade Classic e posso garantir que a mota é robusta apesar das limitações características de uma 125cc, mas atenção, a UM deixou de fabricar na Índia e está agora a fabricar salvo erro no Bangladesh. A minha no espaço de um ano fez quase 12.000kms e teve apenas uma avaria que foi prontamente assumida pela garantia, mas implicou 15 dias de espera pela bomba de gasolina que tinha avariado. Um problema desta mota são os pneus. Se em piso seco, tendo em conta a performance da mota até cumprem, em piso molhado devia ser proibido circular com aquilo na via publica de tão maus que são.
    Tirando estes contratempos, a mota proporcionou-me, muitos quilómetros de prazer.

    Deixo aqui um relato da maior viagem que fiz com ela:

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=4176.0

    Contudo tenho de te alertar que o banco do pendura para utilizações mais demoradas não é nada confortável mas, tudo se pode resolver, eu adoptei esta solução e resultou muito bem.

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=3847.0

    A MITT MB é na minha opinião muito mais apelativa. tive a oportunidade de fazer test drive na 125cc e na 400cc. O que te posso dizer é que a 125cc é bem mais leve que a UM, o que logo à partida é uma vantagem, depois o motor bi-cilindrico tem vantagens relativamente ao mono-cilíndrico. Começa logo por produzir menos vibrações, algo que a partir de determinada rotação se nota bastante na UM, a Mitt tem também um Torque mais interessante se bem que pouco difere da UM que em mudanças baixas tem muita força. O problema delas é sempre a falta de rapidez nas recuperações e a limitação na velocidade de ponta.

    Para circular em Nacionais são porreiras desde que não tenhas pressas e estejas disposto a esperar "por vezes muito tempo" até surgir a oportunidade para ultrapassar.
    As subidas longas ou muito íngremes, fazem-se mas não deixam de acarretar alguns riscos, especialmente quando somos ultrapassados por veículos pesados.
    Autoestrada, fiz muita, mesmo muita com a UM, no Odometro encostava nos 120kmh, a sensação era que estava parado.

    Voltando à MITT, só a testei sem pendura e constatei que de facto era um pouco mais rápida que a UM e a ciclístia mais agradável. Ainda que a travagem não fosse tão eficaz, toda a posição de condução era melhor e a abordagem às curvas em baixa velocidade muito mais fácil. Em termos de acabamentos não notei diferenças que possa apontar. Alerto contudo que a falta do encosto traseiro pode fazer muita diferença para o conforto do pendura.

    Em termos de representação e assistência a UM tem mais mas, a CFMoto está a crescer exponencialmente em Portugal, portanto por aí não terás grandes problemas.

    A UM já tem provas dadas com os seus vários modelos, a MITT ainda não teve essa oportunidade.
    A UM tem mais modelos disponíveis e todos na mesma faixa de preços, dá uma vista de olhos também na Sport S que a meu ver é a mais bonita de todas as cruiser 125CC.

    Podes ver aqui o ultimo passeio que fizemos com a Sport S... O Covid não tem deixado fazer mais!

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=7499.0

    Espero ter ajudado.


    Boas

    Antes de mais muito obrigado pelo comentário.

    Em relação aos posts das histórias, só tenho a agradecer a partilha, mas por acaso já os tinha cuscado! Os meus parabéns pelos relatos! além de detalhados tem dado para ter mais ou menos uma ideia do que podemos contar com estas máquinas.
    A ideia não vai ser para andar a fazer "corridas" de auto estrada, se bem que na deslocação casa trabalho/trabalho casa, vou fazer uma parte do trajecto pela A28. o tempo de deslocação de carro neste trajecto, é de cerca de 15/20min e os passeios depois para dar com a esposa claro que será para desfrutar os caminhos das estradas nacionais e tudo mais aquilo que se consiga ver.
    Por acaso o responsável do stand onde falei, Moto Ventura na Póvoa de Varzim, também nos falou da Sport e da Sport S, só que no caso da Sport, achamos (eu e a esposa que foi comigo ver a moto) a mota um pouco mais pequena e no caso da Sport S passo a citar a resposta da esposa: "Aquele farolim parece saído do filme Wallie em que mais parece a cabeça de um robot. Não gosto!"  :megafeliz: :megafeliz:
    Então como tal mantivemos a olhar para Commando e Classic.
    Apesar de ambas serem "basicamente" igual, o que são em termos de motor, o exterior mais apelativo foi mesmo o da Commando (estilo mais "desportivo" e menos "old school"
    3.
    Quando estávamos para sair, o sr da loja (não me lembro se era João ou Rui), disse que estavam a acabar de montar uma Vegas e perguntou se queríamos ver a moto.
    "Vamos nisso!" respondi eu logo de seguida!

    Bem... O contraste das linhas vermelhas no preto matte da moto, o farolim em LED, o facto de poder ter assentos para um ou dois passageiros (embora não tenha o apoio de costas), o assento ser mais suave (quer eu quer a esposa gostamos da diferença) e outros pormenores como os piscas, suporte para a matricula, o tipo de volante..... Acabou por nos mudar um pouco a ideia para a Vegas (mais cara INFELIZMENTE! Mas o olho só foge para o que é caro :lolol: :lolol:  Uma diferença de 190€)

    A MITT não sei onde ou se há representação aqui no norte. O Vendedor pode ser somente vendedor e não sei ao certo se tem oficina...
    Ainda não me sentei sequer em nenhuma para ver o nível de conforto pelo menos. Bem que vou tentar pelo menos negociar com o vendedor depois a ver se dá algum jeitinho no preço! LOOOL

    Na tua opinião então a melhor sugestão seria a MITT?!

    Fevereiro 14, 2021, 19:21:41, 19:21
    Responder #8

    JoãoPVCarvalho

    • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

    • Online
    • ***

    • 1372
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Texto Pessoal
      Bicho Raro
    • Marca Motociclo: Moto Guzzi
    • Modelo Motociclo: V85TT
    • Localidade: Benavente
    Boas companheiro,

    Eu fui o feliz proprietário de uma UM Renegade Classic e posso garantir que a mota é robusta apesar das limitações características de uma 125cc, mas atenção, a UM deixou de fabricar na Índia e está agora a fabricar salvo erro no Bangladesh. A minha no espaço de um ano fez quase 12.000kms e teve apenas uma avaria que foi prontamente assumida pela garantia, mas implicou 15 dias de espera pela bomba de gasolina que tinha avariado. Um problema desta mota são os pneus. Se em piso seco, tendo em conta a performance da mota até cumprem, em piso molhado devia ser proibido circular com aquilo na via publica de tão maus que são.
    Tirando estes contratempos, a mota proporcionou-me, muitos quilómetros de prazer.

    Deixo aqui um relato da maior viagem que fiz com ela:

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=4176.0

    Contudo tenho de te alertar que o banco do pendura para utilizações mais demoradas não é nada confortável mas, tudo se pode resolver, eu adoptei esta solução e resultou muito bem.

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=3847.0

    A MITT MB é na minha opinião muito mais apelativa. tive a oportunidade de fazer test drive na 125cc e na 400cc. O que te posso dizer é que a 125cc é bem mais leve que a UM, o que logo à partida é uma vantagem, depois o motor bi-cilindrico tem vantagens relativamente ao mono-cilíndrico. Começa logo por produzir menos vibrações, algo que a partir de determinada rotação se nota bastante na UM, a Mitt tem também um Torque mais interessante se bem que pouco difere da UM que em mudanças baixas tem muita força. O problema delas é sempre a falta de rapidez nas recuperações e a limitação na velocidade de ponta.

    Para circular em Nacionais são porreiras desde que não tenhas pressas e estejas disposto a esperar "por vezes muito tempo" até surgir a oportunidade para ultrapassar.
    As subidas longas ou muito íngremes, fazem-se mas não deixam de acarretar alguns riscos, especialmente quando somos ultrapassados por veículos pesados.
    Autoestrada, fiz muita, mesmo muita com a UM, no Odometro encostava nos 120kmh, a sensação era que estava parado.

    Voltando à MITT, só a testei sem pendura e constatei que de facto era um pouco mais rápida que a UM e a ciclístia mais agradável. Ainda que a travagem não fosse tão eficaz, toda a posição de condução era melhor e a abordagem às curvas em baixa velocidade muito mais fácil. Em termos de acabamentos não notei diferenças que possa apontar. Alerto contudo que a falta do encosto traseiro pode fazer muita diferença para o conforto do pendura.

    Em termos de representação e assistência a UM tem mais mas, a CFMoto está a crescer exponencialmente em Portugal, portanto por aí não terás grandes problemas.

    A UM já tem provas dadas com os seus vários modelos, a MITT ainda não teve essa oportunidade.
    A UM tem mais modelos disponíveis e todos na mesma faixa de preços, dá uma vista de olhos também na Sport S que a meu ver é a mais bonita de todas as cruiser 125CC.

    Podes ver aqui o ultimo passeio que fizemos com a Sport S... O Covid não tem deixado fazer mais!

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=7499.0

    Espero ter ajudado.


    Boas

    Antes de mais muito obrigado pelo comentário.

    Em relação aos posts das histórias, só tenho a agradecer a partilha, mas por acaso já os tinha cuscado! Os meus parabéns pelos relatos! além de detalhados tem dado para ter mais ou menos uma ideia do que podemos contar com estas máquinas.
    A ideia não vai ser para andar a fazer "corridas" de auto estrada, se bem que na deslocação casa trabalho/trabalho casa, vou fazer uma parte do trajecto pela A28. o tempo de deslocação de carro neste trajecto, é de cerca de 15/20min e os passeios depois para dar com a esposa claro que será para desfrutar os caminhos das estradas nacionais e tudo mais aquilo que se consiga ver.
    Por acaso o responsável do stand onde falei, Moto Ventura na Póvoa de Varzim, também nos falou da Sport e da Sport S, só que no caso da Sport, achamos (eu e a esposa que foi comigo ver a moto) a mota um pouco mais pequena e no caso da Sport S passo a citar a resposta da esposa: "Aquele farolim parece saído do filme Wallie em que mais parece a cabeça de um robot. Não gosto!"  :megafeliz: :megafeliz:
    Então como tal mantivemos a olhar para Commando e Classic.
    Apesar de ambas serem "basicamente" igual, o que são em termos de motor, o exterior mais apelativo foi mesmo o da Commando (estilo mais "desportivo" e menos "old school"
    3.
    Quando estávamos para sair, o sr da loja (não me lembro se era João ou Rui), disse que estavam a acabar de montar uma Vegas e perguntou se queríamos ver a moto.
    "Vamos nisso!" respondi eu logo de seguida!

    Bem... O contraste das linhas vermelhas no preto matte da moto, o farolim em LED, o facto de poder ter assentos para um ou dois passageiros (embora não tenha o apoio de costas), o assento ser mais suave (quer eu quer a esposa gostamos da diferença) e outros pormenores como os piscas, suporte para a matricula, o tipo de volante..... Acabou por nos mudar um pouco a ideia para a Vegas (mais cara INFELIZMENTE! Mas o olho só foge para o que é caro ol: ol:  Uma diferença de 190€)

    A MITT não sei onde ou se há representação aqui no norte. O Vendedor pode ser somente vendedor e não sei ao certo se tem oficina...
    Ainda não me sentei sequer em nenhuma para ver o nível de conforto pelo menos. Bem que vou tentar pelo menos negociar com o vendedor depois a ver se dá algum jeitinho no preço! LOOOL

    Na tua opinião então a melhor sugestão seria a MITT?!
    Companheiro não sei se a MITT é melhor ou não. Como descrevi, tenho uma boa experiência com a UM, enquanto a MITT apenas fiz teste drive.
    Se fosse escolher pelos argumentos que anunciam, não tenho dúvidas que optava pela MITT. Se a escolha fosse racional iria optar por aquilo que sei que dá garantias de fiabilidade, ou seja, a experiência que tenho é com a UM e é positiva.

    Quanto aos gosto nada a dizer, mas atenção que as diferenças entre a Classic e a Sport vão para além da estética.
    Primeiro a Sport S é mais leve que a Classic, e acredita que na estrada se nota.
    Há por aqui malta que nos acompanhou a um passeio ao Alqueva e pode constatar que nas subidas a Sport S se aguenta melhor. Depois tens diferenças nas jantes e dimensões dos pneus. O farol é igual ao das outras, a diferença é apenas a protecção plástica que pode ser removida.
    Tem ainda outra vantagem relativamente à Classic. A posição do odometro na classic torna-o praticamente inútil em andamento para além de produzir um fenómeno bastante incómodo. Em primeiro lugar fica fora do campo de visão e em segundo lugar quando o Sol vai alto provoca um encadeamento constante do condutor.
    Na altura em que comprei a minha também fui seduzido pelo aspecto chopper da máquina mas como o companheiro @José nunes  comprou a dele ao mesmo tempo que eu, fizemos muitos kms juntos e deu para perceber as diferenças.
    Depois tens ainda a questão da bagagem.
    Para a classic também existe da Shad mas fica horrível e os alforges de origem são muito giros mas caríssimos e não tranca.

    Honestamente, mesmo optando por uma UM, nos dias de hoje não escolhia a Classic. Dentro do estilo custom ou seria a Sport S ou a Vegas. Mas para mim a melhor é mais polivalente de todas é a UM DSR Adventure.


    Deixo aqui mais umas fotos só para aguçar o bichinho da UM.

    Enviado do meu VOG-L29 através do Tapatalk

    Um planeamento cuidado é meio caminho andado.✌
    by JDilemas

    Fevereiro 14, 2021, 20:06:59, 20:06
    Responder #9

    dnandes

    • Motociclista: 1 estrela ❇

    • Offline
    • *

    • 17
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Marca Motociclo: Apeado
    • Modelo Motociclo: Apeado
    • Localidade: Vila do Conde
    Boas companheiro,

    Eu fui o feliz proprietário de uma UM Renegade Classic e posso garantir que a mota é robusta apesar das limitações características de uma 125cc, mas atenção, a UM deixou de fabricar na Índia e está agora a fabricar salvo erro no Bangladesh. A minha no espaço de um ano fez quase 12.000kms e teve apenas uma avaria que foi prontamente assumida pela garantia, mas implicou 15 dias de espera pela bomba de gasolina que tinha avariado. Um problema desta mota são os pneus. Se em piso seco, tendo em conta a performance da mota até cumprem, em piso molhado devia ser proibido circular com aquilo na via publica de tão maus que são.
    Tirando estes contratempos, a mota proporcionou-me, muitos quilómetros de prazer.

    Deixo aqui um relato da maior viagem que fiz com ela:

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=4176.0

    Contudo tenho de te alertar que o banco do pendura para utilizações mais demoradas não é nada confortável mas, tudo se pode resolver, eu adoptei esta solução e resultou muito bem.

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=3847.0

    A MITT MB é na minha opinião muito mais apelativa. tive a oportunidade de fazer test drive na 125cc e na 400cc. O que te posso dizer é que a 125cc é bem mais leve que a UM, o que logo à partida é uma vantagem, depois o motor bi-cilindrico tem vantagens relativamente ao mono-cilíndrico. Começa logo por produzir menos vibrações, algo que a partir de determinada rotação se nota bastante na UM, a Mitt tem também um Torque mais interessante se bem que pouco difere da UM que em mudanças baixas tem muita força. O problema delas é sempre a falta de rapidez nas recuperações e a limitação na velocidade de ponta.

    Para circular em Nacionais são porreiras desde que não tenhas pressas e estejas disposto a esperar "por vezes muito tempo" até surgir a oportunidade para ultrapassar.
    As subidas longas ou muito íngremes, fazem-se mas não deixam de acarretar alguns riscos, especialmente quando somos ultrapassados por veículos pesados.
    Autoestrada, fiz muita, mesmo muita com a UM, no Odometro encostava nos 120kmh, a sensação era que estava parado.

    Voltando à MITT, só a testei sem pendura e constatei que de facto era um pouco mais rápida que a UM e a ciclístia mais agradável. Ainda que a travagem não fosse tão eficaz, toda a posição de condução era melhor e a abordagem às curvas em baixa velocidade muito mais fácil. Em termos de acabamentos não notei diferenças que possa apontar. Alerto contudo que a falta do encosto traseiro pode fazer muita diferença para o conforto do pendura.

    Em termos de representação e assistência a UM tem mais mas, a CFMoto está a crescer exponencialmente em Portugal, portanto por aí não terás grandes problemas.

    A UM já tem provas dadas com os seus vários modelos, a MITT ainda não teve essa oportunidade.
    A UM tem mais modelos disponíveis e todos na mesma faixa de preços, dá uma vista de olhos também na Sport S que a meu ver é a mais bonita de todas as cruiser 125CC.

    Podes ver aqui o ultimo passeio que fizemos com a Sport S... O Covid não tem deixado fazer mais!

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=7499.0

    Espero ter ajudado.


    Boas

    Antes de mais muito obrigado pelo comentário.

    Em relação aos posts das histórias, só tenho a agradecer a partilha, mas por acaso já os tinha cuscado! Os meus parabéns pelos relatos! além de detalhados tem dado para ter mais ou menos uma ideia do que podemos contar com estas máquinas.
    A ideia não vai ser para andar a fazer "corridas" de auto estrada, se bem que na deslocação casa trabalho/trabalho casa, vou fazer uma parte do trajecto pela A28. o tempo de deslocação de carro neste trajecto, é de cerca de 15/20min e os passeios depois para dar com a esposa claro que será para desfrutar os caminhos das estradas nacionais e tudo mais aquilo que se consiga ver.
    Por acaso o responsável do stand onde falei, Moto Ventura na Póvoa de Varzim, também nos falou da Sport e da Sport S, só que no caso da Sport, achamos (eu e a esposa que foi comigo ver a moto) a mota um pouco mais pequena e no caso da Sport S passo a citar a resposta da esposa: "Aquele farolim parece saído do filme Wallie em que mais parece a cabeça de um robot. Não gosto!"  :megafeliz: :megafeliz:
    Então como tal mantivemos a olhar para Commando e Classic.
    Apesar de ambas serem "basicamente" igual, o que são em termos de motor, o exterior mais apelativo foi mesmo o da Commando (estilo mais "desportivo" e menos "old school"
    3.
    Quando estávamos para sair, o sr da loja (não me lembro se era João ou Rui), disse que estavam a acabar de montar uma Vegas e perguntou se queríamos ver a moto.
    "Vamos nisso!" respondi eu logo de seguida!

    Bem... O contraste das linhas vermelhas no preto matte da moto, o farolim em LED, o facto de poder ter assentos para um ou dois passageiros (embora não tenha o apoio de costas), o assento ser mais suave (quer eu quer a esposa gostamos da diferença) e outros pormenores como os piscas, suporte para a matricula, o tipo de volante..... Acabou por nos mudar um pouco a ideia para a Vegas (mais cara INFELIZMENTE! Mas o olho só foge para o que é caro ol: ol:  Uma diferença de 190€)

    A MITT não sei onde ou se há representação aqui no norte. O Vendedor pode ser somente vendedor e não sei ao certo se tem oficina...
    Ainda não me sentei sequer em nenhuma para ver o nível de conforto pelo menos. Bem que vou tentar pelo menos negociar com o vendedor depois a ver se dá algum jeitinho no preço! LOOOL

    Na tua opinião então a melhor sugestão seria a MITT?!
    Companheiro não sei se a MITT é melhor ou não. Como descrevi, tenho uma boa experiência com a UM, enquanto a MITT apenas fiz teste drive.
    Se fosse escolher pelos argumentos que anunciam, não tenho dúvidas que optava pela MITT. Se a escolha fosse racional iria optar por aquilo que sei que dá garantias de fiabilidade, ou seja, a experiência que tenho é com a UM e é positiva.

    Quanto aos gosto nada a dizer, mas atenção que as diferenças entre a Classic e a Sport vão para além da estética.
    Primeiro a Sport S é mais leve que a Classic, e acredita que na estrada se nota.
    Há por aqui malta que nos acompanhou a um passeio ao Alqueva e pode constatar que nas subidas a Sport S se aguenta melhor. Depois tens diferenças nas jantes e dimensões dos pneus. O farol é igual ao das outras, a diferença é apenas a protecção plástica que pode ser removida.
    Tem ainda outra vantagem relativamente à Classic. A posição do odometro na classic torna-o praticamente inútil em andamento para além de produzir um fenómeno bastante incómodo. Em primeiro lugar fica fora do campo de visão e em segundo lugar quando o Sol vai alto provoca um encadeamento constante do condutor.
    Na altura em que comprei a minha também fui seduzido pelo aspecto chopper da máquina mas como o companheiro @José nunes  comprou a dele ao mesmo tempo que eu, fizemos muitos kms juntos e deu para perceber as diferenças.
    Depois tens ainda a questão da bagagem.
    Para a classic também existe da Shad mas fica horrível e os alforges de origem são muito giros mas caríssimos e não tranca.

    Honestamente, mesmo optando por uma UM, nos dias de hoje não escolhia a Classic. Dentro do estilo custom ou seria a Sport S ou a Vegas. Mas para mim a melhor é mais polivalente de todas é a UM DSR Adventure.


    Deixo aqui mais umas fotos só para aguçar o bichinho da UM.

    Enviado do meu VOG-L29 através do Tapatalk

    Depois de ver a Commando e a Classic, a DSR pela minha esposa que tb a vai conduzir, embora bem menos do que eu, ficou posta de lado.
    Uma das diferenças que notei entre a Commando e a Vegas e que no meu ponto de vista faz muita diferença, o odómetro está na Commando no depósito e na Vegas está no guiador. O facto do odómetro se encontrar no depósito e sendo eu instrutor de mergulho, sei que depois com o capacete não vai ser fácil de ver devido à curta visibilidade.

    Fevereiro 14, 2021, 20:13:35, 20:13
    Responder #10

    JoãoPVCarvalho

    • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

    • Online
    • ***

    • 1372
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Texto Pessoal
      Bicho Raro
    • Marca Motociclo: Moto Guzzi
    • Modelo Motociclo: V85TT
    • Localidade: Benavente
    Boas companheiro,

    Eu fui o feliz proprietário de uma UM Renegade Classic e posso garantir que a mota é robusta apesar das limitações características de uma 125cc, mas atenção, a UM deixou de fabricar na Índia e está agora a fabricar salvo erro no Bangladesh. A minha no espaço de um ano fez quase 12.000kms e teve apenas uma avaria que foi prontamente assumida pela garantia, mas implicou 15 dias de espera pela bomba de gasolina que tinha avariado. Um problema desta mota são os pneus. Se em piso seco, tendo em conta a performance da mota até cumprem, em piso molhado devia ser proibido circular com aquilo na via publica de tão maus que são.
    Tirando estes contratempos, a mota proporcionou-me, muitos quilómetros de prazer.

    Deixo aqui um relato da maior viagem que fiz com ela:

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=4176.0

    Contudo tenho de te alertar que o banco do pendura para utilizações mais demoradas não é nada confortável mas, tudo se pode resolver, eu adoptei esta solução e resultou muito bem.

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=3847.0

    A MITT MB é na minha opinião muito mais apelativa. tive a oportunidade de fazer test drive na 125cc e na 400cc. O que te posso dizer é que a 125cc é bem mais leve que a UM, o que logo à partida é uma vantagem, depois o motor bi-cilindrico tem vantagens relativamente ao mono-cilíndrico. Começa logo por produzir menos vibrações, algo que a partir de determinada rotação se nota bastante na UM, a Mitt tem também um Torque mais interessante se bem que pouco difere da UM que em mudanças baixas tem muita força. O problema delas é sempre a falta de rapidez nas recuperações e a limitação na velocidade de ponta.

    Para circular em Nacionais são porreiras desde que não tenhas pressas e estejas disposto a esperar "por vezes muito tempo" até surgir a oportunidade para ultrapassar.
    As subidas longas ou muito íngremes, fazem-se mas não deixam de acarretar alguns riscos, especialmente quando somos ultrapassados por veículos pesados.
    Autoestrada, fiz muita, mesmo muita com a UM, no Odometro encostava nos 120kmh, a sensação era que estava parado.

    Voltando à MITT, só a testei sem pendura e constatei que de facto era um pouco mais rápida que a UM e a ciclístia mais agradável. Ainda que a travagem não fosse tão eficaz, toda a posição de condução era melhor e a abordagem às curvas em baixa velocidade muito mais fácil. Em termos de acabamentos não notei diferenças que possa apontar. Alerto contudo que a falta do encosto traseiro pode fazer muita diferença para o conforto do pendura.

    Em termos de representação e assistência a UM tem mais mas, a CFMoto está a crescer exponencialmente em Portugal, portanto por aí não terás grandes problemas.

    A UM já tem provas dadas com os seus vários modelos, a MITT ainda não teve essa oportunidade.
    A UM tem mais modelos disponíveis e todos na mesma faixa de preços, dá uma vista de olhos também na Sport S que a meu ver é a mais bonita de todas as cruiser 125CC.

    Podes ver aqui o ultimo passeio que fizemos com a Sport S... O Covid não tem deixado fazer mais!

    https://www.clubeportuguesmotociclismo.pt/index.php?topic=7499.0

    Espero ter ajudado.


    Boas

    Antes de mais muito obrigado pelo comentário.

    Em relação aos posts das histórias, só tenho a agradecer a partilha, mas por acaso já os tinha cuscado! Os meus parabéns pelos relatos! além de detalhados tem dado para ter mais ou menos uma ideia do que podemos contar com estas máquinas.
    A ideia não vai ser para andar a fazer "corridas" de auto estrada, se bem que na deslocação casa trabalho/trabalho casa, vou fazer uma parte do trajecto pela A28. o tempo de deslocação de carro neste trajecto, é de cerca de 15/20min e os passeios depois para dar com a esposa claro que será para desfrutar os caminhos das estradas nacionais e tudo mais aquilo que se consiga ver.
    Por acaso o responsável do stand onde falei, Moto Ventura na Póvoa de Varzim, também nos falou da Sport e da Sport S, só que no caso da Sport, achamos (eu e a esposa que foi comigo ver a moto) a mota um pouco mais pequena e no caso da Sport S passo a citar a resposta da esposa: "Aquele farolim parece saído do filme Wallie em que mais parece a cabeça de um robot. Não gosto!"  :megafeliz: :megafeliz:
    Então como tal mantivemos a olhar para Commando e Classic.
    Apesar de ambas serem "basicamente" igual, o que são em termos de motor, o exterior mais apelativo foi mesmo o da Commando (estilo mais "desportivo" e menos "old school"
    3.
    Quando estávamos para sair, o sr da loja (não me lembro se era João ou Rui), disse que estavam a acabar de montar uma Vegas e perguntou se queríamos ver a moto.
    "Vamos nisso!" respondi eu logo de seguida!

    Bem... O contraste das linhas vermelhas no preto matte da moto, o farolim em LED, o facto de poder ter assentos para um ou dois passageiros (embora não tenha o apoio de costas), o assento ser mais suave (quer eu quer a esposa gostamos da diferença) e outros pormenores como os piscas, suporte para a matricula, o tipo de volante..... Acabou por nos mudar um pouco a ideia para a Vegas (mais cara INFELIZMENTE! Mas o olho só foge para o que é caro ol: ol:  Uma diferença de 190€)

    A MITT não sei onde ou se há representação aqui no norte. O Vendedor pode ser somente vendedor e não sei ao certo se tem oficina...
    Ainda não me sentei sequer em nenhuma para ver o nível de conforto pelo menos. Bem que vou tentar pelo menos negociar com o vendedor depois a ver se dá algum jeitinho no preço! LOOOL

    Na tua opinião então a melhor sugestão seria a MITT?!
    Companheiro não sei se a MITT é melhor ou não. Como descrevi, tenho uma boa experiência com a UM, enquanto a MITT apenas fiz teste drive.
    Se fosse escolher pelos argumentos que anunciam, não tenho dúvidas que optava pela MITT. Se a escolha fosse racional iria optar por aquilo que sei que dá garantias de fiabilidade, ou seja, a experiência que tenho é com a UM e é positiva.

    Quanto aos gosto nada a dizer, mas atenção que as diferenças entre a Classic e a Sport vão para além da estética.
    Primeiro a Sport S é mais leve que a Classic, e acredita que na estrada se nota.
    Há por aqui malta que nos acompanhou a um passeio ao Alqueva e pode constatar que nas subidas a Sport S se aguenta melhor. Depois tens diferenças nas jantes e dimensões dos pneus. O farol é igual ao das outras, a diferença é apenas a protecção plástica que pode ser removida.
    Tem ainda outra vantagem relativamente à Classic. A posição do odometro na classic torna-o praticamente inútil em andamento para além de produzir um fenómeno bastante incómodo. Em primeiro lugar fica fora do campo de visão e em segundo lugar quando o Sol vai alto provoca um encadeamento constante do condutor.
    Na altura em que comprei a minha também fui seduzido pelo aspecto chopper da máquina mas como o companheiro @José nunes  comprou a dele ao mesmo tempo que eu, fizemos muitos kms juntos e deu para perceber as diferenças.
    Depois tens ainda a questão da bagagem.
    Para a classic também existe da Shad mas fica horrível e os alforges de origem são muito giros mas caríssimos e não tranca.

    Honestamente, mesmo optando por uma UM, nos dias de hoje não escolhia a Classic. Dentro do estilo custom ou seria a Sport S ou a Vegas. Mas para mim a melhor é mais polivalente de todas é a UM DSR Adventure.


    Deixo aqui mais umas fotos só para aguçar o bichinho da UM.

    Enviado do meu VOG-L29 através do Tapatalk

    Depois de ver a Commando e a Classic, a DSR pela minha esposa que tb a vai conduzir, embora bem menos do que eu, ficou posta de lado.
    Uma das diferenças que notei entre a Commando e a Vegas e que no meu ponto de vista faz muita diferença, o odómetro está na Commando no depósito e na Vegas está no guiador. O facto do odómetro se encontrar no depósito e sendo eu instrutor de mergulho, sei que depois com o capacete não vai ser fácil de ver devido à curta visibilidade.
    Já tinha salientado esse aspecto do odometer relativamente à classic...

    Enviado do meu VOG-L29 através do Tapatalk

    Um planeamento cuidado é meio caminho andado.✌
    by JDilemas

    Fevereiro 14, 2021, 20:16:41, 20:16
    Responder #11

    dnandes

    • Motociclista: 1 estrela ❇

    • Offline
    • *

    • 17
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Marca Motociclo: Apeado
    • Modelo Motociclo: Apeado
    • Localidade: Vila do Conde
    Verdade e foi uma das coisas que comentei com o vendedor, mas é o que a marca produz! Loool

    Fevereiro 15, 2021, 09:46:48, 09:46
    Responder #12

    Sid

    • Motociclista: 1 estrela ❇

    • Offline
    • *

    • 27
    • Marca Motociclo: nenhuma
    • Modelo Motociclo: nenhuma
    • Localidade: lisboa
    acho muito gira essa Vegas...

    Mas creio que so investia numa mota desse tipo para uma CC maior (algo que nao posso de momento )

    Para 125 entre estetica , qualidade ,  performance , tenho um fraco por estas Mondial HPS 125

    https://www.fbmondial.com/en/hps-125/

    ou a https://www.fbmondial.com/en/125-sport-classic/
    On a long and lonesome highway ,East of Omaha
    You can listen to the engines moanin',Out this one-note song , You'd think about the woman,Or the girl you knew the night before

    Fevereiro 15, 2021, 12:58:21, 12:58
    Responder #13

    dnandes

    • Motociclista: 1 estrela ❇

    • Offline
    • *

    • 17
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Marca Motociclo: Apeado
    • Modelo Motociclo: Apeado
    • Localidade: Vila do Conde
    acho muito gira essa Vegas...

    Mas creio que so investia numa mota desse tipo para uma CC maior (algo que nao posso de momento )

    Para 125 entre estetica , qualidade ,  performance , tenho um fraco por estas Mondial HPS 125

    https://www.fbmondial.com/en/hps-125/

    ou a https://www.fbmondial.com/en/125-sport-classic/

    Não é que não goste, tanto que inicialmente andava a ver motos mais do estilo cafe racer. O contra é que a senhora não gosta.
    Diz que lhe faz lembrar o a Zundapp de 1975 do avô.
    Inclusive estive com ela ao lado de uma Brixton 125 igual à da foto que se segue e ela torceu logo o nariz!



    Ela, para quem não conhece estilos de motos nenhuns tem uns gostos um pouco... "brutos" digamos. Acaba sempre por fugir das DTR, das modelos "tipo" pista da Honda por exemplo, das café racer.
    Inicialmente andava eu a ver e a cuscar as Benelli TNT125 e ela começou logo: "Achas mesmo que eu vou andar nisso!? Deves estar a precisar de óculos só podes!"
    Depois de ter estado ao lado de uma, só tinha que lhe dar era razão... Não dava para os dois!

    Fevereiro 15, 2021, 13:40:09, 13:40
    Responder #14

    Sid

    • Motociclista: 1 estrela ❇

    • Offline
    • *

    • 27
    • Marca Motociclo: nenhuma
    • Modelo Motociclo: nenhuma
    • Localidade: lisboa
    acho muito gira essa Vegas...

    Mas creio que so investia numa mota desse tipo para uma CC maior (algo que nao posso de momento )

    Para 125 entre estetica , qualidade ,  performance , tenho um fraco por estas Mondial HPS 125

    https://www.fbmondial.com/en/hps-125/

    ou a https://www.fbmondial.com/en/125-sport-classic/

    Não é que não goste, tanto que inicialmente andava a ver motos mais do estilo cafe racer. O contra é que a senhora não gosta.
    Diz que lhe faz lembrar o a Zundapp de 1975 do avô.
    Inclusive estive com ela ao lado de uma Brixton 125 igual à da foto que se segue e ela torceu logo o nariz!



    Ela, para quem não conhece estilos de motos nenhuns tem uns gostos um pouco... "brutos" digamos. Acaba sempre por fugir das DTR, das modelos "tipo" pista da Honda por exemplo, das café racer.
    Inicialmente andava eu a ver e a cuscar as Benelli TNT125 e ela começou logo: "Achas mesmo que eu vou andar nisso!? Deves estar a precisar de óculos só podes!"
    Depois de ter estado ao lado de uma, só tinha que lhe dar era razão... Não dava para os dois!

    MONDIAL HPS 125 ou a motor classic 125 , esta um pouco longe das brixton e dessa tnt. Seja pela estetica , qualidade etc

    https://www.google.com/search?q=mondial+hps+125&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=2ahUKEwiT4OPcgezuAhUUF1kFHVuOB2YQ_AUoAXoECAYQAw&biw=1264&bih=848

    https://www.google.com/search?q=mondial+motor+classic+125&tbm=isch&ved=2ahUKEwiz4vHdgezuAhXS6OAKHesXB5AQ2-cCegQIABAA&oq=mondial+motor+classic+125&gs_lcp=CgNpbWcQAzoGCAAQBxAeOggIABAIEAcQHjoECAAQHjoGCAAQCBAeUNO6Alj1yQJgz8sCaABwAHgAgAHLAYgB4BCSAQYwLjEyLjGYAQCgAQGqAQtnd3Mtd2l6LWltZ8ABAQ&sclient=img&ei=dHkqYLPYCNLRgwfrr5yACQ&bih=848&biw=1264
    On a long and lonesome highway ,East of Omaha
    You can listen to the engines moanin',Out this one-note song , You'd think about the woman,Or the girl you knew the night before

    Fevereiro 15, 2021, 18:13:57, 18:13
    Responder #15

    saraiva

    • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

    • Online
    • ***

    • 713
    • Texto Pessoal
      E a mim que me importa?
    • Marca Motociclo: Keeway
    • Modelo Motociclo: Superlight
    • Localidade: Amadora
    Bom não tenho muito a acrescentar a este post. Venho dar as boas vindas ao dnandes ao fórum e desejar boa sorte com a máquina.

    Se fosse eu, optava pela UM Sport S.

    Aliás, só não tenho uma porque pretendo tirar a carta nos próximos tempos e comprei uma coisa para desenrascar e ganhar experiência com mudanças.

     :nice:
    Nunca durmas todo nú. A casa pode arder e depois ficas cá fora, pelado, enquanto os bombeiros apagam o fogo.

    Sym Jet14 0km --> 17147km
    Keeway SuperLight 7041km --->

    Fevereiro 21, 2021, 19:28:49, 19:28
    Responder #16

    dnandes

    • Motociclista: 1 estrela ❇

    • Offline
    • *

    • 17
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Marca Motociclo: Apeado
    • Modelo Motociclo: Apeado
    • Localidade: Vila do Conde
    Bom não tenho muito a acrescentar a este post. Venho dar as boas vindas ao dnandes ao fórum e desejar boa sorte com a máquina.

    Se fosse eu, optava pela UM Sport S.

    Aliás, só não tenho uma porque pretendo tirar a carta nos próximos tempos e comprei uma coisa para desenrascar e ganhar experiência com mudanças.

     :nice:

    Obrigado!

    Ontem fui ver a MITT 125MB ao vivo e a cores e o trabalhar dela depois de um "jeitinho" do mecânico numa de um cliente, meteu-me a pensar...
    Só tenho pena do preço... 3600€ por uma 125cc... ainda pesa, principalmente quando é a primeira shift bike!

    Fevereiro 22, 2021, 04:55:41, 04:55
    Responder #17

    JoãoPVCarvalho

    • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

    • Online
    • ***

    • 1372
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Texto Pessoal
      Bicho Raro
    • Marca Motociclo: Moto Guzzi
    • Modelo Motociclo: V85TT
    • Localidade: Benavente
    Bom não tenho muito a acrescentar a este post. Venho dar as boas vindas ao dnandes ao fórum e desejar boa sorte com a máquina.

    Se fosse eu, optava pela UM Sport S.

    Aliás, só não tenho uma porque pretendo tirar a carta nos próximos tempos e comprei uma coisa para desenrascar e ganhar experiência com mudanças.

     :nice:

    Obrigado!

    Ontem fui ver a MITT 125MB ao vivo e a cores e o trabalhar dela depois de um "jeitinho" do mecânico numa de um cliente, meteu-me a pensar...
    Só tenho pena do preço... 3600€ por uma 125cc... ainda pesa, principalmente quando é a primeira shift bike!
    Na MotoDiana em Évora esta uma Sport S com as três malas e alguns extras com um preço convidativo que para além da garantia que o concessionário oferece Eu garanto pessoalmente que está como nova e foi sempre bem tratada.
    Atenção que este concessionário faz entregas em todo o País.

    Enviado do meu VOG-L29 através do Tapatalk

    Um planeamento cuidado é meio caminho andado.✌
    by JDilemas

    Fevereiro 22, 2021, 17:00:55, 17:00
    Responder #18

    Sid

    • Motociclista: 1 estrela ❇

    • Offline
    • *

    • 27
    • Marca Motociclo: nenhuma
    • Modelo Motociclo: nenhuma
    • Localidade: lisboa
    e pelos vistos tem umas GoldWing , a moto fetiche de quando era miudo...
    talvez um dia se a coisa correr bem , compre uma

    On a long and lonesome highway ,East of Omaha
    You can listen to the engines moanin',Out this one-note song , You'd think about the woman,Or the girl you knew the night before

    Fevereiro 22, 2021, 17:04:21, 17:04
    Responder #19

    JoãoPVCarvalho

    • Motociclista: 3 estrelas ❇❇❇

    • Online
    • ***

    • 1372
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Texto Pessoal
      Bicho Raro
    • Marca Motociclo: Moto Guzzi
    • Modelo Motociclo: V85TT
    • Localidade: Benavente
    e pelos vistos tem umas GoldWing , a moto fetiche de quando era miudo...
    talvez um dia se a coisa correr bem , compre uma
    Ui... Junta-te a mim, até parece que já oassaram 100.000 anos

    Enviado do meu VOG-L29 através do Tapatalk

    Um planeamento cuidado é meio caminho andado.✌
    by JDilemas

    Fevereiro 22, 2021, 19:39:09, 19:39
    Responder #20

    dnandes

    • Motociclista: 1 estrela ❇

    • Offline
    • *

    • 17
    • Sexo
      Masculino

      Masculino
    • Marca Motociclo: Apeado
    • Modelo Motociclo: Apeado
    • Localidade: Vila do Conde
    Bom não tenho muito a acrescentar a este post. Venho dar as boas vindas ao dnandes ao fórum e desejar boa sorte com a máquina.

    Se fosse eu, optava pela UM Sport S.

    Aliás, só não tenho uma porque pretendo tirar a carta nos próximos tempos e comprei uma coisa para desenrascar e ganhar experiência com mudanças.

     :nice:

    Obrigado!

    Ontem fui ver a MITT 125MB ao vivo e a cores e o trabalhar dela depois de um "jeitinho" do mecânico numa de um cliente, meteu-me a pensar...
    Só tenho pena do preço... 3600€ por uma 125cc... ainda pesa, principalmente quando é a primeira shift bike!
    Na MotoDiana em Évora esta uma Sport S com as três malas e alguns extras com um preço convidativo que para além da garantia que o concessionário oferece Eu garanto pessoalmente que está como nova e foi sempre bem tratada.
    Atenção que este concessionário faz entregas em todo o País.

    Enviado do meu VOG-L29 através do Tapatalk

    Aí em Évora também tem na MotoSpazio a Vegas por 2700€ e fazem entrega na motospazio do Porto...